Corpo múltiplo trans: praxiografia de cuidado

Corpo múltiplo trans: praxiografia de cuidado

Alternative title Body multiple trans: praxiography of care
Author Costa Girotto, Lúcio Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Silva, Cristiane Gonçalves da Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Coletiva – EPM
Abstract Transsexuality is a body multiple not based on concise goals, on psychological, endocrinological, and surgical nosologies. The enconters between health personnel, transgender people and technologies perform multiple trans corporalities. Multiple realities in tension or alliances that are never closed. Transexuality here is not a disease but requires interventions and care practices. The aim of this dissertation is to describe the health care practices envolved during encounter with Health Perssonel, technologys and transgender people in a health care service for Transgender and Travestis People of Universidade Federal de São Paulo. We used the praxiografy method to describe multiple realities produced in and by practices. It was described practices: nursing, social assistance, phonoaudiology, of the psychology in the construction of a document for name rectification, the practices of masculinizing mamoplasty and the way of a multiple body trans, intersex. It was multiple the results from this dissertation that tried to describe a transsexuality body multiple, which has neither beginning nor end. It is not complete in dichotomies. It is always open to encounters with disciplines and the singularities of the singular lives.

A transexuliadade é um corpo múltiplo, que não se sustenta em objetivos concisos, em nosologias psicológicas, endocrinológicas e cirúrgicas claras. As práticas de saúde entre profissionais, pessoas trans e tecnologias performam múltiplas corporalidades trans. Em tensão ou alianças, mas nunca fechadas e com fins últimos. A transexualidade aqui não se configura como doença, mas exige intervenções e práticas de cuidado. O objetivo dessa dissertação foi descrever as práticas de cuidado nos encontros entre profissionais, pessoas trans e travestis e tecnologias no ambulatório de atenção integral à pessoa trans da Universidade Federal de São Paulo. Usamos o método da praxiografia, que possibilitou descrever múltiplas realidades produzidas nas e pelas práticas. Foram descritos encontros: da enfermagem, assistência social, fonoaudiologia, da prática da psicologia na construção de um documento para retificação de nome. Também foram descritas as práticas de mamoplastia masculinizadora e o caminho de um corpo mútliplo trans intersexo. Foram resultados múltiplos desta dissertação que tentou descrever um corpo múltiplo trans, que não tem começo nem fim. Não se completa em somas nem em dicotomias. Está sempre aberto aos encontros com disciplinas e às singularidades das vidas singulares.
Keywords Sex Reassignment Procedures
Transgender People
Health Personnell
Health Care
Praxiography
ethnography
Processo transexualizador
transexualidade
profissionais de saúde
cuidado em saúde
praxiografia
etnografia
Saúde Coletiva
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2019
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Brasil
Extent 117 f.
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50937

Show full item record




File

Name: 2019-0005.pdf
Size: 940.7Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account