Linguagem expressiva de crianças nascidas pré-termo e termo aos dois anos de idade

Linguagem expressiva de crianças nascidas pré-termo e termo aos dois anos de idade

Título alternativo Expressive language of two year-old pre-term and full-term children
Autor Isotani, Selma Mie Google Scholar
Azevedo, Marisa Frasson de Autor UNIFESP Google Scholar
Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Perissinoto, Jacy Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: expressive language of pre-term children. AIM: to compare the expressive vocabulary of two year-old children born prematurely, to that of those born at term. METHODS: the study sample was composed by 118 speech-language assessment protocols, divided in two groups: the pre-term group (PTG) composed by 58 underweight premature children followed by a multi-professional team at the Casa do Prematuro (House of Premature Children) at UNIFESP, and the full-term group (FTG) composed by 60 full-term born children. In order to evaluate the expressive language of these children, the Lave - Lista de Avaliação do Vocabulário Expressivo (Assessment List of the Expressive Vocabulary) was used. The Lave is an adaptation of the LDS - Language Development Survey - for the Brazilian Portuguese Language. The Lave investigates the expressive language and detects delays in oral language. RESULTS: children born underweight and prematurely present a greater occurrence of expressive language delay, 27.6%. These pre-term children present significantly lower expressive vocabulary and phrasal extension than children of the same age born at full-term in all semantic categories. Family income proved to be positively associated to phrasal extension, as well as to gestational age and weight at birth; thus indicating the effect of these adverse conditions still during the third year of age. The audiological status was associated to word utterances in the PTG. CONCLUSION: children born prematurely and underweight are at risk in terms of vocabulary development; this determines the need for speech-therapy intervention programs.

TEMA: linguagem expressiva de crianças nascidas pré-termo. OBJETIVO: comparar a linguagem expressiva de crianças nascidas pré-termo com o de crianças nascidas a termo aos dois anos de vida. MÉTODO: a amostra foi composta por 118 protocolos de avaliação fonoaudiológica, divididos em dois grupos: 58 do grupo pré-termo (GPT) advindos do Programa Multidisciplinar da Casa do Prematuro - UNIFESP; e 60 do grupo de termo (GT) do atendimento no serviço de puericultura. Para avaliação da linguagem expressiva foi utilizada a Lave - Lista de Avaliação do Vocabulário Expressivo, uma adaptação para o Português da LDS - Language Development Survey. A Lave tem como objetivo investigar a linguagem expressiva e detectar atrasos na emissão oral. RESULTADOS: as crianças nascidas pré-termo e de baixo peso apresentam maior ocorrência de atraso na linguagem expressiva, 27,6%. Estas crianças nascidas pré-termo apresentam vocabulário expressivo significantemente menor que crianças nascidas a termo na mesma idade, em todas as categorias semânticas. A renda familiar demonstrou associação positiva à extensão frasal, assim como as condições de nascimento, idade gestacional e peso ao nascer, também associados ao número de palavras produzidas. O status audiológico esteve associado à produção de palavras no GPT. CONCLUSÕES: crianças nascidas prematuras de baixo peso estão em risco para o desenvolvimento do vocabulário, o que determina a necessidade de programas de intervenção fonoaudiológica.
Palavra-chave Premature Infant
Language Development Disorders
Language Tests
Prematuro
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
Idioma Português
Data de publicação 2009-06-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 21, n. 2, p. 155-160, 2009.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 155-160
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872009000200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872009000200012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5071

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872009000200012.pdf
Tamanho: 32.12KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta