A não-escola: os sentidos atribuídos à escola e ao professor hospitalares por pacientes oncológicos

A não-escola: os sentidos atribuídos à escola e ao professor hospitalares por pacientes oncológicos

Título alternativo The non-school: how yongsters with cancer see the school and the teacher who works in the hospital
La no-escuela: los sentidos atribuidos a la escuela y al maestro hospitalarios por pacientes oncológicos
Autor Marchesan, Eduardo Caliendo Google Scholar
Bock, Ana Mercês Bahia Google Scholar
Petrilli, Antonio Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Covic, Amalia Neide Autor UNIFESP Google Scholar
Kanemoto, Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This paper had the objetive of understandig the subjective dimension of the oncological patients who receive an educational provision at the IOP-GRAACC-UNIFESP. Using a qualitative methodology, based on the social-historical psychology, we intended to understand how these students see the hospital school, the teacher who works at the hospital and the kind of apprenticeship that is carried on in this context. We have noticed that the hospital school is marked by a significative absense of the elements that build the way the teenagers see the tradicional school, at the same time that it is seen as a more pleaseant learning environment. The teacher who works at the hospital is loaded with a positive affectivity charge and the subjects he teaches have other functions in this context. The hospital school must act according to its differences, even when they are based on something that is missing, assuming itself as a special scholar enviroment.

Éste estudio busca comprender la dimensión subjetiva de pacientes oncológicos que estudian o estudiaron en la escuela hospitalaria del IOP-GRAACC-UNIFESP. A través de una metodología cualitativa basada en la Psicología sociohistórica, tiene el objetivo de captar los sentidos atribuidos por los sujetos estudiados a la escuela ospitalaria, al profesor hospitalario y al aprendizaje que ocurre en ese contexto. Fue posible observar que la escuela hospitalaria es marcada por la ausencia significativa de los elementos que componen el sentido acerca de la institución escolar tradicional, al mismo tiempo en el que es vista como un espacio de aprendizaje considerado más agradable. El maestro está cargado de una carga afectiva bastante positiva, y el saber por él vinculado gana aspectos diferenciados. La escuela hospitalaria debe afirmarse y pautar su actuación en sus diferencias, incluso cuando son basadas en la ausencia, asumiéndose, así, como espacio escolar específico.

Este estudo busca compreender a dimensão subjetiva de pacientes oncológicos que estudam ou estudaram na escola hospitalar do IOP-GRAACC-UNIFESP. Através de uma metodologia qualitativa baseada na Psicologia sociohistórica, há o objetivo de apreender os sentidos atribuídos pelos sujeitos estudados à escola hospitalar, ao professor hospitalar e à aprendizagem que ocorre nesse contexto. Foi possível observar que a escola hospitalar é marcada pela ausência significativa dos elementos que compõem o sentido acerca da instituição escolar tradicional, ao mesmo tempo em que é vista como um espaço de aprendizagem considerado mais agradável. O professor é carregado de uma carga afetiva bastante positiva, e o saber por ele vinculado ganha aspectos diferenciados. A escola hospitalar deve se afirmar e pautar sua atuação nas suas diferenças, mesmo quando baseadas na ausência, assumindo-se, assim, como espaço escolar específico.
Palavra-chave Teaching
Hospitalization
Schools
Cancer
Ensino
Hospitalização
Escolas
Câncer
Idioma Português
Data de publicação 2009-01-01
Publicado em Psicologia: Ciência e Profissão. Conselho Federal de Psicologia, v. 29, n. 3, p. 476-493, 2009.
ISSN 1414-9893 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Federal de Psicologia
Extensão 476-493
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932009000300005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-98932009000300005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4799

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-98932009000300005.pdf
Tamanho: 609.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta