Comparação Dos Efeitos Das Diferentes Modalidades De Cpap Na Estrutura Do Sono E Adesão De Pacientes Com Apneia Obstrutiva Do Sono

Comparação Dos Efeitos Das Diferentes Modalidades De Cpap Na Estrutura Do Sono E Adesão De Pacientes Com Apneia Obstrutiva Do Sono

Author Brasil, Evelyn Lucien Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Poyares, Dalva Lucia Rollemberg Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psicobiologia
Abstract Obstructive sleep apnea (OSA) is associated with behavioral, cognitive, metabolic and cardiovascular consequences. CPAP (Continuous Positive Airway Pressure) is the gold standard treatment of OSA. However, the benefits of CPAP treatment are limited because of poor adherence to therapy. To improve CPAP use and adherence, flexible pressure devices were developed with the purpose of increasing patient´s comfort namely: C-Flex Plus, which reduces inspiratory/expiratory pressure and Sensawake, which allows the reduction of pressure when it identifies that patient is awake. Studies evaluating polysomnographic parameters and adherence of these devices compared to fixed pressure CPAP are scarce. Objective: To examine the effect of different CPAP modalities on sleep and adherence parameters in patients with moderate to severe OSA. Methods: Patients with a recent diagnosis of OSA and with apnea and hypopnea index (AHI) ≥ 20 events/hour, aged 30 to 65 years, were randomized and used CPAP for 30 days in each of the three modalities: CPAP fixed pressure, C-Flex Plus and Sensawake, followed by a 7-day washout between modalities. At the end of each modality, participants performed polysomnography (PSG) with the CPAP in use according to the randomized order of treatments. They also filled Epworth Sleepiness Scale, FOSQ, Pittsburgh scale, and visual analog scale. CPAP adherence was systematically checked for each modality. Results: Of the 23 patients evaluated, 15 patients were recruited for the study. The mean age and body mass index (BMI) of the participants was 42.4 ± 15.1 years, 29.9 ± 4.8 kgs, respectively. The mean AHI was 43.5 ± 22.9 events/hour. The arousal index was significantly lower in SensaWake compared to fixed pressure CPAP (10 ± 5.2 versus 12.7 ± 5.5 events / hour, p = 0,05) and the Respiratory DisturbanceIndex was also significantly lower in SensaWake modality compared with C- Flex Plus (3.5 ± 3.6 versus 5 ± 3.1 events / hour, p = 0,02). Adherence to therapy was higher in C-Flex Plus (C-Flex Plus: 5.8 ± 1.2 versus SW: 4.4 ± 1.1 versus fixed pressure: 4.67 ± 1.48 hours, p = 0.01). We also found an improvement in sleep quality with the use of fixed pressure compared with baseline (p = 0.01). All CPAP modalities significantly improved sleepiness in a similar manner (p <0.001). Conclusions: SensaWake significantly reduced the arousal index and RDI; C-Flex Plus showed higher compliance compared with Fixed Pressure and SensaWake. The three modalities improved sleepiness when compared to baseline. The Fixed Pressure CPAP improved the quality of sleep measured by the Pittsburgh questionnaire. The authors propose that CPAP modalities may benefit different patient profiles. Future studies will evaluate the patients` profile who will benefit most from each CPAP mode.

A apneia obstrutiva do sono (AOS) está associada a alterações comportamentais, cognitivas, metabólicas e no sistema cardiovascular, sendo o CPAP (Continuous Positive Airway Pressure) o principal tratamento. No entanto, os benefícios do tratamento com CPAP são limitados devido à baixa adesão à terapia. Considerando-se isso, foram desenvolvidos os aparelhos de pressões flexíveis com o objetivo de aumentar o conforto e a adesão do paciente ao tratamento. Entre eles estão o Cpap C-Flex Plus, que realiza uma redução na pressão inspiratória/expiratória, e o CPAP com SensAwake, parâmetro que possibilita a redução da pressão quando se sugere que o paciente está em vigília. Estudos que avaliam parâmetros polissonográficos e de adesão desses equipamentos comparados ao CPAP Pressão Fixa são escassos. Objetivo: Comparar o efeito das diferentes modalidades de CPAP nos parâmetros do sono e na adesão em pacientes com AOS moderada e grave. Desenho do estudo: Estudo randomizado, controlado e duplo-cego. Métodos: Pacientes com diagnóstico recente de AOS e com índice de apneia e hipopneia (IAH) ≥ 20 eventos/hora, idade 30-65 anos, foram randomizados e utilizaram CPAP por 30 dias em cada modalidade (CPAP Pressão Fixa, C-Flex Plus e SensAwake), com washout de sete dias entre as modalidades. Ao final de cada modalidade, o participante realizou polissonografia (PSG) com o CPAP em uso, foram aplicados os instrumentos escala de Epworth, FOSQ, Pittsburgh e escala visual analógica e foi avaliada a adesão (relatório de adesão) ao CPAP. Resultados: Dos 23 pacientes avaliados, 15 foram recrutados para o estudo. A média de idade e o índice de massa corpórea (IMC) dos participantes foram de 42.4 ±15.1 anos e 29.9 ±4.8 kg/m2, respectivamente. A média do IAH foi de 43.5±22.9 eventos/hora. O índice de despertar (ID) foi significativamente menor no SensAwake comparado ao CPAP Pressão Fixa (10±5.2 versus 12.7±5.5 eventos/hora, p=0,05) e o índice de distúrbio respiratório (IDR) da modalidade SensAwake foi também significativamente menor quando comparado ao do C-Flex Plus (3.5±3.6 versus 5±3.1eventos/hora, p=0,02). Já a adesão à terapia foi maior no C-Flex Plus (C-Flex Plus: 5.8 ± 1.2 versus SW: 4.4 ± 1.1 versus Pressão Fixa: 4.67 ± 1.48 horas, p = 0.01). Houve melhora na qualidade de sono com o uso do CPAP Pressão Fixa, em comparação com o momento inicial (p=0,01). Todas as modalidades de CPAP melhoraram significativamente a sonolência de maneira similar (p<0.001). Conclusões: SensAwake reduziu significativamente o ID e o IDR; C-Flex Plus apresentou maior adesão comparado ao Pressão Fixa e ao SensAwake. As três modalidades melhoraram a sonolência em comparação com o momento basal. O CPAP Pressão Fixa melhorou a qualidade do sono medida pelo questionário de Pittsburgh. Os autores propõem que as modalidades de CPAP podem beneficiar diferentes perfis de pacientes. Futuros estudos avaliarão os perfis de pacientes que mais se beneficiarão de cada modalidade de CPAP.
Keywords Cpap
Saos
Cpap
Cpap Flex Plus
Pressões Flexíveis
Saos
Language Portuguese
Date 2017-08-31
Research area Distúrbios Do Sono E Suas Consequências
Knowledge area Medicina E Biologia Do Sono
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 47p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5075577
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50431

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account