Efeito da implantação de um conjunto de boas práticas na ocorrência de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter central de inserção periférica em neonatos

Efeito da implantação de um conjunto de boas práticas na ocorrência de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter central de inserção periférica em neonatos

Autor Pereira, Juliana Dane Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pedreira, Mavilde da Luz Goncalves Pedreira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Enfermagem
Resumo INTRODUCTION: The catheter-related bloodstream infection (CRBSI) increases the risk of death of newborns (NB) undergoing intensive care. This type of adverse event is classified as preventable by the possibility of implementing preventive measures. OBJECTIVES: To investigate the effect of the use of a bundle on reducing CRBSI in NB with peripherally inserted central catheter; to compare the absolute number of catheters inserted, dwell time and density of catheter use before and after applying the bundle; to relate the implementation of the bundle to alcohol gel and antiseptic soap consumption and verify the monthly adherence to the bundle. METHOD: Prospective and quasiexperimental research, conducted in a neonatal intensive care unit in Brazil, in which a bundle of five interventions was implemented to prevent CRBSI: hand hygiene, use of maximal barrier precaution for catheter insertion, use of alcoholic chlorhexidine gluconate 0.5% for skin preparation, systematic analysis of multidisciplinary indication of the catheter and multidisciplinary systematic analysis of the possibility of catheter removal. The sample was composed of neonates admitted to the neonatal intensive care unit and who met the inclusion criteria proposed: NB with indication of peripherally inserted central catheter implantation, successfully catheterized, whose parents agreed with the insertion of the device and the participation in the research. We excluded infants with early-onset sepsis. For the statistical analysis were applied Chi-square and Mann-Whitney test, with significance level of 5%. RESULTS: One hundred and sixty nine (169) NB were studied, 73 (43,2%) in the control phase and 96 (56,8%) in the intervention phase. The birth weight (p=0.968) and gestational age (p = 0.711) were similar before and after implementation. The average rate of CRBSI in the control period was 3.9 per one thousand catheters per day and remained at zero during the intervention implementation (p=0.065). No significant difference was identified in the number of catheters inserted (p=0.589). The catheters dwell time was lower in the intervention period, with marginally significant difference (p=0.065). No significant influence was observed regarding the density of catheter use (p=0.818) and the use of antiseptic soap (p=0.937) between the two periods, whereas the consumption of alcohol gel has increased (p=0.002). The overall rate of adherence to the bundle presented variation between 72.0% and 94.1%, with an average of 83.4%. CONCLUSION: With the implementation of the bundle, no infection was recorded during the six months of intervention, although the result did not reach statistical significance. It was not obtained significant influence of the intervention on the number of peripherally inserted central catheter inserted, dwell time, density of catheter use and the consumption of antiseptic soap, whereas, in relation to consumption of alcohol gel, we observed a significant increase. However there was no change in. The average adherence to the bundle showed variation in the months studied.

Introdução: A infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter (ICSRC) aumenta o risco de morte de recém-nascidos (RN) submetidos a cuidados intensivos. Este tipo de evento adverso é classificado como evitável pela possibilidade da implementação de medidas de prevenção. Objetivos: Verificar o efeito da utilização de um conjunto de boas práticas sobre a redução da ICSRC, em RN com cateter central de inserção periférica; comparar o número absoluto de cateteres inseridos, tempo de permanência e a densidade de uso do cateter antes e após a aplicação do conjunto de boas práticas; relacionar a implementação do conjunto de boas práticas ao consumo de álcool gel e sabão antisséptico; verificar a taxa de adesão mensal ao conjunto de boas práticas. CASUÍSTICA E MÉTODO: Estudo prospectivo, quasi-experimental, conduzido em uma unidade de terapia intensiva neonatal do Brasil, na qual se implementou um conjunto de boas práticas composto de cinco condutas para a prevenção de ICSRC: higienização das mãos, uso de barreira máxima de precaução para inserção cateter, uso de gluconato de clorexidina alcoólica a 0,5% para preparo da pele, análise sistemática multidisciplinar da indicação do cateter e análise sistemática multidisciplinar da possibilidade de remoção do cateter. A amostra foi composta pelos RN internados na unidade de terapia intensiva neonatal e que atendiam aos critérios de inclusão propostos: RN com indicação de passagem de cateter central de inserção periférica, cateterizados com sucesso, cujos pais concordaram tanto com a inserção dos dispositivos como com a participação no estudo. Foram excluídos RN com sepse precoce. Para a análise estatística aplicaram-se os teses de Qui-Quadrado e Mann-Whitney, com nível de significância de 5%. Resultados: Foram estudados 169 RN, 73 (43,2%) na fase controle e 96 (56,8%) na fase intervenção. O peso ao nascer (p=0,968) e a idade gestacional (p=0,711) foram semelhantes nos dois períodos. A taxa média de ICSRC na fase controle era de 3,9 por mil cateteres por dia, mantendo-se em zero durante a fase intervenção (p=0,065). Não se identificou diferença significativa quanto ao número de cateteres inseridos (p=0,589). O tempo de permanência dos cateteres foi menor na fase intervenção, com diferença marginalmente significante (p=0,065). Não se observou influência significativa referente a densidade de uso do cateter (p=0,818) e ao consumo de sabão antisséptico (p=0,937) entre as duas fases, enquanto se obteve aumento no consumo de álcool gel (p=0,002). A taxa global de adesão ao conjunto de boas práticas sofreu variação entre 72,0% a 94,1%, com média de 83,4%. Conclusão: Com a implementação do conjunto de boas práticas, nenhum caso de infecção foi registrado durante os seis meses de intervenção, apesar do resultado não alcançar significância estatística. Não se obteve influência significante da intervenção no número de PICC inseridos, tempo de permanência do cateter, densidade de uso de cateter e no consumo de sabão antisséptico, enquanto que, em relação ao consumo de álcool gel, observou-se aumento significativo. A taxa de adesão ao conjunto de boas práticas apresentou variação nos meses estudados.
Assunto implantação
práticas na ocorrência de infecção
sanguínea relacionada a cateter central
periférica em neonatos
Idioma Português
Data 2013-11-27
Publicado em PEREIRA, Juliana Dane. Efeito da implantação de um conjunto de boas práticas na ocorrência de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter central de inserção periférica em neonatos. 2013. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
Linha de pesquisa Enfermagem
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=670901
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48601

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)