Transtorno de estresse pós traumático em profissionais durante ajuda humanitária no Haiti após terremoto de 2010

Transtorno de estresse pós traumático em profissionais durante ajuda humanitária no Haiti após terremoto de 2010

Author Alvarenga, Melissa Simon Guimaro Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Andreoli, Sergio Baxter Andreoli Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psiquiatria e Psicologia Médica
Abstract As situações de desastre de grandes proporções muitas vezes necessitam do trabalho de profissionais voluntários para ajuda às vítimas e a saúde mental desses profissionais que prestam ajuda tem sido motivo de atenção. A hipótese do presente estudo consiste na concepção de que o trabalho dos profissionais em situações de desastres, com alto nível de estresse, tem potencial traumático comprometendo a sua saúde mental, mesmo para profissionais altamente treinados e com experiência. Objetivo: Investigar as associações entre fatores como a nacionalidade, o tempo de exposição e o número de experiência profissional prévia em situação de desastre no desenvolvimento de sintomas de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT). Método: trata-se de um estudo prospectivo realizado com os profissionais que prestavam ajuda humanitária à população Haitiana, após o terremoto ocorrido em janeiro de 2010. A sintomatologia de TEPT foi avaliada pela Escala Impacto do Evento?Revisada (IES-R) durante o período de ajuda humanitária e via correio eletrônico após 75 dias da primeira aplicação. Resultados: Participaram no início do estudo 67 sujeitos, sendo que 54 profissionais retornaram os questionários. Destes, 33 eram brasileiros, 13 americanos e 08 equatorianos. De acordo com análise comparativa das variáveis entre as 3 nacionalidades nas duas etapas de aplicação, há diferença significativa no resultado da IES-R total (p=0,15) e na interação entre IES-R; nacionalidade e experiência profissional prévia (p=0,037). Quando comparado americanos e as outras nacionalidades nas duas etapas de avaliação, há diferença entre a IES-R total (p=0,002) e há interação entre IES-R total e experiência profissional prévia (p=0,019). Na segunda fase, os escores da IES-R foram analisados através de uma Análise de Variância Multivariada, controlados pelo número de dias no Haiti, número de experiências prévias e nacionalidade. A variável número de dias no Haiti esteve significantemente associada com os escores de evitação (p=0,01), intrusão (p=0,04) e escore total (p=0,03). Por outro lado, a variável número de experiências profissionais prévias esteve significantemente associada apenas com o escore de intrusão (p=0,02). Já a variável nacionalidade esteve significantemente associada com os escores de intrusão (p<0,01) e o escore total da IES-R (p<0,01). Discussão: a análise estatística demonstrou que experiências profissionais prévias em situações de desastre e o tempo de exposição ao evento estressor são significantes preditores x para o desenvolvimento e aumento da sintomatologia de TEPT. A nacionalidade dos participantes da pesquisa apresentou interação com experiência profissional prévia em situação de desastre e sintomas de hiperestimulação. Conclusão: O trabalho humanitário em situações de tragédias é traumático mesmo para profissionais altamente treinados e com experiência e os sintomas mais importantes são as memórias intrusivas e o comportamento de evitação. O tempo de exposição está relacionado ao aparecimento de sintomas traumáticos, mesmo depois de controlados pela nacionalidade e experiência prévia. Considerações finais: Dessa forma, estes achados apontam para a necessidade de cuidados direcionados para a promoção de saúde mental destes profissionais, principalmente após períodos longos de experiência em situações de desastre.
Keywords transtorno de estresse pós-traumático
socorristas
terremoto
Language Portuguese
Date 2014-04-29
Published in ALVARENGA, Melissa Simon Guimaro. Transtorno de estresse pós traumático em profissionais durante ajuda humanitária no Haiti após terremoto de 2010. 2014. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2061796
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49000

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account