Aplicabilidade Dos Recursos Das Terapias Complementares Para O Tratamento Das Placas Crônicas De Psoríase

Aplicabilidade Dos Recursos Das Terapias Complementares Para O Tratamento Das Placas Crônicas De Psoríase

Author Monson, Carlos Alberto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Atallah, Alvaro Nagib Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Baseada Em Evidências
Abstract Purpose: The present review tried to evaluate the possible beneficial or harmful effects of complementary therapies for the treatment of chronic plaque psoriasis. Methods: We searched the following databases up to April 2016: the Cochrane Skin Group Specialised Register, CENTRAL in The Cochrane Library (2016, Issue 3), MEDLINE (from 1946), PubMed, Embase (from 1974), PsycINFO (from 1806), AMED (from 1985), and CINAHL (from 1981). We also searched trials registers, and checked the reference lists of included studies for further references to relevant randomised controlled trials (RCTs). We included randomised controlled trials (RCTs) evaluating the effects of complementary and alternative medicine, classified according to the ex-(NIH/NCCAM) National Institute of Health, National Center for Complementary and Alternative Medicine, actual (NIH/NCCIH) National Institute of Health USA, National Center for Complementary and Integrative Health (NCCIH 2016) for the treatment of chronic plaque psoriasis. Two review authors independently evaluated all identified records and assessed the risk of bias from included studies. We measured the treatment effect using risk ratios for dichotomous outcomes and mean difference for continuous outcomes. We evaluated heterogeneity using the I2 statistic and performed our analyses with fixed-effect model analyses due to low heterogeneity. Results: 12 studies were analysed after reading 1,255 articles about CAMs. Of these, nine articles were related to Mind/Body Practices category in different modalities, and three articles were related to Natural Products in different modalities. The National Center for Complementary and Integrative Health / National Institute of Health United States of America categorization is important because they assume different CAMs acts in different ways. All trials had only small numbers of participants and described the use of Mind/Body Practices CAMs in different forms. It was possible to combine a few trials comparing one type of CAM with another type of CAM and comparing the use of CAMs with conventional medicine treatment. None of the trials reported information details, harmful effects or even possible changes in conventional medicine interventions after using CAMs. Conclusions: The possible beneficial effect of CAMs interventions remains unclear although Mind / Body Practices seem to show better results when considering the number of sessions of treatment and the disease status. Future trials analysing important aspects of psoriasis and with better description of methodological aspects are necessary.

Introdução: A psoríase é uma doença inflamatória crônica, que apesar de ser proliferativa não é considerada maligna. Sua origem é multifatorial e afeta principalmente a pele, mas pode atingir outras áreas do corpo. É uma doença complexa, de causas ainda não totalmente esclarecidas e que compromete a saúde mental dos indivíduos. Dentre os fatores de riscos envolvidos na sua evolução, o estresse parece ser um dos mais importantes, pois produz danos importantes na vida de muitos doentes. Estudos têm demonstrado que a gestão deste ajudou a aumentar a eficácia dos tratamentos convencionais e assim melhorar os níveis de qualidade de vida em diferentes cenários clínicos. Dentre as diversas formas de se dar manejo ao estresse as Terapias Complementares parecem ser as mais utilizadas na psoríase. A questão é que esse é um termo pluralista, ou seja, seu significado depende do referencial teórico adotado. Assim, para a Organização Mundial da Saúde, os chamados Recursos Terapêuticos Complementares, podem ser incluídos quaisquer atividades, objetos, técnicas e métodos validados, desde aplicados em regime de co-intervenção com o objetivo de auxiliar o paciente durante o seu processo de reabilitação (WHO 1960). Todavia, a evolução das Neurociências Clínicas (Young 2008) tem provocado reformulações na percepção da gênese dos fenômenos mente-corpo e o impacto do estresse na evolução das doenças. Assim, para atender as demandas dos doentes, o escopo do presente estudo foi além da definição da (OMS), e considerou também a definição contemporânea de Recursos Terapêuticos Complementares, segundo os critérios do Centro Nacional de Saúde Complementar e Alternativa do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos da América (NIH / NCCAM / NCCIH 2013). Segundo esse referencial, as Terapias Complementares se constituem num conjunto de técnicas que, preenchem os critérios classificatórios originais da (OMS 1960), mas que não fazem parte das práticas médicas convencionais. Esses recursos são amplamente utilizados por pacientes em geral, como também pelos que padecem com a psoríase, principalmente quando os recursos da medicina convencional não produzem os efeitos que eles esperam. Seus mecanismos de ação ainda não são completamente esclarecidos, porém existem relatos de que às vezes eles podem ser válidos. A relevância deste estudo foi o de tornar evidente de que diferentes modalidades terapêuticas, segundo esse referencial, agem de maneiras diferentes, além do que, elas podem ser benéficas ou não. Por exemplo, práticas mente / corpo podem contribuir para a redução da sensação de tensão e efeitos do estresse gerados pelas lesões de Psoríase. Objetivo: Avaliar a efetividade, eficiência e segurança das terapias complementares, como auxiliares no controle de placas crônicas de psoríase, segundo os critérios classificatórios do (NIH / NCCAM / NCCIH). Embora os mecanismos de ação desses recursos não sejam bem compreendidos, evidências apontam para resultados aceitáveis para algumas categorias, desde aplicados em regime de co intervenção aos tratamentos convencionais com o objetivo de se promover melhoria dos níveis de saúde mental dos doentes de psoríase. O conceito sobre as Terapias Complementares tem significado iverso e dependente do contexto cultural da sociedade em que se esteja considerando. Embora existam muitas publicações sobre essas terapias, importantes conhecimentos sobre a sua efetividade, eficiência e segurança ainda não haviam sido mapeados para a psoríase. A presente revisão procurou avaliar os possíveis efeitos, tanto benéficos quanto nocivos dessas terapias para o tratamento da psoríase em placas. Métodos: Foram atualizadas as buscas em diversas bases de dados até janeiro 2017: the Cochrane Skin Group Specialised Register, CENTRAL in The Cochrane Library (2016, Issue 3), MEDLINE (from 1946), PubMed, Embase (from 1974), PsycINFO (from 1806), AMED (from 1985), and CINAHL (from 1981), além de diversas outras bases de dados eletrônicas ou não eletrônicas. Foram selecionados ensaios clínicos aleatórios randomizados) (ecr) que avaliaram os efeitos dessas terapias, para o tratamento de psoríase em placas. Os critérios classificatórios para os recursos terapêuticos obedeceram aos adotados pelo (NIH / NCCAM / NCCIH). Dois revisores avaliaram os riscos de erros de todos os registros identificados, de forma independente. Foram medidos os efeitos do tratamento com base no risco relativo (rr) para desfechos dicotômicos e na diferença de média (md) para desfechos contínuos. A heterogeneidade foi avaliada por meio do teste estatístico da I2 e análise pelo modelo de efeito fixo devido à baixa heterogeneidade observada. Resultados: A avaliação incluiu 12 estudos com 506 participantes, sendo 9 estudos relacionados às práticas mente / corpo e 3 estudos relacionados aos produtos naturais, segundo os critérios do (NIH / NCCAM / NICCH). Conclusões: Apesar de ter sido observado grande variabilidade de critérios de avaliação no estabelecimento do diagnóstico e estadiamento da doença baseado nos sinais e sintomas, e de alta variabilidade entre os estudos sobre terapias complementares aplicadas nos participantes em regime de co intervenção aos tratamentos convencionais, é possível afirmar que os recursos da categoria de práticas mente / corpo podem contribuir para aumentar a eficácia de alguns tipos de tratamentos convencionais, aumentar o intervalo de tempo entre crises e contribuir para melhora na qualidade vida dos doentes de psoríase em placas.
Keywords Complementary Therapies
Psoriasis
Meta-Analysis
Review
Efetividade
Terapias Complementares
Psoríase
Metanálise
Revisão
Efetividade
Language Portuguese
Date 2017-04-28
Research area Metodologia E Realização De Revisões Sistemáticas De Terapêuticas Em Saúde
Knowledge area Clínica Médica E Medicina Interna
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 89p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5497506
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49965

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account