Efeito Adjuvante Da Propionibacterium Acnes Em Vacina De Células Dendríticas Na Profilaxia E Terapia Do Melanoma Murino

Efeito Adjuvante Da Propionibacterium Acnes Em Vacina De Células Dendríticas Na Profilaxia E Terapia Do Melanoma Murino

Author Ishimura, Mayari Eika Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Maugeri, Ieda Maria Longo Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Microbiologia E Imunologia
Abstract Hybrid vaccines, which are vaccine models of total antigens expressed by a tumor cell combined with the ability of a dendritic cell (DC) to stimulate immune responses, have been investigated in clinical and experimental studies. However, the response triggered by these vaccines is often weak, requiring the use of adjuvants to increase vaccine immunogenicity. Killed Propionibacterium acnes (P. acnes) exerts immunomodulatory effects by increasing the phagocytic and tumoricidal activities of macrophages, promoting DC maturation, inducing pro-inflammatory cytokines production and increasing the humoral response to different antigens. Here, we evaluated the effect of P. acnes on a specific antitumor immune response elicited by a hybrid vaccine in a C57Bl/6 mouse model of melanoma. Two subcutaneous doses of a hybrid vaccine associated with P. acnes increased total IgG-, IgG1- and IgG2c-specific titers to B16F10 antigens, polarizing the humoral response to a T helper 1 (Th1) pattern. Concerning the cellular immune response, the absolute number of memory CD4 and CD8 T cells was increased. Moreover, cells cultured with tumor antigens exhibited increased IFN-γ secretion and reduced IL-4 expression by CD4 T cells, and CD8 T cells secreted larger amounts of IL-17 and IFN-γ. Furthermore, the addition of P. acnes to a hybrid vaccine increased the cytotoxic activity of splenocytes toward B16F10 in vitro and avoided late tumor progression in a pulmonary colonization model. These results revealed the adjuvant effect of a killed P. acnes suspension, as it improved specific humoral and cellular immune responses elicited by DC-tumor cell hybrid vaccines.

As vacinas de híbridos de células dendríticas com células tumorais são uma importante ferramenta imunoterapêutica, já que os híbridos formados possuem o conjunto total de antígenos tumorais e a capacidade de apresentação de antígeno da célula dendrítica, o que favorece a ativação policlonal de células TCD4 e TCD8 específicas para os antígenos tumorais. No entanto, a eficácia dessas vacinas nos ensaios clínicos foi menos robusta do que nos modelos experimentais, o que direcionou os pesquisadores a tentarem melhorar a imunogenicidade dessas vacinas pela associação de adjuvantes, principalmente os de natureza biológica como produtos bacterianos ou bactérias propriamente ditas, em forma de suspensão. No presente trabalho, estudamos os efeitos adjuvantes da suspensão de Propionibacterium acnes (P. acnes) morta pelo calor quando associada a vacina de células híbridas em um modelo murino. Dentre os diferentes efeitos imunomoduladores da P. acnes pode-se destacar a indução da síntese de citocinas pró-inflamatórias, a maturação de células dendríticas, o aumento da atividade fagocítica e tumoricida de macrófagos, o aumento da atividade tumoricida de células NKT, bem como o aumento da resposta de anticorpo a diferentes antígenos. Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da P. acnes na resposta imune específica antitumoral elicitada pela vacina de híbridos de células dendríticas com células B16F10 utilizando como modelo experimental o melanoma murino. Verificamos que a administração de duas doses da vacina de híbridos associada à P. acnes aumentou os títulos de IgG total, IgG1 e IgG2c específicos para os antígenos da B16F10, polarizando a resposta humoral para o padrão Th1. Ao avaliar a resposta imune celular, observamos que as células TCD4 do grupo Híbrido+P. acnes, quando cultivadas com antígenos tumorais, produziram menos IL-4 e mais IFN-; enquanto as células TCD8 sintetizaram níveis mais altos de IL-17 e de IFN- do que as células do grupo Híbrido. Além disso, verificamos aumento do número absoluto de células TCD4 e TCD8 de memória no grupo Híbrido+P. acnes. Coerentemente com os resultados anteriores, a adição da P. acnes à vacina de híbridos aumentou a atividade citotóxica dos esplenócitos contra a B16F10 in vitro e evitou a progressão tardia do tumor no modelo de colonização pulmonar. Esses resultados demonstram o efeito adjuvante da suspensão de P. acnes morta pelo calor na resposta imune humoral e celular elicitada pela vacina de híbridos de células dendríticas com células tumorais.
Keywords Immunogenicity
Imunoterapêutica
Language Portuguese
Date 2017-04-25
Research area Estudos De Biologia Celular, Sinalização, Mecanismos De Patogenicidade E Fatores De Virulência Em Patógenos Humanos (Vírus, Bactérias, Fungos E Tripanosomatídeos) E No Cancer
Knowledge area Biologia Celular
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 133p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5015070
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50681

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account