Processamento auditivo pré e pós aclimatização em usuários de próteses auditivas bilaterais

Processamento auditivo pré e pós aclimatização em usuários de próteses auditivas bilaterais

Autor Freitas, Mariana Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gil, Daniela Gil Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia)
Resumo Objectives: to compare the performance of new users of hearing aids in the behavior tests of hearing processing and in the self-evaluation questionnaires daily before and after acclimatization. Methods: 30 individuals participated of the study with symmetrical bilateral hearing loss, in the age group between 45 and 67 years of age, of both genders. The individuals were valued a week and there re-valued 12 weeks of use of hearing appliances. Firstly the patient was subdued to the audio logical evaluation and examination, subsequently there was carried out the adaptation of bilateral hearing aids, with. After a week of adaptation, the patient was subdued to the evaluation comportamental of the hearing processing, composed by the tests: test of verbal sequential Memory and not verbal, test of resonant location, test of standard of frequency and of duration and threshold of recognition of sentences in the noise. The questionnaires APHAB and HHIE-S were applied in the interview format. After 12 weeks, the users were re-valued with the same proceedings. For the analysis of the results descriptive measures and analysis were used inferencial (t-Student, test Wilcoxon, t - gaged tuns, test of Marginal Homogeneity) with level of signification of 0,05. Resulted: It was not possible to observe variation when daily pay and powders when compared the performance of the patients in the period acclimatization in the tests of resonant location, verbal sequential memory, sequential memory not verbal. The individuals presented improvement of performance in the tests of standard of frequency and duration and in the test of LRSR, and reduction of the restriction of participation. Conclusions: The performance in the tests of recognition of standard of duration and of frequency and of threshold of recognition of sentences in the noise they present better performance s after 12 weeks of use of enlargement. Too many behavior tests used present similar results a week and twelve weeks after the use, showing up that the process of acclimatization is not generalized for all the hearing skills in a uniform form; regarding the self- evaluation questionnaires one checked that the answers after 12 weeks of use of hearing prosthesis are better, revealing reduction of the handicap and of the restriction of the participation. ix

Objetivos: comparar o desempenho de novos usuários de próteses auditivas retroauriculares nos testes comportamentais de processamento auditivo e nos questionários de autoavaliação pré e pós aclimatização. Métodos: Participaram do estudo 30 indivíduos com PANS bilateral simétrica, de grau leve a moderado, na faixa etária entre 45 e 66 anos de idade, de ambos os gêneros. Os indivíduos foram avaliados uma semana e reavaliados 12 semanas de uso de próteses auditivas. Primeiramente o paciente foi submetido à avaliação audiológica básica (audiometria tonal e vocal e imitanciometria) e exame otorrinolaringológico, posteriormente foi realizada a adaptação de prótese auditiva bilateral. Após uma semana de adaptação, o paciente foi submetido à avaliação comportamental do processamento auditivo, composta pelos testes: teste de Memória sequencial verbal e não verbal, teste de localização sonora, teste de padrão de frequência e de duração e limiar de reconhecimento de sentenças no ruído. Os questionários APHAB e HHIE-S foram aplicados no formato de entrevista. Após 12 semanas, os usuários foram reavaliados com os mesmos procedimentos. Para a análise dos resultados foram utilizadas medidas descritivas e análise inferencial (t-Student, teste Wilcoxon, t-pareado, teste de Homogeneidade Marginal) com nível de significância de 0,05. Resultados: Não foi possível observar variação quando comparado o desempenho dos pacientes no período pré e pós aclimatização nos testes de localização sonora, memória sequencial verbal, memória sequencial não verbal. Os indivíduos apresentaram melhora de desempenho nos testes de padrão de frequência e duração e no teste de LRSR, e redução da restrição de participação e da limitação de atividade . Conclusões: O desempenho nos testes de reconhecimento de padrão de duração e de frequência e de limiar de reconhecimento de sentenças no ruído apresentam melhor desempenho após 12 semanas de uso de amplificação. Os demais testes comportamentais utilizados apresentam resultados semelhantes uma semana e doze semanas após o uso, evidenciando que o processo de aclimatização não se generaliza para todas as habilidades auditivas de forma uniforme; com relação aos questionários de autoavaliação verificou-se que as respostas após 12 semanas de uso de prótese auditiva são melhores, revelando redução da restrição da participação e limitação de atividade.
Assunto perda auditiva
percepção auditiva
questionário
auxiliares de audição
Idioma Português
Data 2015-02-27
Publicado em FREITAS, Mariana Silva. Processamento auditivo pré e pós aclimatização em usuários de próteses auditivas bilaterais. 2015. 58 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Linha de pesquisa Fonoaudiologia
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 58 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2372803
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48805

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)