O K-CPT em uma amostra brasileira: descrição do desempenho e comparação com as normas norte-americanas

O K-CPT em uma amostra brasileira: descrição do desempenho e comparação com as normas norte-americanas

Título alternativo K-CPT in a Brazilian sample: description of performance and comparison with North American norms
Autor Miranda, Mônica Carolina Autor UNIFESP Google Scholar
Sinnes, Elaine Girão Google Scholar
Pompéia, Sabine Autor UNIFESP Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: This study investigated the performance of a sample of Brazilian children aged 4-5 years on the Conners' Kiddie CPT (K-CPT), a computer-based task used to assess attention and inhibitory control in children. METHODS: Scores of Brazilian children pre-screened for attention disorders were obtained using the K-CPT, and data were compared with North American norms. RESULTS: Age and gender effects on the Brazilian sample were similar to those previously described. However, the lack of screening for attention deficits might have distorted normative scores of the K-CPT in the USA because Brazilian boys and girls had better scores than the North American children in almost all measures. CONCLUSION: The screening procedures used in Brazil, in addition to the previously described age and gender effects on sustained attention, indicate that the results described in the present study constitute appropriate local performance scores and, as such, are useful in the evaluation of pre-school children in Brazil until national norms are established.

INTRODUÇÃO: O presente estudo investigou o desempenho de uma amostra de crianças brasileiras de 4 a 5 anos de idade no Conners' Kiddie CPT (K-CPT), uma tarefa computadorizada utilizada na avaliação da atenção e do controle inibitório em crianças. MÉTODO: Os escores de crianças brasileiras, que passaram por uma triagem para excluir déficit de atenção, foram comparados com as normas norte-americanas. RESULTADOS: Os efeitos de gênero e idade na nossa amostra foram similares aos descritos na literatura. Entretanto, a falta de triagem para déficit de atenção pode ter distorcido os dados normativos norte-americanos, pois meninos e meninas brasileiros tiveram melhores escores em quase todas as medidas. CONCLUSÕES: Os procedimentos de triagem aqui empregados, juntamente com a obtenção dos efeitos de idade e gênero previamente descritos, confirmam a adequação dos escores obtidos como referência local de desempenho, que podem ser úteis na avaliação de crianças pré-escolares no Brasil até que normas nacionais sejam estabelecidas.
Palavra-chave Continuous performance test
preschool children
attention
cross-cultural comparative study
Teste de desempenho contínuo
crianças pré-escolares
atenção
estudo comparativo
Idioma Português
Data de publicação 2009-01-01
Publicado em Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul. Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, v. 31, n. 1, p. 60-66, 2009.
ISSN 0101-8108 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Extensão 60-66
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082009000100011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-81082009000100011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4808

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-81082009000100011.pdf
Tamanho: 191.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta