Intervenções assistidas por animais como recurso terapêutico para idosos: Uma articulação entre a teoria e a prática em Terapia Ocupacional

Intervenções assistidas por animais como recurso terapêutico para idosos: Uma articulação entre a teoria e a prática em Terapia Ocupacional

Author Andrade, Jéssica Mariana de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Novelli, Marcia Maria Pires Camargo Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract A relação ser humano–animal acontece desde os primórdios da humanidade. Estudos apontam que essa relação é mais profunda na velhice e que essa interação se reveste de um caráter benéfico e dinâmico na medida em que inclui as trocas de vivências emocionais, psicológicas e físicas entre as pessoas e os animais. Objetivo: Mapear os estudos realizados e as práticas em Terapia Ocupacional com as Intervenções Assistidas por Animais (IAA) e outros meios que utilizem o animal como parte integrante do tratamento em idosos, identificando os benefícios de seu uso. Materiais e Métodos: A pesquisa foi realizada em duas etapas. A primeira se referiu a uma revisão sistemática da literatura com critérios específicos nas bases de dados SciELO, LILACS, PubMed, CAPES e também nas duas principais bases de dados nacionais na área de Terapia Ocupacional (Revista de Terapia Ocupacional da USP e Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional da UFSCAR). Os termos utilizados foram “Terapia Assistida por Animais e idosos”, “Atividade Assistida por Animais e idosos”, “TAA e idosos” e “AAA e idosos” e seus respectivos pares em Espanhol e Inglês. Foram levantados 15.162 artigos e através da aplicação dos critérios de inclusão e análise, totalizaram uma amostra final de 20 artigos que foram lidos na integra. A segunda etapa da pesquisa se referiu à realização das entrevistas semiestruturadas com profissionais de terapia ocupacional que utilizam os animais em suas intervenções terapêuticas. Resultados: A partir da metodologia utilizada, foi possível notar tanto na revisão sistemática como na prática profissional, os cães são os animais mais utilizados. A quantidade de sessões e o tempo utilizado nelas são variáveis tanto nos estudos da revisão como na prática dos profissionais entrevistados. Na revisão sistemática as Instituições para Idosos foram o cenário mais utilizado na prática clínica, e na prática dos profissionais o mais citado foi à clínica particular. Os principais efeitos observados foram: melhora motora, aumento de participação em atividades físicas, melhora da marcha e equilíbrio, melhora da socialização, do comprometimento cognitivo, do sono e diminuição dos sintomas depressivos e de solidão. Conclusão: A partir dos resultados dos estudos, nota-se que a IAA pode trazer melhorias para o estado físico, sócio relacional, emocional e/ou cognitivo dos públicos alvos das intervenções

The relationship between humans and animals is known to exist since the early days of humankind. Many studies indicate that these relations become stronger as humans grow older. Such interactions arise from a beneficial and dynamic essence, while they consist of an exchange of emotional, psychological and physical experiences between humans and animals. Objective: Select previous researches and occupational therapy practices that include Animal-assisted Interventions (AAI) or that include animals as a participant in treatments for the elderly, in order to identify its benefits when applied. Materials and Methods: This research was performed in a two-steps procedure. The first step consisted of a systematic literature review that followed specific criteria within the SciELO, LILACS, PubMed, CAPES databases, as well as the two major Brazilian Occupational Therapy databases (Journal of Occupational Therapy from the University of São Paulo and Brazilian Journal of Occupational Therapy from the Federal University of São Carlos). For this first step, the following terms were used when searching for papers: “Terapia Assistida por Animais e idosos”, “Atividade Assistida por Animais e idosos”, “TAA e idosos”, “AAA e idosos”, as well as the matching keywords in Spanish and English. The search returned a total of 15,162 results and after applying inclusion and analysis criteria, a smaller sample of 20 papers was selected and fully analyzed. The second step of this study required the use of semi-structured interview with occupational therapy professionals that have animals contributing to their therapeutic interventions. Results: The methods chosen for this study pointed that in both, the systematic review and the professional practice, dogs are the most applied animals. The number of sessions and duration varies greatly according to the interviewed professionals, and the papers reviewed. During the systematic review, the institutions for the Elderly were reported as the leading scenarios for hosting animal-assisted clinical practices, while, according to the professional practices, private offices were the most used spaces. The main effects resulting from these practices were: improvement on motor coordination, gait and balance, cognitive impairment, socialization, sleep, increase of physical activities involvement, and decrease of loneliness and depression symptoms. Conclusion: The results from this study suggest that AAI can offer improvements to the physical, social, emotional and/or cognitive status of the public targeted by the interventions
Keywords Terapia Assistida por Animais
Idosos
Gerontologia
Demência
Terapia Ocupacional
Animal-assisted Therapy
Elderly
Gerontology
Dementia
Occupational Therapy
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Santos
Language Portuguese
Date 2018-12-10
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 58 f.
Access rights Open access Open Access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49820

Show full item record




File

Name: TCC 2018 JÉSSICA ANDRADE.pdf
Size: 1.578Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account