Associação de níveis séricos de vitamina d com volume renal, parâmetros inflamatórios e de pressão arterial na doença renal policística autossômica dominante (drpad): efeitos da suplementação com colecalciferol

Associação de níveis séricos de vitamina d com volume renal, parâmetros inflamatórios e de pressão arterial na doença renal policística autossômica dominante (drpad): efeitos da suplementação com colecalciferol

Author Vendramini, Larissa Collis Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Heilberg, Ita Pfeferman Heilberg Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Nefrologia)
Abstract A Doença Renal Policística Autossômica Dominante (DRPAD) é caracterizada pela formação contínua de cistos ao longo de todo o néfron cujo aumento progressivo leva à destruição da arquitetura e do parênquima renal. A expansão cística, entre outros fatores, ativa o sistema renina-angiotensina-aldosterona, resultando em elevação da pressão arterial, que por sua vez se correlaciona com o aumento do volume renal, um dos principais determinantes da piora da função renal e progressão para doença renal crônica (DRC). Estudos observacionais têm demonstrado associação inversa entre níveis séricos de vitamina D [25(OH)D] com pressão arterial e inflamação. O presente estudo teve como objetivos determinar os níveis séricos de 25(OH)D, a expressão do receptor de vitamina D (VDR) e de enzimas envolvidas em seu metabolismo (CYP24A1 e CYP27B1) em monócitos de pacientes com DRPAD, e sua associação com fatores nutricionais, parâmetros laboratoriais e de pressão arterial, marcadores inflamatórios e volume renal total (TKV). Em uma segunda etapa, investigou-se o efeito da suplementação de vitamina D3 durante 3 meses, controlada por placebo, nos pacientes com insuficiência de 25(OH)D. Foram incluídos no estudo 74 pacientes com DRPAD de ambos os sexos (44F/30M), com 19 a 64 anos de idade, acompanhados no Ambulatório de Rins Policísticos da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Todos os pacientes foram submetidos à avaliação antropométrica, composição corporal, levantamento de hábito alimentar, dosagens séricas e urinárias. A pressão arterial foi avaliada através do exame de monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) e o volume renal foi determinado por ressonância magnética. Na presente série, identificou-se 62% de hipovitaminose D, 73% de hipertensos e 44% dos indivíduos não apresentaram descenso noturno à MAPA. Houve uma correlação inversa entre os níveis séricos de 25(OH)D e a expressão de VDR com o TKV, mas não com a pressão arterial. A expressão de VDR também se correlacionou negativamente com os marcadores inflamatórios (IL-6, IL-10, PCR e NF?B). A presença de hipertensão, Taxa de Filtração Glomerular estimada (TFGe), idade, gênero masculino, Índice de Massa Corporal (IMC), PCR, VDR e os níveis de 25(OH)D se associaram com o TKV corrigido pela altura, mas a análise de regressão linear multivariada mostrou que apenas a presença de hipertensão e a TFGe foram preditores independentes de TKV. Os pacientes insuficientes em vitamina D (n=46) apresentaram maiores níveis de calcitriol [1,25 (OH)2D] e de expressão de CYP24A1 em comparação aos pacientes suficientes. Apesar da suplementação com vitamina D ter sido efetiva em termos de restaurar os níveis de vitamina D em 75% dos pacientes, não observamos alterações significantes nos parâmetros séricos, urinários, de pressão arterial, marcadores inflamatórios e na expressão do VDR e das enzimas envolvidas no metabolismo da vitamina D. Os presentes achados sugerem que no contexto de DRPAD, os níveis séricos de 25(OH)D não se associaram com a hipertensão arterial e inflamação. Os níveis séricos de vitamina D e a expressão de VDR podem contribuir para o aumento do volume renal na DRPAD, mas a hipertensão e o nível de função renal ainda persistem como fatores preditores mais importantes de progressão.
Keywords drpad
vitamina d
colecalciferol
volume renal
hipertensão
Language Portuguese
Date 2016-04-30
Published in VENDRAMINI, Larissa Collis. Associação de níveis séricos de vitamina d com volume renal, parâmetros inflamatórios e de pressão arterial na doença renal policística autossômica dominante (drpad): efeitos da suplementação com colecalciferol. 2016. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3607398
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48388

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account