Sentimento de vazio crônico em pacientes com transtorno de personalidade bordeline: estudo qualitativo com referencial psicanalítico

Sentimento de vazio crônico em pacientes com transtorno de personalidade bordeline: estudo qualitativo com referencial psicanalítico

Author Paoli, Marcelo Pena Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Yazigi, Latife Yazigi Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psiquiatria e Psicologia Médica
Abstract O Transtorno de Personalidade Borderline (TPB) é entidade nosológica adotada pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria, quinta edição (DSM 5), fazendo parte do Eixo II, mais especificamente do Cluster B desse Manual. Foi reconhecido como patologia distinta 1980 (DSM III), a partir da ideia de que este transtorno seria psicogênico e decorrente de negligência parental ou abuso (Oldahm, 1999). Na recente edição do DSM 5, os critérios diagnósticos do TPB são os mesmo do Manual anterior, a DSM-IV, quais sejam instabilidade nos relacionamentos interpessoais, na autoimagem, nos afetos e marcada impulsividade, começando no início da vida adulta e presente em uma variedade de contextos indicado por, no mínimo dos seguintes: 1. ?Esforços frenéticos no sentido de evitar um abandono real ou imaginário. (Nota: Não incluir comportamento suicida ou automutilador coberto no Critério 5). 2. Um padrão de relacionamentos interpessoais instáveis e intensos, caracterizado pela alternância entre extremos de idealização e desvalorização. 3. Perturbação da identidade: instabilidade acentuada e resistente da autoimagem ou do sentimento de self (noção de si mesmo). 4. Impulsividade em pelo menos duas áreas potencialmente prejudiciais à própria pessoa (p. ex., gastos financeiros, sexo, abuso de substancias, direção imprudente, comer compulsivo). (Nota: Não incluir comportamento suicida ou automutilador coberto no Critério 5) 5. Recorrência de comportamento, gestos ou ameaças suicidas ou de comportamento automutilador. 6. Instabilidade afetiva devido a uma acentuada reatividade do humor (p. ex., episódios de intensa disforia, irritabilidade ou ansiedade geralmente com duração algumas horas e raramente mais de alguns dias). 7. Sentimentos crônicos de vazio 8. Raiva inadequada e intensa ou dificuldade em controlar a raiva (p. ex., demonstrações frequentes de irritação, raiva constante, lutas corporais recorrentes) 9. Ideação paranoide transitória e relacionada ao estresse ou graves sintomas dissociativos?. (APA, 2013) Os Transtornos de Personalidade Borderline envolvem um padrão persistente de experiências internas que desviam-se da cultura e das expectativas que outros indivíduos tem daquele acometido. Ao afetar a cognição, afetividade, relacionamentos interpessoais e controle de impulsos, levam ao sofrimento e ao prejuízo social, ocupacional e outras áreas do funcionamento do indivíduo (APA, 2013)
Keywords vazio
bordeline
personalidade
psicanálise
qualitativo
Language Portuguese
Date 2015-01-09
Published in PAOLI, Marcelo Pena. Sentimento de vazio crônico em pacientes com transtorno de personalidade bordeline: estudo qualitativo com referencial psicanalítico. 2015. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2747962
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49026

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account