Avaliação Da Segurança E Eficácia "In Vitro" Da Cuscuta Racemosa Martius

Avaliação Da Segurança E Eficácia "In Vitro" Da Cuscuta Racemosa Martius

Author Bertoluci, Raquel Silveira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Lopes, Patricia Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Farmacêuticas
Abstract Cuscuta racemosa, Mart is a parasitic plant belonging to the family Convolvulaceae, known in Brazil for the popular synonymy of "cipó chumbo" and "yarn of eggs". It is popularly used for its anti-inflammatory and healing actions, applied to diuretic and digestive disorders and presents itself as an alternative of biodiversity for use in medicines and cosmetics. The present study verified the in vitro evaluation of the safety and efficacy of the Cuscuta racemosa extract for possible cosmetic and drug applications. Assays were carried out from crude extract and alkaloids fraction from Cuscuta racemosa to evaluate cytotoxicity, and phototoxicity, as well as determination of antimicrobial and antitumor activity. Cytotoxicity and phototoxicity assays were performed according to the standards recommended by the Organization for Economic Co-operation and Development (OECD) using 3T3 BALB cells. Microbiological analyzes were conducted with Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa and Candida albicans. The evaluation of antimicrobial activity was performed in liquid and solid media. Antitumor activity assays were performed with the HeLa, MDA-DB and Sk-Mel lines. Cytotoxicity tests revealed a cytotoxic effect of the crude extract at concentrations of 34.01 and 50 mg / mL, but at lower concentrations did not present significant action, indicating its safety for possible cosmetic and medicinal applications. Both samples tested showed no phototoxicity. The lethal dose estimated at 50% of the cells calculated for the crude extract was 352.25mg / kg. With respect to the antimicrobial activity, the samples did not present zone of inhibition in solid culture medium in the concentrations tested for none of the tested microorganisms. The crude extract was cytotoxic in all its concentrations in tumor lines. The results indicate the possibility of using the samples in cosmetics, since the alkaloid fraction showed absence of phototoxicity and absence of cytotoxicity, although the samples did not present significant antimicrobial in the concentrations tested. With respect to antitumor activity, complementary studies are necessary directing the active only to the place of action, minimizing the risks of performance of the extract in normal cells.

Cuscuta racemosa, Mart é uma planta parasita pertencente à família Convolvulaceae, conhecida no Brasil pelas sinonimias populares de "cipó chumbo" e “fio de ovos”. Popularmente é usada por suas ações anti-inflamatórias e cicatrizantes, aplicada à distúrbios diurético e digestivo e se apresenta como uma alternativa da biodiversidade para ser usado em medicamentos e cosméticos. O presente estudo verificou a avaliação in vitro da segurança e eficácia do extrato de Cuscuta racemosa para possíveis aplicações cosméticas e medicamentosas. Ensaios foram realizados a partir do Extrato bruto e a fração alcaloídica de Cuscuta racemosa para avaliar a citotoxicidade, a fototoxicidade e genotoxicidade, assim como determinação da atividade antimicrobiana e antitumoral. Os ensaios de citotoxicidade e fototoxicidade foram realizados de acordo com as normas preconizadas pela Organisation for Economic Co-operation and Development (OECD), utilizando células 3T3 BALB. As análises microbiológicas foram conduzidas com Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa e Candida albicans. A avaliação da atividade anti-microbiana foi realizada em meios líquido e sólido. Os ensaios de atividade antitumoral foram realizados com as linhagens HeLa, MDA-DB e Sk-Mel. Os testes de citotoxicidade revelaram ação citotóxica do extrato bruto nas concentrações de 34,01 e 50 mg/mL, mas em concentrações mais baixas não apresentaram ação significativa, o que indica sua segurança para possíveis aplicações cosméticas e medicinais. Ambas as amostras testadas não apresentaram fototoxicidade. A dose letal estimada em 50% das células calculada para o extrato bruto foi de 352,25mg/Kg. Com relação a atividade antimicrobiana, as amostras não apresentaram zona de inibição em meio de cultura sólido nas concentrações testadas para nenhum dos microrganismos testados. O extrato bruto se mostrou citotóxico em todas as suas concentrações em linhagens tumorais. Os resultados indicam a possibilidade de uso das amostras em cosméticos, uma vez que a fração alcaloidica apresentou ausência de fototoxicidade e ausência de citotoxicidade, embora as amostras não tenham apresentado significativa antimicrobiana nas concentrações testadas. Com relação a atividade antitumoral, estudos complementares são necessários direcionando o ativo apenas para o local de ação, minimizando os riscos de atuação do extrato nas células normais.
Keywords Cuscuta Racemosa Mart
Cytotoxicity
Phototoxicity
Antimicrobial
Antitumor
Exposição Ao Hiv
Aids
Barebacking Sex
Risco
Identidade
Pesquisa Pela Internet
Language Portuguese
Date 2017-07-04
Research area Avaliacao Biologica Farmacologica E Toxicologica
Knowledge area Biociências, Saúde E Tecnologia
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 107p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5514875
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50448

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account