Working memory assessment in schizophrenia and its correlation with executive functions ability

Working memory assessment in schizophrenia and its correlation with executive functions ability

Título alternativo Avaliação da memória de trabalho na esquizofrenia e sua correlação com habilidades de funções executivas
Autor Berberian, Arthur de Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Trevisan, Bruna Tonietti Google Scholar
Moriyama, Tais Silveira Autor UNIFESP Google Scholar
Montiel, José Maria Google Scholar
Oliveira, José Ari Carletti de Google Scholar
Seabra, Alessandra Gotuzo Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Mackenzie Development Disturbances Post-Graduate Program
Brain Institute Research and Teaching Institute Hospital Israelita Albert Einstein
Universidade São Francisco Post-Graduate Program in Psychology
Universidade São Francisco Graduate Program in Psychology
Resumo OBJECTIVE: Working memory impairment is common in schizophrenia and is possibly a cause of multiple features of the disorder. However few studies have replicated such findings of impairment patterns in Brazilian samples. The main target of this study was to assess auditory and visual working memory in patients with schizophrenia, to assess if they work as separate systems, and to correlate working memory deficits with executive functions. METHOD: Twenty subjects with schizophrenia and twenty healthy subjects matched by gender, age, and schooling have participated. The abilities assessed were auditory and visual working memory, selective attention, inhibitory control, cognitive flexibility, and planning. RESULTS: Patients showed declines in all measures evaluated, except for a measure reaction time of inhibitory control. Auditory working memory was correlated to selective attention, inhibition, flexibility and planning while Visual working memory to planning and flexibility. CONCLUSION: The present study suggests that working memory and executive functions deficits are present in patients with schizophrenia in the Brazilian sample evaluated. Alterations in executive functions may lead to incapacity of operation of processes of working memory. These findings may contribute to delineate and develop new strategies of schizophrenia treatment in the Brazilian population.

OBJETIVO: Prejuízos em memória de trabalho são comuns na esquizofrenia e possíveis causas de múltiplas características do transtorno. Entretanto, poucos estudos reproduziram achados de padrões específicos de déficits em amostras brasileiras de pacientes com esquizofrenia. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a memória de trabalho auditiva e visual na esquizofrenia, verificar se estas habilidades operam como dois sistemas separados, e relacionar possíveis déficits de memória de trabalho com habilidades de funções executivas. MÉTODO: Foram incluídos 20 indivíduos com esquizofrenia e 20 indivíduos saudáveis pareados quanto a sexo, idade e escolaridade. As habilidades avaliadas foram memória de trabalho auditiva e visual, atenção seletiva, controle inibitório, flexibilidade cognitiva e planejamento. RESULTADOS: Os pacientes demonstraram prejuízos em todas as medidas dos testes, exceto em tempo de reação de controle inibitório. Pacientes apresentaram significante correlação entre MT auditiva com medidas de atenção seletiva, controle inibitório, flexibilidade e planejamento. Memória de trabalho visual apresentou correlações com planejamento e flexibilidade. CONCLUSÃO: Este estudo sugere que déficits em memória de trabalho e funções executivas estão presentes em pacientes esquizofrênicos na amostra brasileira avaliada. Alterações nas funções executivas podem levar a incapacidade de adequadas operações de memória de trabalho. Esses achados podem contribuir no delineamento de novos procedimentos de intervenção na esquizofrenia em populações brasileiras.
Palavra-chave Memory
Cognition
Schizophrenia
Attention
Evaluation
Memória
Cognição
Esquizofrenia
Atenção
Avaliação
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2009-09-01
Publicado em BERBERIAN, Arthur de Almeida et al . Working memory assessment in schizophrenia and its correlation with executive functions ability. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo , v. 31, n. 3, p. 219-226, set. 2009
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 219-226
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462009000300007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000270229900006
SciELO S1516-44462009000300007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5198

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462009000300007.pdf
Tamanho: 389.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta