Ambiente Virtual De Aprendizagem Em Reumatologia

Ambiente Virtual De Aprendizagem Em Reumatologia

Author Cunha, Ana Luiza Garcia Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Len, Claudio Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Pediatria E Ciências Aplicadas À Pediatria
Abstract Introduction: Pediatric residents access to training in Pediatric Rheumatology is deficiente even in developed countries, where 40% of pediatric residency programs do not have this specialty in the curriculum. In Brazil, this problem is even greater, since reference centers are scarce. In addition, it is estimated that up to 190,000 children and adolescents have some rheumatic disease. Since Pediatricians are responsible for the first care and eventual referral, we must use all the resources for a more targeted education for the main rheumatic diseases of childhood and adolescence. Objectives: To elaborate, implement and evaluate a virtual learning environment (VLE) online in Pediatric Rheumatology, aimed at Pediatric residents, analyzing their effectiveness and satisfaction indexes. Methods: A total of 92 pediatric residents of the first and second year of Hospital Infantil João Paulo II (n = 44) and Universidade Federal de São Paulo (n = 48) were invited to participate in the study. Residents were randomized into a case group (who responded to the pre-course test, attended the six virtual pediatric rheumatology modules, with selected topics and content drawn from expert experience, and then responded to the post-course test and a satisfaction questionnaire) and control group (who did not had access to VLE and responded to the pre-course test and, after 4 weeks, responded to the post-course test). Results: Forty-seven residents (51% response rate) completed their articipation in the project. In the case group (n = 24), the mean percentage of correct answers was 14.05% [7.28%; 20.82%] higher in the post-course test when compared to the precourse test (p = 0.000). In the post-course test, there was a significant difference (p = 0.045) between the case and control groups (n = 23), and the mean percentage of correct answers was 8.41% [0.17%, 16.65%] higher in the case group. In the assessment of satisfaction with VLE use, residents considered the design of the site attractive (79%), with information distributed logically and clearly (83.3%) and easy navigation (91%). They reported poor prior knowledge in Pediatric Rheumatology (91%), and agreed that there was good learning in Pediatric Rheumatology through the methodology (75%), as well as the use of AVA as a learning tool (91%). Regarding the themes of the teaching modules, they were considered readable (> 90%), adequate (> 90%) and objective (> 90%). Conclusion: The virtual learning environment in Pediatric Rheumatology has proved to be an effective teaching tool with high levels of satisfaction in its use. This tool can be useful for spreading knowledge in Pediatric Rheumatology, providing the Pediatrician with an adequate knowledge for the initial assessment and conduct of patients with childhood rheumatic diseases.

Introdução: O acesso do residente de Pediatria ao treinamento em Reumatologia Pediátrica é deficitário mesmo em países desenvolvidos, onde 40% dos programas de residência de Pediatria não têm esta especialidade na grade curricular. No Brasil, este problema é ainda maior, pois os centros referência são escassos. Além disto, estima-se que até 190 mil crianças e adolescentes tenham alguma doença reumática. Uma vez que o pediatra é o responsável pelo primeiro atendimento e eventual encaminhamento, devemos utilizar todos os recursos para um ensino mais direcionado para as principais doenças reumáticas da infância e adolescência. Objetivos: Elaborar, implementar e avaliar um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) online em Reumatologia Pediátrica, direcionado aos residentes em pediatria, analisando sua efetividade e seus índices de satisfação. Métodos: Foram convidados 92 residentes de Pediatria do primeiro e segundo ano do Hospital Infantil João Paulo II (n=44) e da Universidade Federal de São Paulom(n=48) a participar do estudo. Os residentes foram divididos de forma randomizada em grupo caso (que responderam o teste pré-curso, assistiram aos seis módulos virtuais de Reumatologia Pediátrica, com temas selecionados e conteúdos elaborados a partir da experiência de especialistas, e depois responderam o teste pós-curso e um questionário de satisfação) e grupo controle (que não teve acesso ao AVA e respondeu ao teste pré-curso e, após 4 semanas, respondeu ao teste pós-curso). Resultados: Quarenta e sete residentes (51% de taxa de resposta) completaram sua participação no projeto. No grupo caso (n=24), o percentual médio de acertos foi 14,05% [7,28%; 20,82%] maior no teste pós-curso quando comparado ao teste précurso (p=0,000). No teste pós-curso, houve diferença significativa (p=0,045) entre os grupos caso e controle (n=23), sendo que, o percentual médio de acertos foi 8,41% [0,17% ;16,65%] maior no grupo caso. Na avaliação da satisfação em relação ao uso do AVA, os residentes consideraram o design do site atrativo (79%), com informações distribuídas de forma lógica e clara (83,3%) e fácil de navegação (91%). Eles relataram um conhecimento prévio ruim em Reumatologia Pediátrica (91%), e concordaram que houve um bom aprendizado em Reumatologia Pediátrica através da metodologia (75%), assim como adequado o uso do AVA como ferramenta de aprendizagem (91%). Em relação aos temas dos módulos de ensino, estes foram considerados legíveis (>90%), adequados (>90%) e objetivos (>90%). Conclusão: O ambiente virtual de aprendizado em Reumatologia Pediátrica se mostrou uma ferramenta de ensino eficaz e com altos índices de satisfação na sua utilização. Esta ferramenta pode ser útil para difundir o conhecimento em Reumatologia Pediátrica, fornecendo ao residente em pediatria um conhecimento adequado para a avaliação e conduta inicial de pacientes com doenças reumáticas da infância.
Keywords Rheumatology
Learning
Medical Education
Distance Learning
Ectopia
Acupuntura
Hpv
Language Portuguese
Date 2017-08-31
Research area Fisiologia, Epidemiologia Das Afecçoes Respiratorias, Alergicas, Imunologicas E Inflamatorias
Knowledge area Ciências da Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 115p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5199304
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50378

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account