Comparação do índice de desconforto sensorial durante a estimulação elétrica neuromuscular com correntes excitomotoras de baixa e média frequência em mulheres saudáveis

Comparação do índice de desconforto sensorial durante a estimulação elétrica neuromuscular com correntes excitomotoras de baixa e média frequência em mulheres saudáveis

Título alternativo Comparison of the sensory discomfort index during neuromuscular electrical stimulation with low and medium excitomotor frequencies in healthy women
Autor Liebano, Richard Eloin Autor UNIFESP Google Scholar
Alves, Luciane Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Cidade de São Paulo
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Neuromuscular electrical stimulation is a clinical strategy for increasing of muscular performance. It is known that one of the main limiting factors of the electrical stimulation for strength increase is the discomfort caused by the currents used in the process. OBJECTIVE: The objective of this study was to compare the level of sensory discomfort caused by low and medium frequency currents in the neuromuscular electrical stimulation of the quadriceps femoris muscle. METHODS: Forty-five female healthy volunteers with age between 18 and 30 years participated in the study. All the volunteers were submitted to electrical stimulation with low and medium frequency. Sensory discomfort was measured using the Visual Analogue Scale (VAS). RESULTS: The results revealed mean value of 6.1 for the sensory discomfort in the low frequency stimulation and 6.4 for the medium frequency stimulation, without significant difference between them (p/ =/ 0.61). Concerning the intensities used, the mean was of 45.64 mA for the low frequency stimulation and 121.67 mA for the medium frequency stimulation. This difference was statistically significant (p/ </ 0.0001). CONCLUSION: There was no difference between the sensory discomfort caused by low and medium frequency currents in the neuromuscular electrical stimulation of the quadriceps femoris muscle.

INTRODUÇÃO: A estimulação elétrica neuromuscular é uma estratégia clínica para aumento da performance muscular. Sabe-se que um dos principais fatores limitantes da estimulação elétrica para aumento de força é o desconforto causado pelas correntes utilizadas. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi comparar o nível de desconforto sensorial causado por correntes de baixa e média freqüência na estimulação elétrica neuromuscular do músculo quadríceps femoral. MÉTODOS: Participaram do estudo 45 voluntárias saudáveis com idade entre 18 e 30 anos. Todas as voluntárias foram submetidas à estimulação elétrica com correntes de baixa e média freqüência. A análise do desconforto sensorial foi feita por meio de uma escala visual analógica (EVA). RESULTADOS: Os resultados revelaram um valor médio de 6,1 para o desconforto sensorial na estimulação de baixa freqüência (BF) e de 6,4 para a estimulação de média freqüência (MF), não havendo diferença estatisticamente significante entre elas (p = 0,61). Em relação às intensidades utilizadas, a média foi de 45,64mA para a estimulação de BF e 121,67mA na estimulação com a MF, sendo essa diferença estatisticamente significante (p < 0,0001). CONCLUSÃO: Não houve diferença entre o desconforto sensorial causado por correntes de baixa e média freqüência na estimulação elétrica neuromuscular do músculo quadríceps femoral.
Palavra-chave electrical stimulation
physical therapy modalities
muscle contraction
estimulação elétrica
modalidades de fisioterapia
contração muscular
Idioma Português
Data de publicação 2009-02-01
Publicado em LIEBANO, Richard Eloin; ALVES, Luciane Machado. Comparação do índice de desconforto sensorial durante a estimulação elétrica neuromuscular com correntes excitomotoras de baixa e média frequência em mulheres saudáveis. Rev Bras Med Esporte, Niterói , v. 15, n. 1, p. 50-53, fev. 2009
ISSN 1517-8692 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Extensão 50-53
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922009000100011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000264043600011
SciELO S1517-86922009000100011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4885

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-86922009000100011.pdf
Tamanho: 464.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta