Aprimoramento de habilidades auditivas e seu impacto na qualidade de vida em indivíduos com perda auditiva unilateral

Aprimoramento de habilidades auditivas e seu impacto na qualidade de vida em indivíduos com perda auditiva unilateral

Autor Vieira, Marcia Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Liliane Desgualdo Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia)
Resumo Objetivo: Verificar o impacto do aprimoramento das habilidades auditivas na modificação estrutural das vias neurais do sistema auditivo, na percepção das limitações de atividades comunicativas (LAC) e na qualidade de vida em indivíduos com perda auditiva unilateral (PAUn). Métodos: Participaram do estudo 16 indivíduos com PAUn neurossensorial de grau severo a profundo, com idades entre 13 e 21 anos, os quais foram submetidos a uma avaliação inicial do processamento auditivo (momento Pré) que avaliou as habilidades de localização sonora, fechamento auditivo, figura fundo, ordenação e resolução temporal e avaliação eletrofisiológica por meio do Potencial Evocado Auditivo de Longa Latência (PEALL- P300), com estímulos de Tom Puro e Fala. Além disso, eles responderam a um questionário de percepção de LAC e qualidade de vida (QV) e seus familiares responderam a outro questionário de avaliação de riscos de Alterações do Processamento Auditivo. Somente participaram do estudo aqueles que apresentaram alteração em pelo menos dois testes do processamento auditivo. Os indivíduos foram divididos em dois grupos, sendo que oito foram submetidos a um programa de Treinamento Auditivo Acusticamente Controlado (TAAC) por um período de oito semanas, o qual foi denominado Grupo Estudo (GE) e oito aguardaram um período de nove semanas, sem nenhum tipo de estimulação auditiva para então serem reavaliados. Na reavaliação (momento Pós), GC e GE foram submetidos aos mesmos procedimentos da avaliação inicial. Resultados: No momento Pré foi observado que os indivíduos dos dois grupos apresentaram resultados semelhantes em todos os testes do Processamento Auditivo, na avaliação do P300 e nos questionários de percepção de LAC. No questionário de avaliação de riscos de alterações do processamento auditivo o GC apresentou maior pontuação. No momento Pós observou-se que o GC manteve o mesmo padrão de respostas em todos os testes de processamento auditivo e nas respostas dos questionários. Já o GE apresentou média de respostas significativamente melhores após o TAAC, demonstrando o aprimoramento e normalização de todas as habilidades auditivas avaliadas, com exceção da localização sonora, que apesar de ter melhorado, não atingiu a normalidade. Verificou-se também que este grupo apresentou diminuição estatisticamente significante da latência e aumento da amplitudedo P300 com tom puro. Não foram observadas diferenças significativas nos parâmetros do P300 com fala entre os dois momentos. Com relação aos questionários, verificou-se que o GE apresentou diminuição na percepção das LAC, passando de grau moderado a grave para leve a moderado após o TAAC. Além disso, todos os indivíduos relataram melhora na QV superior a 50%. As respostas do questionário respondido pelos familiares revelou diminuição estatisticamente significante de dificuldades do processamento auditivo. Conclusões: No presente estudo o programa de TAAC em indivíduos com PAUn foi eficaz no aprimoramento das habilidades auditivas e na modificação estrutural das vias auditivas neurais. Além disso, foi capaz de diminuir as LAC e melhorar a QV desses indivíduos.
Assunto perda auditiva unilateral
percepção auditiva
transtornos da audição
qualidade de vida reabilitação
Idioma Português
Data 2016-03-02
Publicado em VIEIRA, Marcia Ribeiro. Aprimoramento de habilidades auditivas e seu impacto na qualidade de vida em indivíduos com perda auditiva unilateral. 2016. 149 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Linha de pesquisa Fonoaudiologia
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 149 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3609370
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48808

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)