Suffering eases over time: the experience of families in the care of children with congenital anomalies

Suffering eases over time: the experience of families in the care of children with congenital anomalies

Título alternativo El sufrimiento amenizado con el tiempo: la experiencia de la familia en el cuidado del niño con anomalía congénita
O sofrimento amenizado com o tempo: a experiência da família no cuidado da criança com anomalia congênita
Autor Guiller, Cristiana Araújo Autor UNIFESP Google Scholar
Dupas, Giselle Autor UNIFESP Google Scholar
Pettengill, Myriam Aparecida Mandetta Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de São Carlos
Resumo This study aimed to understand the experience of caring for a child with a congenital anomaly from the family's perspective. Symbolic Interactionism and Grounded Theory were the theoretical and methodological references, respectively. Data collection was carried out with eight families with children having congenital anomalies through semi-structured interviews and participating observation. Data analysis reached axial coding. Results revealed two phenomena in the experience of families in delivering care to children with congenital anomalies - Facing an initially difficult experience and suffering eases over time. We concluded that the understanding of this experience supports the need to reconsider the nursing care provided to families in the care of children with congenital anomalies.

El objetivo de este estudio fue comprender el significado de la vivencia del proceso de cuidar de niños con anomalía congénita bajo la perspectiva de la familia. El Interaccionismo Simbólico y la Teoría Fundamentada en los Datos fueron utilizados como marcos teóricos y metodológicos, respectivamente. La recolección de los datos fue realizada en ocho familias de niños con anomalía congénita, utilizándose la entrevista semiestructurada y la observación participante. El análisis de los datos fue conducido hasta la codificación axial. Como resultados, fueron evidenciados dos fenómenos en la vivencia de la familia al cuidar del niño con anomalía congénita: deparándose con una vivencia inicialmente difícil, y teniendo el sufrimiento amenizado con el tiempo. Se concluye que la comprensión de esa vivencia ofrece subsidios importantes para repensar la asistencia de enfermería a la familia que cuida de niños con anomalía congénita.

O objetivo deste estudo foi compreender o significado da vivência do processo de cuidar da criança com anomalia congênita sob a perspectiva da família. O Interacionismo Simbólico e a Teoria Fundamentada nos Dados foram utilizados como referenciais teórico e metodológico, respectivamente. A coleta dos dados foi realizada com oito famílias de crianças com anomalia congênita, utilizando-se a entrevista semiestruturada e observação participante. A análise dos dados foi conduzida até à codificação axial. Como resultados, foram evidenciados dois fenômenos na experiência da família ao cuidar da criança com anomalia congênita - deparando-se com uma experiência inicialmente difícil e tendo o sofrimento amenizado com o tempo. Conclui-se que a compreensão dessa vivência oferece subsídios importantes para se repensar a assistência de enfermagem à família no cuidar da criança com anomalia congênita.
Palavra-chave nursing
congenital abnormalities
child
family
enfermagem
anormalidades congênitas
criança
família
Idioma Inglês
Data de publicação 2009-08-01
Publicado em GUILLER, Cristiana Araújo; DUPAS, Giselle; PETTENGILL, Myriam Aparecida Mandetta. Suffering eases over time: the experience of families in the care of children with congenital anomalies. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto , v. 17, n. 4, p. 495-500, ago. 2009
ISSN 0104-1169 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Extensão 495-500
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692009000400010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000270602000010
SciELO S0104-11692009000400010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5163

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-11692009000400010.pdf
Tamanho: 37.24KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0104-11692009000400010-es.pdf
Tamanho: 42.91KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0104-11692009000400010-pt.pdf
Tamanho: 42.60KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta