A experiência da Universidade São Francisco com o internato médico de psiquiatria utilizando a metodologia da aprendizagem baseada em problemas

A experiência da Universidade São Francisco com o internato médico de psiquiatria utilizando a metodologia da aprendizagem baseada em problemas

Título alternativo The experience of Universidade São Francisco with the medical internship in psychiatry using the problem-based learning method
Autor Paulin, Luiz Fernando Ribeiro Da Silva Google Scholar
Poças, Regina Caeli Guerra Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade São Francisco
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In the last few years, medical education has been going through curricular and pedagogical changes with the purpose of educating a new health professional. One of the pedagogical alternatives is the education based on problem-solving, which works essentially with the construction of knowledge using significant experiences. Such learning model has enabled curricular changes, which, in the field of psychiatry, reflect the conquest of significant space for the development of a more humane and integral medical practice This article aims to discuss the experience of the Medical School of Universidade São Francisco (USF), in Bragança Paulista, concerning the implementation of the psychiatry internship using the problem-based learning (PBL) methodology since 2003. The psychiatry internship is undertaken in the fifth year of Medical School, and it consists of 320 hours, which correspond to 40 hours a week for 8 weeks. Activities are developed at the day hospital, at the outpatient clinic and at the general hospital during delivery of consultation-liaison psychiatry service. There was significant increase in the knowledge acquired by the students who, upon completing the internship, were able to develop clinical reasoning skills and had consolidated concepts and psychiatric practices adequate to the general medical education and compatible with the purposes of the undergraduate program. The reported experience can serve as a model for the implementation of a learning methodology regarding mental health based on the principles of the psychiatric reformation in Brazil, trying to develop community and interdisciplinary practices.

Nos últimos anos, o ensino médico vem sofrendo modificações pedagógicas e curriculares, visando promover a formação de um novo profissional de saúde. Uma das alternativas pedagógicas propostas é a educação problematizadora, que trabalha essencialmente com a construção de conhecimentos a partir da vivência de experiências significativas. Tal modelo de aprendizagem tem viabilizado mudanças curriculares, em que a psiquiatria vem conquistando espaço significativo para o desenvolvimento de uma prática médica mais humanística e integral. O artigo se propõe a discutir a experiência do Curso de Medicina da Universidade São Francisco, em Bragança Paulista (SP) referente à implantação do internato de psiquiatria pela metodologia da aprendizagem baseada em problemas, desde 2003. O internato de psiquiatria ocorre no quinto ano do Curso de Medicina, com carga horária de 320 horas, correspondendo a 8 semanas de 40 horas. As atividades são desenvolvidas no hospital-dia e no ambulatório, e a interconsultoria é realizada no hospital geral. Observa-se significativa evolução no conhecimento adquirido dos alunos, que conseguem, ao término do internato, desenvolver raciocínio clínico e sedimentação de conceitos e práticas psiquiátricas adequadas à formação médica generalista, compatíveis ao que o curso de graduação propõe. A experiência relatada pode servir de modelo para a implantação de uma proposta de aprendizagem em saúde mental inserida nos preceitos da reforma psiquiátrica no Brasil, buscando-se implementar o desenvolvimento de práticas comunitárias e interdisciplinares.
Palavra-chave Medical education
method
internship
teaching
psychiatry
Educação médica
método
internato
ensino
psiquiatria
Idioma Português
Data de publicação 2009-01-01
Publicado em Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul. Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, v. 31, n. 1, p. 67-72, 2009.
ISSN 0101-8108 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Extensão 67-72
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082009000100012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-81082009000100012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4819

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-81082009000100012.pdf
Tamanho: 180.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta