Pericárdio bovino utilizado como remendo no sistema cardiovascular

Pericárdio bovino utilizado como remendo no sistema cardiovascular

Autor Pires, Adilson Casemiro Autor UNIFESP Google Scholar
Saporito, Wladimir Faustino Autor UNIFESP Google Scholar
Leao, Luiz Eduardo Villaca Autor UNIFESP Google Scholar
Forte, Vicente Autor UNIFESP Google Scholar
Cardoso, Sigmar Horst Autor UNIFESP Google Scholar
Ramaciotti, Osiris Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do ABC
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The bovine pericardium, preserved into glutaraldehyde, in making valvar phostheses, is well known. Although largely used in the form of scrap, this was little studied. With this intention, 21 dogs were submitted to surgical patch of a standardized bovine pericardium scrap partially substituting, the aorta left atrium and pericardial walls. The dogs were randomly separated in three groups according to the reoperation time. Group 1 with 6 reoperated dogs between 33 and 43 days; group 2 with 7 reoperated dogs between 120 and 165 days and group 3 with 8 reoperated dogs between 225 and 305 days. The micro and macroscopic examinations showed: (1) the wrinkled surface of the scrap adhered to the neighboring structures, while the smooth surface implanted on pericardium adhered a little to epicardium; (2) the bovine pericardium scrap did not suffered structural change, independently of the implant location; (3) the final area of the left atrial patch was significantly smaller than the aortic and pericardial patches, to the dogs of groups 2 and 3; (4) the atrial patch area diminished significantly, while the aortic and pericardial have not been changed with time; (5) the pericardial scrap thickness was significantly smaller than the left atrium and aortic ones, in the dogs of group 3; (6) the formation of a fibrous connective tissue layer occurred on the smooth surface of the scraps implanted on the left atrium and aorta. The internal apposition tissue thickness was significantly greater on left atrium than on the aorta, in groups 1 and 2; (7) the internal apposition tissue of the atrial and aortic patches underwent calcification in dogs of groups 2 and 3; (8) the internal apposition tissue of atrial and aortic patches showed neoformation of elastic fibers that increased sharply as the implant time passed by. With this finding, we can conclude that the behavior of the bovine pericardium preserved into glutaraldehyde, as a scrap, for making a patch, in vascular surgery, depends on: (1) the contact surface; (2) the tension to which it is submitted; (3) the contact with the circulation.

O comportamento do pericárdio bovino, preservado em glutaraldeído, na confecção de próteses valvulares é bem conhecido. Embora amplamente empregado na forma de retalho, foi pouco estudado neste sentido. Com esta finalidade, 21 cães foram submetidos ao implante cirúrgico de um retalho padronizado de pericárdio bovino substituindo, parcialmente, as paredes da aorta, do átrio esquerdo e do pericárdio. Os cães foram, casualmente, separados em três grupos, segundo o tempo de reoperação. O Grupo 1 com 6 cães reoperados entre 33 e 43 dias; o Grupo 2 com 7 cães reoperados entre 120 e 165 dias e Grupo 3 com 8 cães reoperados entre 225 e 305 dias. Os exames micro e macroscópico evidenciaram: 1) a superfície rugosa do retalho do pericárdio bovino aderiu às estruturas vizinhas, enquanto a superfície lisa pouco aderiu ao epicárdio; 2) o retalho de pericárdio bovino não sofreu alteração estrutural, independentemente da localização de implante; 3) a área final de remendo atrial esquerdo foi significantemente menor do que a dos remendos aórtico e pericárdico, para os cães dos Grupos 2 e 3; 4) a área do remendo atrial diminuiu significantemente, enquanto da aorta e do pericárdio não sofreram alteração com o tempo; 5) a espessura do remendo do pericárdio foi significantemente menor do que a dos remendos da aorta e átrio esquerdo, para cães do Grupo 3; 6) ocorreu a formação de uma camada de tecido conjuntivo fibroso na superfície lisa dos retalhos implantados no átrio esquerdo e na aorta. A espessura do tecido de aposição interna foi significantemente maior no átrio esquerdo do que na aorta, nos Grupos 1 e 2; 7) o tecido de aposição interna dos remendos atrial e aórtico sofreu calcificação nos cães dos Grupos 2 e 3; 8) o tecido de aposição interna dos remendos atrial e aórtico sofreu neoformação de fibras elásticas que aumentou nitidamente com o tempo de implante. Diante do achado, concluímos que o comportamento do pericárdio bovino preservado em glutaraldeído, na forma de retalho, para a confecção de remendo, em cirurgia cardiovascular depende: 1) da superfície de contato; 2) da tensão a que é submetido; 3) do contato com a corrente sangüínea.
Palavra-chave Pericardium
Surgical flaps
Atrium
Aorta
Pericárdio
Retalhos cirúrgicos
Aorta
Átrio cirurgia
Átrio
Idioma Português
Data de publicação 1997-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 12, n. 2, p. 176-187, 1997.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 176-187
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76381997000200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76381997000200012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/480

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76381997000200012.pdf
Tamanho: 753.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta