Políticas Públicas De Formação Inicial De Professores De Educação Básica: Um Estudo Sobre O Pibid

Políticas Públicas De Formação Inicial De Professores De Educação Básica: Um Estudo Sobre O Pibid

Author Ros, Cristina Vitorino Da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Abreu, Claudia Barcelos De Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Educação E Saúde Na Infância E Adolescência
Abstract Abstract: This thesis analyzes the historical, political and pedagogical bases of the Institutional Program of Initiatives for Teaching (Pibid), and also seeks to understand how the process of implementation of the program occurs, considering the reports of the subjects that Participate - specifically the students and teachers of the school. The Pibid was implemented in 2007, in the context of correlations of social and political forces, both internal, in which the enlarged state manages Brazil's fragile social, educational and political situation in favor of the economic as well as the external bases, as regards the orientation of multilateral bodies in the international context. One of the main objectives of Pibid is to establish a system of collaboration between university and public school to train new teachers, creating as locus of production of knowledge and teaching knowledge both educational spaces involved. Faced with the precarious conditions of teaching work, in which technological rationality predominates, the program commits itself to narrow the relations between theory and practice through the formative experience of the graduates in formation with the training teachers both those who work in the university and those who work in public school. The thesis that is intended to defend is to denaturalize the Salvationist character attributed to the Pibid and attentive to the regulatory role of public educational policies. To do so, the paths of qualitative research were traced through a case study. In the data collection, the observer's field diary was used, along with semi-structured interviews to listen and analyze the subjects that compose the program, since it is considered of paramount importance to analyze and apprehend the considerations coming from the undergraduate students and the regent teachers in the school Public. The research was carried out with fifteen subjects, in a determined subproject of the Pedagogy course, involving a public university and a public school of basic education, both located in the periphery of the metropolitan region of São Paulo. The approach with the subjects of the research made it possible to access the context of the educational policy execution, to apprehend the subjectivity of the subjects and to cross the data with the observations of the field diary, in a spiral movement of reflection and critical analysis, from the moment of the collection of data, going through deepening of the theory, which culminated in the analysis of the subjects' point of view. It is concluded that the hypothesis is confirmed, since although the Pibid points, through small fissures, some emancipatory possibility supported by collective work, the character of conformation reigns through the current state of flexibility of working conditions on the school floor. The concrete conjuncture to which public school workers are exposed successively conditions the look and action of the undergraduate students, in accordance with the current state of precarious working conditions and training in the face of the rationality of time and space, naturalizing the veiled proposition of the minimum learning for the students of the public school of basic education.

Resumo: Nesta tese analisa-se as bases histórica, política e pedagógica do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), e também busca-se compreender como se dá o processo de implementação do programa, considerando os relatos dos sujeitos que dele participam – especificamente os alunos e os professores da escola. O Pibid foi implementado em 2007, no contexto de correlações de forças sociais e políticas, tanto internas, em que o Estado ampliado gerencia a frágil situação social, educacional e política brasileira a favor das bases econômicas, quanto externas, no que tange às orientações de órgãos multilaterais do contexto internacional. Um dos principais objetivos do Pibid consiste em estabelecer um regime de colaboração entre universidade e escola pública para formar novos professores, concebendo como locus de produção de conhecimentos e saberes docentes ambos os espaços educacionais envolvidos. Frente às precárias condições de trabalho docente, em que predomina a racionalidade tecnológica, o programa compromete-se a estreitar as relações entre teoria e prática mediante a experiência formativa dos licenciandos em formação junto aos professores formadores tanto os que atuam na universidade quanto os que trabalham na escola pública. A tese que se pretende defender consiste em desnaturalizar o caráter salvacionista atribuído ao Pibid e atentar para o papel regulatório das políticas públicas educacionais. Para tanto, trilhou-se os caminhos da pesquisa qualitativa, por meio de um estudo de caso. Na coleta de dados, foi utilizado o diário de campo do observador, aliado às entrevistas semiestruturadas para ouvir e analisar os sujeitos que compõem o programa, já que se considera de suma importância analisar e apreender as considerações advindas dos licenciandos e dos professores regentes na escola pública. A pesquisa foi realizada com quinze sujeitos, em um determinado subprojeto do curso de Pedagogia, envolvendo uma universidade pública e uma escola pública de educação básica, ambas localizadas na periferia da região metropolitana de São Paulo. A aproximação com os sujeitos da pesquisa tornou possível acessar o contexto da execução da política educativa, apreender a subjetividade dos sujeitos e cruzar os dados com as observações do diário de campo, num movimento em espiral de reflexão e análise crítica, desde o momento da coleta de dados, passando por aprofundamento da teoria, o que culminou na análise do ponto de vista dos sujeitos. Conclui-se que a hipótese se confirma, uma vez que, embora o Pibid aponte, por pequenas fissuras, alguma possibilidade emancipatória amparada no trabalho coletivo, impera o caráter de conformação mediante o atual estado de flexibilidade das condições de trabalho no chão da escola. A conjuntura concreta a que os trabalhadores da escola pública estão expostos condiciona, sucessivamente, o olhar e o agir do licenciando, em conformidade com o atual estado de precariedade das condições de trabalho e de formação frente à racionalidade do tempo e do espaço, naturalizando a proposição velada das aprendizagens mínimas para os educandos da escola pública de educação básica.
Keywords Pibid
Educational Policies
Initial Teacher Training
Pibid
Políticas Educacionais
Formação Inicial De Professores
Language Portuguese
Date 2017-06-28
Research area Educação E Saúde Na Infância E Na Adolescência: Problemas Crônicos E Perspectivas Atuais
Knowledge area Educação E Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 217p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5056559
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50842

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account