União interétnica de nipo-brasileiros associada a hábitos alimentares menos saudáveis e ao pior perfil de risco cardiometabólico

União interétnica de nipo-brasileiros associada a hábitos alimentares menos saudáveis e ao pior perfil de risco cardiometabólico

Título alternativo Interethnic marriage of Japanese-Brazilians associated with less healthy food habits and worse cardiometabolic profile
Autor Yamashita, Carla Google Scholar
Damião, Renata Google Scholar
Chaim, Rita Google Scholar
Harima, Helena Aiko Autor UNIFESP Google Scholar
Kikuchi, Mário Autor UNIFESP Google Scholar
Franco, Laercio Joel Autor UNIFESP Google Scholar
Ferreira, Sandra Roberta Gouvea Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Universidade do Sagrado Coração Faculdade de Nutrição
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Interethnic marriage between nikkey Brazilians and non-nikkey Brazilians may favor the westernization of diet. Dietary consumption, clinical data and frequencies of metabolic diseases were compared in a Japanese-Brazilian population, with intraethnic or interethnic marriage. METHODS: T test, Mann-Whitney, chi-square and Person coefficient were used. RESULTS: Among 1009 Japanese-Brazilians there were 18.9% of interethnic marriage, being more frequent among nikkey men. These showed higher means of BMI, waist, blood pressure, glycemia and triglyceridemia than women. Overall frequencies of obesity, hypertrigliceridemia and metabolic syndrome were 47.7%, 68.1% and 45.2%, being higher in interethnic than intraethnic marriage. Comparing individuals with interethnic marriages, hypertriglyceridemia was more common among men while low-HDL among women. Energy, fat, groups of alcohol, sweets and oils were higher in interethnic marriage. Individuals with intraethnic marriage consumed more carbohydrate, proteins, fibers, vitamins, minerals, vegetables, fruits/juice, cereals and missoshiru. Comparing individuals with interethnic marriages, nikkey men showed a more westernized dietary pattern than nikkey women. CONCLUSION: Interethnic marriage was associated with less healthy food habits and worse cardiometabolic profile.

OBJETIVO: Casamento interétnico entre brasileiros nikkeis e não nikkeis pode favorecer a ocidentalização da dieta. Compararam-se consumo alimentar, dados clínico-laboratoriais e frequências de doenças metabólicas em população nipo-brasileira, com casamento intraétnico ou interétnico. MÉTODOS: Empregaram-se teste t, Mann-Whitney, qui-quadrado e coeficiente de Pearson. RESULTADOS: Em 1009 nipo-brasileiros havia 18,9% de casamentos interétnicos, mais frequentes entre homens nikkeis. Estes apresentaram maiores médias de IMC, cintura, pressão arterial, glicemia e triglicérides que mulheres. As frequências de obesidade, hipertrigliceridemia e síndrome metabólica foram 47,7%, 68,1% e 45,2%, sendo maiores nos casamentos interétnicos comparados aos intraétnicos. Comparando-se indivíduos com casamento interétnico, hipertrigliceridemia foi mais frequente nos homens e HDL-c baixo nas mulheres. O consumo de calorias, gorduras e dos grupos de álcool, doces e óleos foram maiores nos casamentos interétnicos. Indivíduos casados intraetnicamente consumiam mais carboidratos, proteínas, fibras, vitaminas, minerais, hortaliças, frutas/sucos, cereais e missoshiru. Comparando-se indivíduos com casamento interétnico, homens nikkeis apresentavam padrão mais ocidental que mulheres nikkeis. CONCLUSÃO: Casamento interétnico associa-se a hábitos alimentares menos saudáveis e pior perfil de risco cardiometabólico.
Palavra-chave Diet
westernization
Japanese migrants
morbidity
marriage
miscegenation
cardiometabolic risk
Dieta
ocidentalização
migrantes japoneses
morbidade
casamento
miscigenação
risco cardiometabólico
Idioma Português
Data de publicação 2009-07-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 53, n. 5, p. 485-496, 2009.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 485-496
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302009000500002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000268846000002
SciELO S0004-27302009000500002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5134

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302009000500002.pdf
Tamanho: 565.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta