Avaliação do refluxo venoso superficial ao mapeamento dúplex em portadores de varizes primárias de membros inferiores: correlação com a gravidade clínica da classificação CEAP

Avaliação do refluxo venoso superficial ao mapeamento dúplex em portadores de varizes primárias de membros inferiores: correlação com a gravidade clínica da classificação CEAP

Título alternativo Evaluation of venous reflux by color duplex scanning in patients with varicose veins of the lower limbs: correlation with clinical severity by CEAP classification
Autor Andrade, Áurea Regina Teixeira de Google Scholar
Pitta, Guilherme Benjamin Brandão Autor UNIFESP Google Scholar
Castro, Aldemar Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Miranda Junior, Fausto Google Scholar
Instituição Hospital das Clínicas Dr. José Augusto Leite , SBACV e Associação Médica Brasileira
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas Governador Lamenha Filho Escola de Ciências Médicas de Alagoas Departamento de Cirurgia
UNCISAL Departamento de Medicina Socia
Resumo Background: Skin changes observed in chronic venous insufficiency have venous reflux as the most common etiology. Some authors have reported that reflux in the superficial venous system accounts for 40-60% of leg ulcers in patients with primary varicose veins. Objective: To evaluate the correlation between superficial venous reflux and clinical status (CEAP classification - clinical, etiology, anatomy and pathophysiology) in patients with primary varicose veins of the lower limbs using duplex scanning. Method: A cross-sectional and descriptive study was performed in patients with primary varicose veins. Primary variables were venous reflux and clinical status. Clinical status was characterized by groups A, B, and C, represented by CEAP clinical categories. Types of venous reflux in the great and small saphenous veins were used as complementary data, according to Engelhorn’s classification (2004). Hypotheses of interrelationship between incidence and types of reflux were statistically analyzed using Fisher’s exact and chi-square tests. Significance was set at 0.05%. Results: Of 242 lower limbs, 15 were excluded, so that the final sample was comprised of 227 lower limbs. Ninety-nine (83.9%) patients were female. Mean age was 50 years and median was 49 years. Reflux was absent in 93 limbs (41%), and 134 (59%) showed isolated and/or associated reflux. Isolated reflux in perforating veins (p = 0.0008) or in association with great saphenous vein reflux (p < 0.0001) was significantly related to clinical status severity. Conclusion: Duplex scan showed correlation between presence of superficial venous reflux and clinical status severity in patients with primary varicose veins of the lower limbs.

Contexto: As alterações de pele manifestadas na insuficiência venosa crônica têm como etiologia mais comum o refluxo venoso. Alguns autores relatam que o refluxo venoso superficial é responsável por 40-60% das úlceras de perna nos portadores de varizes primárias. Objetivo: Correlação do refluxo venoso superficial ao mapeamento dúplex com o quadro clínico (classificação CEAP - clínica, epidemiológica, anatômica e fisiopatológica) nos portadores de varizes primárias de membros inferiores. Método: Estudo transversal e descritivo, desenvolvido em portadores de varizes primárias. As variáveis primárias foram: refluxo venoso e quadro clínico. O quadro clínico foi caracterizado por grupos: A, B e C, representados pelas categorias clínicas da CEAP. Dados complementares foram: tipos de refluxo em veias safenas magnas e parvas, conforme classificação de Engelhorn (2004). Testaram-se as hipóteses de inter-relações entre presença de refluxo e quadro clínico, utilizando-se os testes exato de Fisher e qui-quadrado no nível de 5% de probabilidade. Resultados: Das 242 extremidades inferiores examinadas, 15 foram excluídas, totalizando 227 na amostra final. Noventa e nove (83,9%) pacientes eram do sexo feminino. A média de idade foi de 50 anos, com mediana igual a 49 anos. Noventa e três extremidades (41%) não apresentavam refluxo, e 134 (59%) o apresentavam isolado e/ou associado. O refluxo isolado em veias perfurantes (p = 0,0008) e destas em associação com o refluxo em veias safenas magnas (p < 0,0001) estão significativamente relacionados à gravidade do quadro clínico. Conclusão: Há correlação entre a presença do refluxo venoso superficial ao mapeamento dúplex e a gravidade do quadro clínico nos portadores de varizes primárias de membros inferiores.
Palavra-chave Venous reflux
primary varicose veins
duplex scan
Refluxo venoso
varizes primárias
mapeamento dúplex
Idioma Português
Data de publicação 2009-03-01
Publicado em Jornal Vascular Brasileiro. Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), v. 8, n. 1, p. 14-20, 2009.
ISSN 1677-5449 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Extensão 14-20
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492009000100003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1677-54492009000100003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4905

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1677-54492009000100003.pdf
Tamanho: 508.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta