Adaptação transcultural e análise psicométrica da escala de valoración actual del riesgo de desarrollar úlceras por presión en cuidados intensivos (evaruci)

Adaptação transcultural e análise psicométrica da escala de valoración actual del riesgo de desarrollar úlceras por presión en cuidados intensivos (evaruci)

Author Cremasco, Mariana Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Whitaker, Iveth Yamaguchi Whitaker Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Objective: to culturally adapt to Portuguese and validate the Escala de Valoración Actual del Riesgo de desarrollar Úlceras por presión en Cuidados Intensivos (EVARUCI) to the Brazilian reality, as well as to analyse the psychometric properties of the adapted scale in the Intensive Care Unit (ICU) patients and the correlation of the severity of the patient with EVARUCI. Method: methodological research for EVARUCI?s transcultural adaptation and psychometric analysis. Internal consistency was verified by employing Cronbach?s Alpha Coefficient. The Braden Scale was used for concurrent converging validation, and SAPS 3(Simplified Acute Physiology Score) for correlation with the severity of the patient, both analysed through Spearman?s Correlation Test. EVARUCI?s predictive capacity was also analysed. To analyse interobserver reliability, the result of the simultaneous application of EVARUCI?s final version by three nurses was verified through the Intraclass Correlation Coefficient (ICC). Results: The translation of 107 items showed twelve (11.21%) disagreements among translators. In the back translation, five (4.67%) items brought different words from the original, though with similar meanings. In the specialist committee evaluation, two items (1.8%) did not achieve 90% concordance. EVARUCI?s internal consistency proved itself acceptable (?=0.782). One observed a strong significant correlation between Braden and EVARUCI scores (r = - 0.778 e p<0.001). EVARUCI?s ROC curve area reached 0.807 and Braden?s 0.798. In EVARUCI?s score 10, sensibility was 65.2%, specificity was 82%, positive predictive value was 34.3% and OR = 10. In Braden?s score 11, sensibility was 76.1%, specificity was 75.9%, positive predictive value was 34.3% and OR=10. EVARUCI?s values moderately and significantly correlated with those from SAPS 3 score (r = 0.508 e p<0.001). Interobserver reliability was excellent among evaluators (ICC=0.980). Conclusion: EVARUCI?s transcultural adaptation to Brazilian Portuguese was satisfactory regarding reliability and validity, revealing itself as a specific instrument for ICU, with rapid and fast application for PU risk evaluation in critical patients.

Objetivo: adaptar culturalmente para o português e validar a Escala de Valoración Actual del riesgo de desarrollar Ulceras por pressión em Cuidados Intensivos (EVARUCI) à realidade brasileira, analisar as propriedades psicométricas da escala adaptada em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e verificar a correlação entre gravidade do paciente e a EVARUCI. Método: pesquisa metodológica para adaptação transcultural e análise psicométrica da EVARUCI. A consistência interna foi verificada utilizando-se o Coeficiente Alfa de Cronbach. Para a validação concorrente convergente utilizou-se a escala de Braden e para a correlação com a gravidade do paciente, o SAPS 3 (Simplified Acute Physiology Score), analisadas pelo teste de correlação de Spearman. A capacidade preditiva da EVARUCI, também, foi analisada. A confiabilidade interobservadores foi verificada pela aplicação simultânea da versão final da EVARUCI por 3 enfermeiros e analisada pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI). Resultados: Na tradução dos 107 itens, foram observadas doze (11,21%) discordâncias entre os tradutores. Na retrotradução, cinco itens (4,67%) foram discordantes. Na avaliação do comitê de especialistas, dois itens (1,8%) não alcançaram a concordância de 90,0%. A consistência interna da EVARUCI mostrou-se aceitável (?=0,782). Observou-se forte correlação significante entre os escores da Braden e da EVARUCI (r = - 0,778 e p<0,001). A área da curva ROC da EVARUCI foi de 0,807 e da Braden foi de 0,798. No escore 10 da EVARUCI, a sensibilidade foi 65,2%, especificidade 82%, valor preditivo positivo 37,5% e OR=8,5. No escore 11 da Braden, a sensibilidade foi 76,1%, especificidade 75,9%, valor preditivo positivo 34,3% e OR=10. Os valores da EVARUCI correlacionaram-se com os escore SAPS 3 de forma moderada e significante (r = 0,508 e p<0,001). A confiabilidade interobservadores foi excelente entre os avaliadores (CCI=0,980). Conclusão: a adaptação transcultural da EVARUCI para o português do Brasil foi satisfatória quanto à confiabilidade e à validade, indicando ser um instrumento específico para UTI, de fácil e rápida aplicação para avaliação de risco para UP em pacientes críticos.
Keywords translating
validation studies
reproducibility of results
pressure ulcer
risk assessment
intensive care unit
tradução
estudos de validação
reprodutibilidade dos testes
úlcera por pressão
escala de avaliação de risco
unidades de terapia intensiva
Language Portuguese
Date 2016-06-29
Published in CREMASCO, Mariana Fernandes. Adaptação transcultural e análise psicométrica da escala de valoración actual del riesgo de desarrollar úlceras por presión en cuidados intensivos (evaruci). 2016. 107 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 107 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4016640
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47982

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account