Métodos de recuperação pós-exercícios de longa duração - revisão de literatura

Métodos de recuperação pós-exercícios de longa duração - revisão de literatura

Author Silva, Luan Pinho Ortiz da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Cardozo, Adalgiso Coscrato Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Dentre as competições desportivas que mais crescem em número de provas e de participantes, podemos destacar as provas de longa duração como uma das mais desafiantes e que despertam maior desejo de participação e superação. É necessário uma excelente condição física e mental para a participação neste tipo de competição, para isso a dedicação aos treinos, extremamente desgastantes, é de suma importância. Nesse sentido a recuperação pós-exercício torna-se um aspecto importante, uma vez que ocorrem redução dos estoques de energia e aumento da degradação de proteínas musculares. Com o intuito de acelerar o processo de recuperação os praticantes de exercícios de longa duração utilizam-se de vários métodos, como massagem, exercícios de baixa intensidade, contraste quente-frio, crioterapia, estratégias nutricionais e fisioterápicas, dentre outros. O objetivo deste trabalho foi reunir informações e descrever as respostas proporcionadas por métodos recuperativos pós-exercícios de longa duração, visando auxiliar atletas profissionais e amadores a melhorem o seu processo de treinamento e sua performance em competições. Foram analisados artigos selecionados dos bancos de dados online como Medline, Scielo e Lilacs. O exercício de longa duração é capaz de causar efeitos depressores ao organismo, principalmente a depleção dos estoques de glicogênio e lesões musculares induzidas pelo exercício. A suplementação com carboidratos e proteínas mostrou-se eficiente na proteção contra as lesões e na aceleração do processo de ressíntese de glicogênio e proteínas musculares. a crioterapia, o contraste, a massagem, a suplementação com antioxidantes e a recuperação ativa, apresentaram resultados inconsistentes o que dificulta o desenho de alguma conclusão. O mesmo acontece com o ultrasom, a terapia de oxigênio hiperbárico, as roupas de compressão e a homeopatia que apresentam poucos estudos na literatura e seus resultados também são conflitantes. O alongamento mostrou pouca eficácia no processo de recuperação e os antiinflamatórios não esteroidais, além de terem resultados bastante ambíguos, ainda apresentam um potencial efeito negativo a saúde quando utilizado exageradamente. Atentamos para a necessidade de mais estudos padronizados e específicos visando definir um método que favoreça o processo recuperativo pós-exercícios de longa duração.

Among the sports competitions that fastest growing in number of events andparticipants, we may highlight the long-term competitions as one of the mostchallenging and arouse greater desire for participation and overcoming. Its necessaryan excelent physical and mental condition to participate in this type of competition,for this the dedication to the extremely exhausting training is of paramountimportance. In this sense the post-exercise recovery becomes an important aspect,once they occur reducing energy supplies and increased degradation of muscleproteins. In order to accelerate the recovery process the practitioners of long-termexercise use in a variety of methods such as massage, low-intensity exercise, hot-cold contrast, cryotherapy, nutritional and physiotherapy strategies, among others.The objective of this study was to gather information and describe the responsesprovided by recuperative methods after long-duration exercises, to aid professionaland amateurs athletes to improve their training process and their performance incompetitions. We analyzed selected articles from online databases such asMEDLINE, SciELO and Lilacs. The long duration exercises can cause depressanteffects to the body, especially the depletion of glycogen stores and exercise-inducedmuscle damage. Supplementation with carbohydrate and protein was shown to beeffective in protecting against muscle injury and in accelerating the process ofresynthesis of glycogen and muscle proteins. Cryotherapy, contrast, massage,supplementation with antioxidants and active recovery, showed inconsistent resultswhich hampers the drawing of any conclusions. The same happens with theultrasound, hyperbaric oxygen therapy, compression garments and homeopathy thathave few studies and their results are also conflicting. The stretching showed littleeffectiveness in the recovery process and the non-steroidal anti-inflammatory drugsbesides having ambiguous results still have a potencial negative health outcomeswhen used excessively. We pay attention to the need for more standardized andspecific studies aimed at defining a method that favors the recuperative process afterexercise of long duration
Keywords Recuperção
Lesão muscular induzida pelo exercício
Exercício
Dor muscular tardia
Depleção de glicogênio
Recovery
Exercise
Exercise-induced muscle damage
Delayed-onsetmuscle soreness
Glycogen depletion
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2009-12-15
Published in SILVA, Luan Pinho Ortiz da. Métodos de recuperação pós-exercícios de longa duração - revisão de literatura, 2009. 46 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2009.
Knowledge area Promoção da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 46 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51581

Show full item record




File

Name: Luan Ortiz.pdf
Size: 245.0Kb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account