Zinco, selênio, retinol, colecalciferol e tiamina em crianças e adolescentes gravemente doentes: prevalência de ingestão inadequada e fatores associados

Show simple item record

dc.contributor.advisor Leite, Heitor Pons Leite [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Santos, Marcella dos Reis [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-30T11:53:54Z
dc.date.available 2018-07-30T11:53:54Z
dc.date.issued 2014-03-12
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1905994 pt
dc.identifier.citation SANTOS, Marcella dos Reis. Zinco, selênio, retinol, colecalciferol e tiamina em crianças e adolescentes gravemente doentes: prevalência de ingestão inadequada e fatores associados. 2014. 86 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49021
dc.description.abstract Introdução: Os micronutrientes integram o suporte nutricional de pacientes gravemente doentes, sendo sua administração necessária para prevenir deficiências e complicações associadas. Há pouca informação sobre padrão de ingestão de micronutrientes em pacientes que recebem nutrição por sonda enteral. Os objetivos deste estudo foram identificar a prevalência e determinar os fatores associados à probabilidade de ingestão inadequada de zinco, selênio, retinol, colecalciferol e tiamina em pacientes internados em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) pediátrica. Métodos: Estudo prospectivo em pacientes que receberam dieta por sonda enteral associada ou não à nutrição parenteral ou oral na UTI por tempo ? 3 dias. A análise da ingestão dos micronutrientes nos primeiros dez dias de internação na UCI foi feita individualmente, com base nas DRI (Dietary Reference Intakes), e por grupo etário utilizando o método DRI, adaptado para dias variáveis de ingestão. Definiu-se o desfecho como 'atingir ou não' as recomendações dos micronutrientes, adotando-se como ponto de corte a probabilidade de adequação < 98% ou ingestão abaixo dos valores de AI (Adequate Intake). As principais variáveis explicativas foram idade inferior a 1 ano, desnutrição, gravidade clínica, condição clínica ou cirúrgica, sepse grave ou choque séptico, diagnóstico de cardiopatia, uso de drogas alfa-adrenérgicas e métodos dialíticos. Foram utilizados modelos de regressão logística simples e múltipla, cujos resultados foram apresentados em odds ratio e intervalos de confiança de 95%. Resultados: Foram avaliadas 260 internações. Com exceção do selênio e colecalciferol nos grupos etários maiores (4 anos ou mais), a prevalência de ingestão inadequada de micronutrientes situou-se entre 45% e 100%. A ingestão de todos os micronutrientes ficou abaixo dos valores de AI na faixa etária inferior a um ano, chegando a aproximadamente 100% para selênio, retinol e colecalciferol, 70% para zinco e tiamina nas crianças de 0 a 6 meses, e 30% para tiamina nas crianças de 7 a 12 meses. Os fatores associados a não atingir as recomendações de pelo menos um dos micronutrientes foram idade inferior a 1 ano, desnutrição, diagnóstico de cardiopatia, uso de drogas alfa-adrenérgicas e de método dialítico. Conclusões: A prevalência de ingestão inadequada de micronutrientes situou-se entre 50% a 100%. Os fatores associados a não atingir as recomendações de pelo menos um dos micronutrientes foram a idade inferior a 1 ano, desnutrição, cardiopatia, uso de drogas vasoativas e de método dialítico. pt
dc.format.extent 86 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject unidade de terapia intensiva pt
dc.subject micronutrientes pt
dc.subject apoio nutricional pt
dc.subject nutrição enteral pt
dc.subject recomendações nutricionais pt
dc.title Zinco, selênio, retinol, colecalciferol e tiamina em crianças e adolescentes gravemente doentes: prevalência de ingestão inadequada e fatores associados pt
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2014-0780.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account