Padrões E Processos Envolvidos Na Distribuição Altitudinal De Aves Montanas Da Mata Atlântica: Microspingus Como Modelos De Estudo.

Padrões E Processos Envolvidos Na Distribuição Altitudinal De Aves Montanas Da Mata Atlântica: Microspingus Como Modelos De Estudo.

Author Neves, Marcel Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Amaral, Fabio Sarubbi Raposo Do Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ecologia E Evolução
Abstract Several Biotic And Abiotic Factors May Influence Species Distribution Patterns. Montane Environments May Represent Barriers To Species Dispersal, Especially In The Tropics Where Isolation And Allopatric Speciation Are Favored In Comparison To Temperate Environments, As Hypothesized By Janzen (1967). Two Allopatric Sister Species Of Montane Birds Of Atlantic Forest Present Distinct Patterns Of Altitudinal Distribution, Which Can Be Explained By Differences In Bioclimatic Niches, Differences In Climatic Conditions Related To Altitude In Different Latitudes Where Species Occur, Or Both. Here We Test These Hypotheses, Evaluating Niche Conservatism (Pnc) Or Niche Divergence (Pnd) Using The Mo (Multidimensional Overlap) Metric Associated To The Null Model Rtr (Rotation And Translocation Random Model, Nunes & Pearson, 2016), As Well As A Comparative Analysis Between The Top And Bottom Bioclimatic Conditions In Different Latitudes Of Mountain Ranges Of Southern And Southeastern Brazil. The Results Suggest Pnd Among T

Diversos Fatores Bióticos E Abióticos Podem Influenciar Os Padrões De Distribuição Das Espécies. Ambientes Montanos Podem Representar Barreiras À Dispersão Das Espécies, Especialmente Nos Trópicos Onde O Isolamento E Especiação Alopátrica São Favorecidos Em Comparação A Ambientes Temperados, Conforme Hipotetizado Por Janzen (1967). Duas Espécies Irmãs Alopátricas De Aves Montanas Da Mata Atlântica Apresentam Padrões Distintos De Distribuição Altitudinal, O Que Pode Ser Explicado Por Diferenças Em Seus Nichos Bioclimáticos, Diferenças Nas Condições Climáticas Em Função Da Altitude Em Diferentes Latitudes Onde As Espécies Ocorrem, Ou Ambos. Aqui Testamos Estas Hipóteses, Avaliando Conservação (Pnc) Ou Divergência De Nicho (Pnd) Por Meio Da Métrica Mo (Multidimensional Overlap) Associada Ao Modelo Nulo Rtr (Rotation And Translocation Random, Nunes & Pearson, 2016), Bem Como Uma Análise Comparativa Entre As Condições Bioclimáticas De Topo E De Baixada Em Diferentes Latitudes Das Cadeias De Montanhas Do Sul E Do S
Keywords Adaptation
Niche Divergence
Climatic Niche
Montane Environments
Subtropical Rainforests
Adaptação
Divergência De Nicho
Nicho Climático
Ambientes Montanos
Florestas Úmidas Subtropicais
Language Portuguese
Date 2018-04-25
Research area Sistemática, Biogeografia E Diversidade Genética
Knowledge area Ciências Biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 37 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7376571
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/52336

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account