Efeito de um programa de treinamento físico supervisionado sobre a incidência de fatores de risco para doenças cardiovasculares

Efeito de um programa de treinamento físico supervisionado sobre a incidência de fatores de risco para doenças cardiovasculares

Author Notari, Mariana Alves Britto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Medeiros, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O envelhecimento populacional é, hoje, um fenômeno mundial. Isto significa um crescimento mais elevado da população idosa com relação aos demais grupos etários. Sabe-se que Santos (SP) é considerada uma das cidades do Estado de São Paulo com maior número de habitantes da terceira idade. Nesta idade é maior a probabilidade de desenvolvimento de doenças cardiovasculares (DCVs). Atualmente estas doenças são responsáveis pela maior taxa de morbidade e mortalidade. No Brasil, contribuem significativamente com a mortalidade em todas as regiões brasileiras. A partir destes fatos expostos, a pesquisa teve como objetivo avaliar o efeito de um programa de treinamento físico em indivíduos hipertensos e/ou diabéticos, na prevalência dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de DCV’s. Foi avaliado o nível: socioeconômico; de atividade física; prevalência de fatores de riscos cardiovasculares e de qualidade de vida. Como também: índice de massa corporal (IMC); medida da circunferência abdominal (CA); aferição da pressão arterial (PA) e frequência cardíaca de repouso (FC), glicemia e colesterol total. A amostra foi composta por 10 indivíduos com idades entre 63-71 anos, que participaram de um protocolo de treinamento físico durante 6 meses, 3 vezes por semana, 60 min. de sessões. Das variáveis analisadas as médias encontradas foram: IMC (pré 28,3 ± 6,7 Kg/m2 e pós 27,8 ± 6,0 Kg/m2), CA (pré 91,2 ± 11,0cm e pós 90,5 ± 11,2 cm), FC (pré 76,1 ± 10,6 bpm e pós 69,8 ± 9,6 bpm), glicemia (pré 110,7 ± 22,7 mg/dL e pós 103,3 ± 16,4 mg/dL), PA sistólica (pré 124,0 ± 14,3 mmHg e pós 119,0 ± 5,7 mmHg), PA diastólica (pré 81,0 ± 7,4 e 80,0 ± 6,7 mmHg) e colesterol total (pré 178,6 ± 31,4 mg/dL e pós 177,3 ± 19,8 mg/dL). Dentre estes as variáveis, as que tiveram diferença significativa foram FC e glicemia de jejum. Através de entrevista estruturada, obtiveram-se relatos de melhoras nas realizações de suas atividades no dia-a-dia, por diminuição de dores e melhora do condicionamento e também melhoras de auto-estima. Dessa forma, podemos concluir que somente FC e glicemia diminuiram significantemente nos indivíduos hipertensos e/ou diabéticos que participaram de um programa supervisionado de treinamento físico, apesar de todas as variáveis possuírem tendência a estabilização ou redução.

Nowadays, the aging population it is considered a worldwide phenomenon. This paper intends to demonstrate the incidence of cardiovascular disease on elderly people in the city of Santos. The high rates of mortality and morbididy are due to this type of disease. In Brasil, for example, cardiovascular disease has contributed for the mortality in all Brazilian regions. Based on this information, the present research also seeks to evaluate the efficacy of a physical training program in hypertensive and diabetic individuals, taking into account the main risk factors for the development of CVDs. The socioeconomic status; physical activity; prevalence of cardio vascular risk factors and quality of life has been evaluated as well as the body mass index (BMI), abdominal circumference (AC) measurement of blood pressure (BP) and resting heart rate (HR).The sample consisted on 10 individuals with ages between 63-71 years old who participated of a physical training three times a week, 60 min of sessions. The averages of the analyzed variables were: BMI (28.3 ± 6.7 kg/m2 pre and post 27.8 ± 6.0 kg/m2), CA (pre 91.2 ± 11.0 cm and 90.5 post ± 11.2 cm), FC (pre 76.1 ± 10.6 bpm and after 69.8 ± 9.6 bpm), glucose (pre 110.7 ± 22.7 mg / dL and 103.3 ± 16 post 4 mg / dL), systolic BP (124.0 ± 14.3 mmHg pre-and post 119.0 ± 5.7 mmHg), diastolic BP (pre 81.0 ± 7.4 and 80.0 ± 6.7 mmHg) and total cholesterol (pre 178.6 ± 31.4 mg / dL and after 177.3 ± 19.8 mg / dL).Among these averages, those that had significant divergence were FC and fasting glucose. Throughout a structured interview, it has been obtained reports of improvements onthe tasks of daily living due to the decrease of pain, improvement in physical conditioning and self-esteem.Therefore, despite the fact that all the variables have a tendency to stabilization or reduction, only FC and glucose has significantly decreased in hypertensive and diabetic individuals who participated in a supervised program of physical training.
Keywords Fatores de risco cardiovascular
Treinamento físico
Diabetes
Hipertensão
Cardiovascular risk factors
Physical training
Diabetes
Hypertension
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2011-12-06
Published in NOTARI, Mariana Alves Britto. Efeito de um programa de treinamento físico supervisionado sobre a incidência de fatores de risco para doenças cardiovasculares. 2011. 53 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2011.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 53 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51915

Show full item record




File

Name: MARIANA NOTARI.pdf
Size: 942.9Kb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account