Correlação entre o limiar de dor à pressão e a intensidade de dor em individuos com disfunção temporomandibular submetidos a tratamento conservador

Correlação entre o limiar de dor à pressão e a intensidade de dor em individuos com disfunção temporomandibular submetidos a tratamento conservador

Autor Lalue, Monique Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Alonso, Luis Garcia Alonso Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Biologia Estrutural e Funcional
Resumo Pain is a sensation or unpleasant emotional experience associated with actual or potential tissue damage, which features the most prevalent clinical symptoms in individuals with temporomandibular disorders (TMD). However, its quantification is still precarious regarding existing methods, because although they are well established are not very reliable to assess the clinical course of patients. Objective: To measure at different times, with a digital pressure algometer accuracy, the threshold of pain on pressure in masseter and temporalis muscles of TMD patients, who underwent conservative treatment. Methodology: To date were evaluated 27 individuals who had possessed DTM and tenderness in the masseter and temporalis muscles. After diagnostic measurements were performed pain threshold to pressure of these muscles on both sides of the head and the lateral pole of the temporomandibular joint, by placing the pressure algometer in the region being evaluated. For each individual, was established as a conservative treatment that included therapeutic and thermal therapy exercises. These individuals were reevaluated after 15 days and new measurements were obtained. Also will be evaluated after 45 and 75 days of starting treatment. Results: A total of 21 (77.8%) patients adhere to treatment. The Wilcoxon test to evaluate the improvement of the pain threshold to pressure in the first 15 days of treatment in each measured region, both on the right as on the left side of these patients showed statistically significant differences in the measurements. Right masseter Z = 2.24 (p = 0.0250), right temporal Z = 2.13 (p = 0.0325), for the right side Z = 2.55 (p = 0.0106), left masseter Z = 2.74 (p = 0.0060), left temporal Z = 2.27 (p = 0.0228) and left lateral pole Z = 3.43 (p = 0.0006). Conclusion: Based on these results we can infer that the imposition of a conservative treatment in patients with TMD shows positive results in increasing the pressure pain threshold.

Dor é uma sensação ou experiência emocional desagradável, associada a um dano tecidual real ou potencial, que caracteriza o sintoma clínico mais prevalente nos indivíduos com disfunção temporomandibular (DTM). No entanto, sua quantificação ainda é precária no que tange os métodos existentes, pois apesar de serem bem estabelecidos não são muito confiáveis para avaliar a evolução clínica dos pacientes. Objetivo: Mensurar em diferentes momentos, com um algômetro de pressão digital de precisão, o limiar de dor à pressão nos músculos masseter e temporal de indivíduos com DTM, que foram submetidos a um tratamento conservador. Metodologia: Até o momento foram avaliados 27 indivíduos, que apresentavam DTM e possuiam dolorimento nos músculos masseter e temporal. Após o diagnóstico foram realizadas medidas do limiar de dor à pressão desses músculos de ambos os lados da cabeça e do polo lateral da articulação temporomandibular, por meio da colocação do algômetro de pressão na região a ser avaliada. Para cada indivíduo, foi instituído um tratamento conservador que compreendeu exercícios terapêuticos e termoterapia. Esses indivíduos foram reavaliados após 15 dias e novas medidas foram obtidas. Também serão avaliados após 45 e 75 dias do início do tratamento. Resultados: Do total, 21 (77,8%) pacientes aderiram ao tratamento. O teste de Wilcoxon para avaliar a melhora do limiar de dor à pressão nos primeiros 15 dias de tratamento em cada região mensurada, tanto no lado direito como no lado esquerdo desses pacientes, mostrou diferença estatisticamente significante para as medidas obtidas. Masseter direito Z=2,24 (p=0,0250), temporal direito Z=2,13 (p=0,0325), polo lateral direito Z=2,55 (p=0,0106), masseter esquerdo Z=2,74 (p=0,0060), temporal esquerdo Z=2,27 (p=0,0228) e polo lateral esquerdo Z=3,43 (p=0,0006). Conclusão: Com os resultados obtidos podemos inferir que a instituição de um tratamento conservador nos pacientes com DTM apresenta resultados positivos no aumento do limiar de dor à pressão.
Assunto temporomandibular joint dysfunction syndrome
pain
pain measurement
facial pain
exercise therapy
síndrome da disfunção da articulação temporomandibular
dor
medição da dor
dor facial
terapia por exercício
Idioma Português
Data 2014-12-18
Publicado em LALUE, Monique. Correlação entre o limiar de dor à pressão e a intensidade de dor em individuos com disfunção temporomandibular submetidos a tratamento conservador. 2014. 73 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Linha de pesquisa Biologia geral
Área de concentração Ciências biológicas
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 73 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2208562
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47938

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)