Alterações dos eixos adrenocorticotrófico e somatotrófico relacionadas à apneia obstrutiva do sono

Alterações dos eixos adrenocorticotrófico e somatotrófico relacionadas à apneia obstrutiva do sono

Author Lima, Suelem Izumi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Zanella, Maria Teresa Zanella Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Endocrinologia Clínica)
Abstract A avaliação do eixo adrenocorticotrófico de homens com sobrepeso e obesos portadores de AOS demonstrou: ? Maiores níveis de cortisol livre urinário ? Ritmo de cortisol salivar inalterado ? Supressão adequada a baixas doses de dexametasona A dosagem do cortisol pode ser feita de várias maneiras e o método ideal ainda não está claro. A medição do cortisol urinário pode representar uma ferramenta útil para a investigação do eixo HHA em indivíduos com AOS. A elevação dos valores do cortisol livre urinário não foi associado ao aumento do IMC, mas apenas à gravidade da AOS. A hipoxemia durante o sono REM foi o fator que mais se associou à hiperatividade do eixo HHA, sugerindo assim uma relação causal. O eixo somatotrófico foi avaliado através da dosagem do IGF-1. Homens com sobrepeso e obesos portadores de AOS moderada a grave apresentaram níveis de IGF-1 mais baixos. O IGF-1 sofreu influência de parâmetros da obesidade e também da fragmentação do sono e da hipoxemia, porém a hipoxemia foi um fator de risco independentemente associado aos níveis de IGF-1. Demonstramos que a síndrome metabólica foi mais presente nos portadores de AOS moderada a grave e houve associação da síndrome metabólica com níveis de IGF-1. Além disso, os indivíduos que tinham menores níveis de IGF-1 (no percentil 1), apresentavam maior prevalência de síndrome metabólica. A HBA1c se correlacionou com IGF-1, de forma independente da saturação mínima de O2 e da circunferência da cintura. Conclusões? Nossos dados sugerem que em homens a apneia obstrutiva do sono moderada a grave: A. Induz hiperatividade no eixo adrenocorticotrófico relacionada à hipoxemia; B. Induz uma disfunção do eixo somatotrófico, caracterizada por menores níveis de IGF-1, também relacionada à hipoxemia, que por sua vez favorece o desenvolvimento da síndrome metabólica.
Keywords apneia obstrutiva do sono
adrenocorticotróficos
Language Portuguese
Date 2016-02-29
Published in LIMA, Suelem Izumi. Alterações dos eixos adrenocorticotrófico e somatotrófico relacionadas à apneia obstrutiva do sono. 2016. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3597623
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48154

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account