Obesidade e depressão na pós-menopausa: estudo em ratas dos efeitos da ovariectomia sobre aspectos comportamentais e da regulação central da ingestão alimentar

Obesidade e depressão na pós-menopausa: estudo em ratas dos efeitos da ovariectomia sobre aspectos comportamentais e da regulação central da ingestão alimentar

Author Dornellas, Ana Paula Segantine Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ribeiro, Eliane Beraldi Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Nutrição
Abstract O presente trabalho teve como objetivo pesquisar os mecanismos moleculares envolvidos na interação obesidade/depressão que se desenvolve na pós-menopausa, enfocando a participação do sistema serotoninérgico e outros mediadores da regulação central da ingestão alimentar, bem como a influência de fatores da dieta sobre estas relações. Aos 2 meses de idade, ratas Wistar tiveram os ovários retirados bilateralmente (Ovx) ou passaram por uma falso-ovariectomia (Sham). Após uma semana de recuperação, os animais foram separados em grupos e alimentados durante 8 semanas com dieta controle (OvxC) ou com dieta hiperlipídica enriquecida com banha de porco (OvxL) ou óleo de peixe (OvxF). Apesar de a ingestão calórica ter sido semelhante entre os grupos, a ovariectomia aumentou o ganho de peso corporal, o que foi intensificado pelo consumo de dieta banha e atenuado pela dieta óleo de peixe. O perfil lipídico sérico, bem como o acúmulo de lipídios no fígado, acompanhou essas mudanças. A retirada dos ovários elevou os níveis séricos de glicose, porém apenas os animais OvxL apresentaram leptinemia e insulinemia alterados. Além disso, a ovariectomia sozinha ou em conjunto com o consumo de dieta banha prejudicou a ação hipofágica da serotonina, enquanto o óleo de peixe demonstrou um efeito protetor, o que foi refletido pela expressão gênica de 5HT1B e 5HT2C no hipotálamo. Ainda, a ovariectomia foi um fator ansiogênico, o que foi igualmente e positivamente modulado pelo consumo de dietas hiperlipídicas. No entanto, as dietas com alto teor de gordura não apresentaram influência sobre a vulnerabilidade à depressão induzida pela ovariectomia e sobre a expressão de genes no hipocampo. Finalmente, as análises de correlação concordaram com os resultados encontrados e demonstraram que influências hormonais e dietéticas alteraram o padrão de associações entre adiposidade corporal, genes e comportamento.
Keywords ovariectomia
serotonina
ingestão alimentar
comportamento
sistema nervoso central
Language Portuguese
Date 2015-04-30
Published in DORNELLAS, Ana Paula Segantine. Obesidade e depressão na pós-menopausa: estudo em ratas dos efeitos da ovariectomia sobre aspectos comportamentais e da regulação central da ingestão alimentar. 2015. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Nutrição
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2823592
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48775

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account