Association between osteoporosis and rheumatoid arthritis in women: a cross-sectional study

Association between osteoporosis and rheumatoid arthritis in women: a cross-sectional study

Título alternativo Associação entre osteoporose e artrite reumatóide em mulheres: estudo transversal
Autor Sarkis, Karin Sedó Google Scholar
Salvador, Mariana Barbieri Google Scholar
Pinheiro, Marcelo de Medeiros Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Raissa Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Zerbini, Cristiano Augusto de Freitas Google Scholar
Martini, Lígia Araújo Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVES: Osteoporosis has frequently been observed in patients with rheumatoid arthritis. The present study was undertaken in order to evaluate factors associated with osteoporosis among women with rheumatoid arthritis. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study, carried out in a public hospital in São Paulo. METHODS: The participants were 83 women with rheumatoid arthritis (53.7 ± 10.0 years old). Bone mineral density (BMD) and body composition were measured by dual energy X-ray absorptiometry. The patients were divided into three groups according to BMD: group 1, normal BMD (n = 24); group 2, osteopenia (n = 38); and group 3, osteoporosis (n = 21). Tests were performed to compare differences in means and correlations, with adjustments for age, duration of disease and cumulative corticosteroid. The relationships between clinical factors, physical activity score, dietary intake, body composition and biochemical parameters were analyzed using linear regression models. RESULTS: Mean calcium, vitamin D and omega-6 intakes were lower than the recommendations. Associations were found between BMD and age, disease duration, parathyroid hormone concentration and fat intake. The linear regression model showed that being older, with more years of disease and lower weight were negatively correlated with BMD [Total femur = 0.552 + 0.06 (weight) + 0.019 (total physical activity) - 0.05 (age) - 0.003 (disease duration); R² = 48.1; P < 0.001]. CONCLUSION: The present study indicates that nutritional factors and body composition are associated with bone mass in women with rheumatoid arthritis.

CONTEXTO E OBJETIVO: A osteoporose é frequentemente observada em pacientes com artrite reumatoide (AR). O presente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar fatores associados a osteoporose em mulheres com AR. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal realizado em um hospital público em São Paulo. MÉTODOS: Participaram 83 mulheres com AR (53.7 ± 10.0 anos). A densidade mineral óssea (DMO) e composição corporal foram mensuradas pelo método de densitômetro de dupla emissão com fonte de raios-X. Houve a divisão em grupos conforme a DMO: grupo 1 DMO normal (n = 24); grupo 2 osteopenia (n = 38) e grupo 3 osteoporose (n = 21). Foram realizados testes para comparar diferenças de médias e correlações ajustadas para idade, duração da doença e corticosteroide acumulado. A relação entre fatores clínicos, escore de atividade física, consumo alimentar, composição corporal e parâmetros bioquímicos foram analisados pelo modelo de regressão linear. RESULTADOS: A média de consumo de cálcio, vitamina D e ômega-6 esteve abaixo do recomendado. Houve associação entre DMO e idade, duração da doença, hormônio da paratireóide (PTH) e consumo de gordura. O modelo de regressão linear evidenciou que ser mais velho, apresentar mais anos de doença e menor peso correlacionam-se negativamente com a DMO. [Fêmur total = 0.552 + 0.06 (peso) + 0.019 (atividade física total) - 0.05 (idade) - 0.003 (duração da doença), R² = 48.1; P < 0.001]. CONCLUSÃO: O presente estudo indica que fatores nutricionais e de composição corporal estão associados com a massa óssea em mulheres com AR.
Palavra-chave Rheumatoid arthritis
Osteoporosis
Diet
Body composition
Physical activity
Parathyroid hormone
Artrite reumatóide
Osteoporose
Dieta
Composição corporal
Atividade física
Hormônio paratireóideo
Idioma Inglês
Data de publicação 2009-07-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 127, n. 4, p. 216-222, 2009.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 216-222
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802009000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802009000400007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5130

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802009000400007.pdf
Tamanho: 149.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta