Intervenções não farmacológicas para manejo do ganho de peso em pacientes com esquizofrenia em uso de antipsicóticos

Intervenções não farmacológicas para manejo do ganho de peso em pacientes com esquizofrenia em uso de antipsicóticos

Título alternativo Non-pharmacological interventions for weight gain in patients with schizophrenia taking antipsychotics
Autor Attux, Cecília Autor UNIFESP Google Scholar
Martini, Larissa Campagna Autor UNIFESP Google Scholar
Reis, André Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Bressan, Rodrigo Affonseca Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Schizophrenic patients have a higher prevalence of obesity than the general population. There are several factors implicated in weight gain, including poor dietary conditions, sedentary lifestyle and antipsychotic drugs use. Obesity is also associated with metabolic disturbances such as diabetes mellitus. Weight gain interventions are necessary in this population, especially non-pharmacological interventions. OBJECTIVE: To review the non-pharmacological interventions for weight gain management in patients with schizophrenia. METHODS: Eight clinical trials and four open-label studies using these interventions were found. The methodology, strength and limitations of the studies were reviewed. CONCLUSIONS: Non-pharmacological interventions seem to have an important effect on weight gain prevention and control, and should be encouraged and adapted to patients and in mental health institution's reality.

INTRODUÇÃO: Pacientes com esquizofrenia têm maior prevalência de obesidade em comparação à população geral. Esse fato está relacionado a uma alimentação inadequada, ao sedentarismo e ao uso de antipsicóticos. O aumento da obesidade associa-se a diversos distúrbios metabólicos, como o diabetes melito. As intervenções para prevenção e controle do ganho de peso são necessárias nessa população, em especial as intervenções não farmacológicas. OBJETIVO: Revisar os estudos sobre intervenções não farmacológicas para prevenção e controle do ganho de peso em pacientes com esquizofrenia. MÉTODOS: Foram encontrados oito estudos controlados e quatro não controlados sobre intervenções não farmacológicas. Foi feita uma revisãosobre a metodologia e os fatores positivos e limitações dos estudos. CONCLUSÕES: As intervenções não farmacológicas parecem ter um efeito importante em termos de prevenção e controle do ganho de peso e, portanto, devem ser incentivadas e adaptadas à realidade dos pacientes e serviços de saúde.
Palavra-chave Weight gain
schizophrenia
antipsychotics
physical activity
nutrition
Ganho de peso
esquizofrenia
antipsicóticos
atividade física
nutrição
Idioma Português
Data de publicação 2009-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 53, n. 4, p. 391-398, 2009.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 391-398
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302009000400002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000268599000002
SciELO S0004-27302009000400002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5028

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302009000400002.pdf
Tamanho: 124.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta