Novo peptídeo troiano antitumoral derivado da proteína wt1 (wilms - tumor 1): atividade antimelanoma de wt1-ptj e seus mecanismos de ação

Novo peptídeo troiano antitumoral derivado da proteína wt1 (wilms - tumor 1): atividade antimelanoma de wt1-ptj e seus mecanismos de ação

Autor Massaoka, Mariana Hiromi de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Travassos, Luiz Rodolpho Raja Gabaglia Travassos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Microbiologia e Imunologia
Resumo On searching for tumor markers preferentially expressed in melanoma cells to be used as selective targets for therapeutic purposes, WT1 emerged as an abundant and a highly immunogenic protein in human melanoma upon using a subtraction tolerization method of mice immunization. A lysine?arginine rich peptide, WT1-pTj, derived from the ZF domain of WT1 was evaluated as an antitumor agent against A2058 human melanoma cells and B16F10-Nex2 syngeneic murine melanoma. Peptide WT1-pTj quickly penetrated human melanoma cells and induced senescence, recognized by increased SA-?-galactosidase activity, enhanced transcriptional activity of p53, and induction of the cell cycle inhibitors p21 and p27. Moreover, the peptide bound to p53 and competed with WT1 protein for binding to p53. WT1-pTj treatment led to sustained cell growth suppression, abrogation of clonogenicity and G2/M cell cycle arrest. Notably, WT1-pTj treatment inhibited both the metastases and subcutaneous growth of murine melanoma in syngeneic mice, and prolonged the survival of nude mice challenged with human melanoma cells. In addition, our in vivo investigation disclosed the immunomodulatory role of WT1-pTj, showing that peptide-activated syngeneic dendritic cells ex vivo protected against melanoma progression, even in animals with established tumors. Remarkably, we found that the peptide induced phenotypic maturation of dendritic cells in vivo and enhanced production of type-1 cytokines, such as IL-6 and IL-12. Simultaneously, a marked decrease in TGF-ß1 production was observed in dendritic cells retrieved from WT1-pTj-treated mice. Furthermore, the WT1-pTj-mediated antitumor activity was associated with significantly augmented frequency of tumor-infiltrating lymphocytes (CD8+ and) and NK1.1+ cells, and down-regulation of splenic CD4+ Foxp3+ regulatory T cells. CD4+ Collectively, our data demonstrate the antimelanoma activity of WT1-pTj and indicate that the WT1-derived peptide may act as a potent adjuvant in cancer immu

Em busca de marcadores tumorais preferencialmente expressos em células de melanoma, a aplicação de um protocolo de imunização baseado na subtração da tolerância imunológica possibilitou a produção e caracterização de anticorpos de especificidade bastante restrita reconhecendo a proteína WT1. Considerando o papel de WT1 na sobrevivência e na metástase de células de melanoma, uma sequência com características ?troianas? contendo uma série de resíduos de aminoácidos básicos (R/K) intercalados foi localizada na proteína WT1. O peptídeo, designado WT1-pTj, foi caracterizado como um agente que apresenta atividade antimelanoma in vitro e in vivo. Neste estudo, verificamos que o peptídeo WT1-pTj entrou rapidamente em células de melanoma e provocou a senescência celular, conforme foi sugerido pela coloração positiva para a atividade de SA-?-galactosidase, pelo aumento da atividade transcricional de p53 e pela indução dos reguladores negativos da proliferação celular p21 e p27. Além disso, o peptídeo se ligou à proteína supressora de tumor p53 e competiu com WT1 pela ligação à p53. O tratamento com WT1-pTj levou à inibição sustentada do crescimento de células de melanoma, à supressão da clonogenicidade e à parada do ciclo celular na fase G2/M. De modo notável, o tratamento com WT1-pTj inibiu o desenvolvimento de metástases e o crescimento subcutâneo do melanoma murino em modelos singenêicos, e prolongou a sobrevida de camundongos ?nude? inoculados com células de melanoma humano. Nossa investigação in vivo inicial indicou o papel imunomodulador de WT1-pTj, mostrando que células dendríticas singenêicas ativadas pelo peptídeo ex vivo protegeram contra a progressão do melanoma, mesmo em animais com tumores já estabelecidos. Em paralelo, constatamos que o tratamento com o peptídeo induziu a maturação fenotípica e funcional de células dendríticas in vivo e maior produção de citocinas, tais como a IL- 6 e IL-12. Simultaneamente, uma diminuição marcante na produção de TGF-ß1 foi observada em células dendríticas recuperadas de camundongos tratados com WT1-pTj. Ainda, a atividade antitumoral mediada por WT1-pTj foi associada com uma frequência aumentada de linfócitos T infiltrantes tumorais (CD8+ e CD4+células T regulatórias (CD4+ Foxp3+atividade antimelanoma de WT1-pTj e indicam que este) e células NK1.1+) esplênicas. Coletivamente, nossos dados demonstram a atividade antimelanoma de WT1-pTj e indicam que este peptídeo singular derivado de WT1 pode atuar como um potente adjuvante na imunoterapia do câncer.
Assunto wilms
tumor protein 1 (wt1)
antitumor peptides
cellular senescence
melanoma
dendritic cells
proteína 1 do tumor de wilms (wt1) peptídeos antitumorais senescência celular melanoma
Idioma Português
Data 2015-05-31
Publicado em MASSAOKA, Mariana Hiromi de Souza. Novo peptídeo troiano antitumoral derivado da proteína wt1 (wilms - tumor 1): atividade antimelanoma de wt1-ptj e seus mecanismos de ação. 2015. 153 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Linha de pesquisa Microbiologia
Área de concentração Ciências biológicas
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 153 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2701521
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48075

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)