Corpo, sexualidade, estigma entre profissionais do sexo

Corpo, sexualidade, estigma entre profissionais do sexo

Author Adonis, Vanessa Priscilla Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Silva, Cristiane Gonçalves da Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Este trabalho de conclusão de curso resulta de uma pesquisa realizada junto a três mulheres cisgêneras profissionais do sexo inseridas no mercado, há, pelo menos, 2 anos. A metodologia utilizada baseou-se numa abordagem qualitativa, realizando entrevistas semiestruturadas com profissionais do sexo que trabalham em circuitos da cidade de São Paulo. A justificativa do estudo pautou-se em desenvolver uma reflexão que buscou perceber como essa mulher se enxerga nas dimensões trazidas da condição de profissional do sexo. Assim, essa pesquisa teve como objetivo compreender como as profissionais do sexo entendem e enxergam seu próprio corpo, não apenas em sua constituição anatômica, mas buscando entender os significados e representações subjetivas, construídas socialmente. A pesquisa buscou também compreender como vivem e entendem sua sexualidade e como significam sua existência e compreendem o estigma relacionado à profissão. Com base nas entrevistas e reflexões, um dos objetivos foi elaborar uma proposta de oficina educativa com mulheres profissionais do sexo, buscando problematizar temas de gênero, sexualidade e corpo que possa compor a prática profissional da fisioterapia, agregando dimensões culturais e sociais para discutir a genitália feminina a partir das experiências das próprias mulheres, para que possam conhecer melhor o próprio corpo, inclusive anatomicamente. Os resultados do estudo revelaram que as participantes não tinham afinidade com os termos sexualidade e genitália. Todas valorizam e investem no corpo a partir do modelo padrão vigente e o entendem como central para a profissão. O estigma revelou-se no fato de duas delas esconderem a profissão das pessoas de seu convívio como uma forma de se proteger. O trabalho também possibilitou elaborar uma proposta educativa para a prática profissional e alguns elementos da vida das mulheres profissionais do sexo

This course completion work results from a survey conducted with three sex workers of the sex industry in the market for at least 2 years. The methodology used was based on a qualitative approach, performing semi-structured interviews with sex workers working in circuits in the city of São Paulo. The justification of the study was based on developing a reflection that sought to understand how this woman sees in the dimensions brought about by the status of sex professional. Thus, this research aimed to understand how sex workers understand and see their own body, not only in their anatomical constitution, but also to understand the socially constructed subjective meanings and representations. The research also sought to understand how they live and understand their sexuality and how they mean their existence and understand the stigma related to the profession. Based on the interviews and reflections, one of the objectives was to elaborate a proposal of an educational workshop with female sex workers, seeking to problematize themes of gender, sexuality and body that can compose the professional practice of physiotherapy, adding cultural and social dimensions to discuss the genitalia feminine from the experiences of the women themselves, so that they can better know their own body, including anatomically. The results of the study revealed that the participants had no affinity with the terms sexuality and genitalia. They all value and invest in the body from the current standard model and understand it as central to the profession. The stigma was revealed in the fact that two of them concealed the profession of the people from their conviviality as a way of protecting themselves. The work also allowed to elaborate an educative proposal for the professional practice and some elements of the life of the professional women of the sex.
Keywords Sexualidade
Corpo
Estigma
Profissionais do Sexo
Sexuality
Body
Stigma
Sex Professionals
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2018
Published in ADONIS, Vanessa Priscilla Almeida. Corpo, sexualidade, estigma entre profissionais do sexo. 2018. 67 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2018.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 67 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51605

Show full item record




File

Name: TCC_VanessaPAAdonis 2018.pdf
Size: 1.179Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account