Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes

Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes

Título alternativo Influence of stunting on nutrition disorders in adolescents and pre-adolescents
Autor Santos, Carla Danusa da Luz Autor UNIFESP Google Scholar
Clemente, Ana Paula Grotti Autor UNIFESP Google Scholar
Martins, Paula Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Sawaya, Ana Lydia Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the influence of stunting on nutrition disorders in low-income preadolescents and adolescents. METHODS: Body mass index was calculated from the weight and height of 4 to 8th grade students from public schools. The tables from the National Center for Health Statistics of 2000 for children and adolescents were used as reference guides. Individuals were considered overweight when Body Mass Index-for-age >P85 and underweight when Body Mass Index-for-age <P5. Individuals were considered stunted when height-for-age was below one standard deviation. Overweight and underweight rates were compared between the non-stunted and stunted groups according to gender and age. RESULTS: A total of 3766 individuals were studied, 50.4% being females. Mean age was 12.8 years, with a standard deviation of 2.0 years and no significant difference between the groups. In the stunted group, overweight was more common among the older children. In the non-stunted group, the distribution by age was similar for all three Body Mass Index-for-age classifications. Distribution by gender shows that overweight in the stunted group prevailed among females (76.1%) while in the non-stunted group the difference was minimal between the genders (4.4%). CONCLUSION: In the stunted group, overweight was more common among those older than 12 years and among females. Non-stunted boys were overweight more often than stunted boys.

OBJETIVO: Avaliar a influência do déficit estatural nos desvios nutricionais em pré-adolescentes e adolescentes de baixa renda. MÉTODOS: Calculou-se o Índice de Massa Corporal a partir do peso e da estatura de alunos da rede pública entre 4 e 8ª séries. Foram utilizadas as tabelas do National Center for Health Statistics de 2000 para crianças e adolescentes e foi considerado excesso de peso Índice de Massa Corporal/Idade>P85 e déficit de peso Índice de Massa Corporal/Idade <P5. Déficit estatural foi classificado quando estatura/idade foi menor que -1 desvio-padrão. Foram comparadas as proporções de baixo peso e excesso de peso nos grupos com e sem déficit estatural, de acordo com sexo e faixa etária. RESULTADOS: Foram avaliados 3 766 jovens sendo 50,4% do sexo feminino. A média de idade foi de 12,8, desvio-padrão de 2,0 anos, sem diferença significante entre os grupos. No grupo com déficit de estatura, observou-se que o excesso de peso é mais prevalente entre os mais velhos. Naqueles sem déficit de estatura a distribuição por idades foi semelhante para as três classificações de Índice de Massa Corporal/Idade. A distribuição por sexo mostra que o excesso de peso no grupo com déficit de estatura foi mais acentuada entre as meninas (76,1%) enquanto que no grupo com estatura normal a diferença foi mínima entre os sexos (4,4%). CONCLUSÃO: Na presença do déficit de estatura, o excesso de peso foi mais prevalente nos maiores de 12 anos e entre o sexo feminino. Os meninos sem déficit de estatura mostraram uma proporção maior de excesso de peso em relação aos com déficit de estatura.
Palavra-chave Adolescent
Body height
Deficiency diseases
Adolescente
Deficiências nutricionais
Estatura
Idioma Português
Data de publicação 2009-04-01
Publicado em SANTOS, Carla Danusa da Luz; CLEMENTE, Ana Paula Grotti; MARTINS, Paula Andrea e SAWAYA, Ana Lydia. Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes. Rev. Nutr. [online]. 2009, vol.22, n.2, pp.187-194
ISSN 1415-5273 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 187-194
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732009000200001
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000267512700001
SciELO S1415-52732009000200001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4995

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1415-52732009000200001.pdf
Tamanho: 357.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta