May the best friend be an enemy if not recognized early: possible role of omega-3 against cardiovascular abnormalities due antipsychotics in the treatment of autism

May the best friend be an enemy if not recognized early: possible role of omega-3 against cardiovascular abnormalities due antipsychotics in the treatment of autism

Título alternativo Pode um melhor amigo ser um inimigo se não reconhecido a tempo: possível papel do ômega-3 nos efeitos cardiovasculares secundários ao tratamento antipsicótico de pacientes com autismo
Autor Cysneiros, Roberta Monterazzo Autor UNIFESP Google Scholar
Terra, Vera Cristina Google Scholar
Machado, Helio Rubens Google Scholar
Arida, Ricardo Mario Autor UNIFESP Google Scholar
Schwartzman, José Salomão Google Scholar
Cavalheiro, Esper Abrão Autor UNIFESP Google Scholar
Scorza, Fulvio Alexandre Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Presbiteriana Mackenzie Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Distúrbios do Desenvolvimento
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Autism spectrum disorders (ASD) are neurodevelopment disorders that cause severe and pervasive impairment in socialization, communication, and behavior. Although the availability of antipsychotic treatment in ASD has expanded, we will be very careful with side effects of these pharmacological agents. Following this reasoning, emerging data indicate that some antipsychotics may be associated with cardiovascular adverse events (e.g., QT interval prolongation), suggesting that this could be correlated to sudden death. Quite interesting, substantial evidence from epidemiological and case-control studies indicates that omega-3 reduces the risk of cardiovascular mortality, particularly sudden cardiac death. In accordance to the above mentioned findings, as omega-3 fatty acids per se have a direct cardiovascular protective role, our paper hypothesized that omega-3 fatty acids supplementation in ASD patients treated with atypical antipsychotic drugs may reduce cardiac arrhythmias and hence sudden cardiac death.

As desordens do espectro autista (DEA) são um grupo de doenças do desenvolvimento que causam um grave comprometimento na socialização, comunicação e comportamento. Embora o tratamento na DEA com drogas antipsicóticas tenha se expandido, é necessária a observação cuidadosa de efeitos colaterais destes fármacos. Nesta linha, dados recentes têm associado o uso de antipsicóticos com efeitos adversos cardiovasculares (como prolongamento do intervalo QT), sugerindo que possa haver uma correlação com morte súbita. Evidências originadas em dados epidemiológicos e estudos de caso-controle indicam que o Omega-3 reduz o risco de mortalidade por causa cardiovascular, particularmente a morte súbita de origem cardíaca. Concordante com estes achados, como o Omega-3 per se tem um papel protetor cardiovascular direto, nosso artigo levanta a hipótese que a suplementação de ácidos graxos Omega-3 em pacientes com DEA tratados com drogas antipsicóticas podem reduzir o risco de arritmias cardíacas e assim a morte súbita cardíaca.
Palavra-chave autism spectrum disorders
heart
sudden death
omega-3
desordens do espectro autista
coração
morte súbita
ômega 3
Idioma Inglês
Data de publicação 2009-09-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 67, n. 3b, p. 922-926, 2009.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 922-926
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2009000500031
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000270941600031
SciELO S0004-282X2009000500031 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5207

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2009000500031.pdf
Tamanho: 173.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta