Alterações comportamentais e cognitivas em ratos submetidos a lesão do núcleo lateral posterior do tálamo

Alterações comportamentais e cognitivas em ratos submetidos a lesão do núcleo lateral posterior do tálamo

Autor Aurora, Loredanna Cavalheiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Scorza, Fulvio Alexandre Scorza Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Neurologia - Neurociências
Resumo Epilepsy is a chronic disease characterized by the expression of spontaneous recurrent seizures, affecting 0.5% to 2% of the world population. Experimental and clinical data indicates that the thalamic nuclei operates in the installation and propagation of seizures, as well as the consequential behavioral modifications of those seizures. Furthermore, the thalamus has extensive connections with the cortex, basal ganglia, superior colliculus, cerebellum and hippocampus, constituting an essential part of the cortical-striatal circuits. The lateral posterior thalamic nuclei (LP) has control over epileptic activity, and we observed that animals that had such damaged structure have had increased by about five times the frequency of the epileptic seizures. To considerate the value of those structures in the performance of activities such as learning, memory and social interaction, it is important to understand the possible behavioral changes that may be arising from injury in this region. Towards the understanding of such associations, male Wistar rats were subjected to electrolytic lesion of the LP core and behavioral assessment was made later in with operant chamber, sociability test, open field and elevated plus maze. In the animals of Group LP it was observed increased type anxious behavior, increased immobility, lower preference for social novelty, disabilities in learning and flexibility and, finally, evidence of stereotyped behavior type. We explain those changes based on the connections that such nuclei presentes with the cerebral cortex and superior colliculus, those last mencioned are related with visual processing as well as with the attention directed behaviour. Nevertheless, the increase of emocionality/ anxiety, which we believe are the cause of impairment in social interation tasks, may be linked to a deficit in the subcortical pathway, that includes the amigdala, meaning a dificulty in the discrimination between natural behavior threats. Thus, these data suggests that the thalamic lesions in this region cause changes in behavior and cognitive deficits which are similar to those found in epilepsy.

A epilepsia é uma doença crônica caracterizada pela manifestação de crises espontâneas e recorrentes que acomete de 0,5 a 2% da população mundial. Dados experimentais e clínicos indicam que os núcleos talâmicos atuam na instalação e propagação das crises epiléticas, assim como nas modificações comportamentais consequentes destas. Além disso, o tálamo possui amplas conexões com o córtex cerebral, colículo superior, gânglios da base, cerebelo e hipocampo, o que constitui parte essencial dos circuitos cortico-estriatais. O núcleo talâmico lateral posterior (LP) apresenta controle sobre a atividade epilética, sendo observado que animais que tiveram tal estrutura lesada apresentaram um aumento cerca de cinco vezes na frequência de crises. Ao considerar o valor de tais estruturas para o desempenho de atividades como aprendizagem, memória e interação social, se faz importante à compreensão das possíveis alterações comportamentais que podem ser advindas das lesões em tais regiões. Em prol de compreender tais associações ratos machos Wistar foram submetidos à lesão eletrolítica do núcleo LP e posteriormente foi feita a avaliação comportamental destes na câmara operante, teste de sociabilidade, campo aberto e labirinto em cruz elevado. De forma que, observou-se nos animais do grupo LP, aumento do comportamento tipo ansioso, aumento da imobilidade, menor preferência pela novidade social, dificuldade de aprendizagem e flexibilização e indícios de comportamento do tipo estereotipado. Explicamos tais mudanças embasadas nas ligações que tal núcleo apresenta com o córtex cerebral e com o colículo superior, estes que se relacionam tanto com o processamento visual como com o comportamento de atenção dirigida. Além do mais, o aumento da ansiedade que acreditamos ter causado o prejuízo nas tarefas de interação social, pode estar ligado a um déficit na via subcortical, a qual envolve a amigdala, o que por fim, dificultaria o discernimento entre comportamentos naturais às ameaças. Desta forma, tais dados nos sugerem que lesões nesta região talâmica causam alterações no comportamento e déficits cognitivos, os quais são similares aquelas encontradas nas epilepsias.
Assunto thalamus
epilepsy
behavioral changes
tálamo
epilepsia
alterações comportamentais
Idioma Português
Data 2016-02-24
Publicado em AURORA, Loredanna Cavalheiro. Alterações comportamentais e cognitivas em ratos submetidos a lesão do núcleo lateral posterior do tálamo. 2016. 51 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Linha de pesquisa Medicina
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 51 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3616182
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47947

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)