Mata ciliar e valoração dos serviços ecossistêmicos para a regulação de qualidade da água da Bacia do Guarapiranga (São Paulo): projeções de cenário futuro (2030) e de atendimento à legislação ambiental

Mata ciliar e valoração dos serviços ecossistêmicos para a regulação de qualidade da água da Bacia do Guarapiranga (São Paulo): projeções de cenário futuro (2030) e de atendimento à legislação ambiental

Author Adas, Mariana Amelia Arantes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Semensatto Junior, Decio Luis Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Análise Ambiental Integrada
Abstract The provision and maintenance of water quality for public supply are some of the ecosystem services that produce significant economic and social impacts. We estimated the economic value of these ecosystem services provided by the riparian vegetation of the permanent preservation areas (PPAs) located on the streams and margins of the Guarapiranga Reservoir (São Paulo, Brazil). For this purpose, we used as references previous studies on the evolution of land use and cover in the watershed and estimates of the vegetation cover loss over time with their respective impacts on the cost of treatment of raw water for public supply. We mapped the PPAs and verified the present land use types for the association between the area of the riparian zone and its respective valuation. The valuation considered two scenarios predicted: (i) the value of ecosystem services provided if the PPAs were recovered according to the incident environmental laws; and (ii) for the year 2030, maintaining the pace of urbanization and losing vegetation in the watershed observed between 1986 and 2010. Accomplishing the first scenario demands reforesting 5.917,5 ha of the PPAs, which may dramatically reduce the annual expenses with chemicals for treating raw water and save around USD 181,774 for each 1000 m3 of treated water. For 2030, we estimate a loss of 6220 ha of the riparian vegetation taking the year 1986 as the initial reference. These changes in land use and cover may raise annual expense with chemicals for water treatment from around USD 6.6 million in 2010 to USD 38,1 million in 2030 as consequence of losing ecosystem services provided by vegetation, which would result in an accumulated increase of about USD 318 million in treatment costs between 2011 and 2030. Although stakeholders could amortize this loss, one must consider that the degradation of the water quality associated with the loss of vegetation cover can reach such a level that makes the multiple uses of the reservoir unfeasible. Even considering an underestimation on the valuation of ecosystem services, these projections indicate the strategic importance of recovering and preserving the riparian vegetation and the economic valuation of the environmental resources, having as a consequence significant social and economic impact in the hydrographic basin.

O fornecimento e a manutenção da qualidade da água para o abastecimento público são alguns dos serviços ecossistêmicos que produzem impactos econômicos e sociais significativos. Este trabalho estimou o valor econômico dos serviços ecossistêmicos fornecidos pela vegetação arbórea das Áreas de Preservação Permanente (APP) localizadas nos cursos d’água e margens do reservatório de Guarapiranga (São Paulo). Para tanto, foram utilizados como referência estudos anteriores da transformação da cobertura e uso da terra na bacia hidrográfica e estimativas da perda de cobertura vegetal ao longo do tempo com seus respectivos impactos no custo de tratamento da água bruta para abastecimento público. Foram mapeamos as APPs e calculadas as áreas de cobertura vegetal arbórea para sua respectiva valoração dos serviços ecossistêmicos. A valoração considerou dois cenários: (i) o valor dos serviços ecossistêmicos prestados se a vegetação arbórea/arbustiva nas APPs de cursos d’água fossem restauradas, conforme preconiza a legislação vigente; e (ii) a estimativa do valor dos serviços ecossistêmicos prestados pela vegetação para o ano de 2030, se mantido o ritmo de urbanização e perda de áreas vegetadas na bacia hidrográfica desde meados da década de 1980 até 2010. A realização do cenário ideal exigiria a recomposição florestal de 5.917,5 ha nas APPs, o que reduziria drasticamente as despesas anuais de tratamento de água e economizaria cerca de USD 181,774 para cada 1.000 m³ de água bruta tratada. Para o cenário futuro, a previsão é que até 2030 a área de cobertura vegetal seja reduzida em 6.220 ha, o que representa uma redução de 10,8% em relação ao ano de 1986. Essa alteração da cobertura e uso da terra poderá resultar em um aumento da despesa anual com reagentes para tratamento da água bruta distribuída no abastecimento público, estimado de cerca de USD 6,6 milhões em 2010 para USD 38,1 milhões de dólares em 2030, como consequência da perda de serviços ecossistêmicos fornecidos pela vegetação. Projeta-se que entre 2011 e 2030 poderá haver um incremento acumulado de cerca de USD 318 milhões no custo de tratamento da água bruta, o que por sua vez pode ser inferido como parte do valor a ser potencialmente perdido em serviços ecossistêmicos. Ainda que essa perda pudesse ser amortizada pelos stakeholders, deve-se considerar que a degradação da qualidade da água associada à perda da cobertura vegetal pode atingir um patamar que inviabiliza os múltiplos usos do reservatório. Mesmo considerando uma subestimação nas estimativas de valoração de serviços ecossitêmicos, essas projeções indicam a importância estratégica de recuperar e preservar a vegetação ciliar e a valorização econômica dos recursos ambientais, tendo como conseqüência impacto social e econômico significativo na bacia hidrográfica.
Keywords Water quality
Water supply
Natural resources management
Riparian vegetation
Environmental valuation
Ecosystem services
Qualidade da água
Abastecimento público
Manejo de recursos naturais
Mata ciliar
Valoração ambiental
Serviços ecossistêmicos
Language Portuguese
Date 2018-10-29
Research area Avaliação, Prognóstico e Diagnóstico Ambiental
Knowledge area Análise Ambiental Integrada
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 67 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6616622
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52799

Show full item record




File

Name: 2018-0743.pdf
Size: 12.50Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account