Expressão de marcadores relacionados ao potencial de diferenciação celular da articulação temporomandibular (atm) em fetos humanos

Expressão de marcadores relacionados ao potencial de diferenciação celular da articulação temporomandibular (atm) em fetos humanos

Autor Pagni, Tacia Catharine Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Silva, Marcelo Cavenaghi Pereira da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Biologia Estrutural e Funcional
Resumo This study evaluated the immunohistochemical expression of proteins: OCT-4, NANOG, SOX-2, SOX-5 and STAT-3, which together characterize pluripotent embryonic cells. Methods: Twenty ATMs human fetuses aged between 12 and 20 weeks were used. Samples were dissected, fixed, decalcified, embedded in paraffin, cut and stained with hematoxylin / eosin for localization and subsequent immunohistochemical reaction. Results: NANOG, SOX-5 and STAT-3 showed cytoplasmic and nuclear staining in almost all cell layers of the mandibular fossa (dense connective layer, fibrocartilage, and proliferative bone formation), articular disc and the mandibular condyle (fibrous layer, proliferative, chondrocytes, hypertrophic chondrocytes and bone formation. It was not observed immunostaining for OCT-4 and SOX-2 in temporomandibular joint of human fetuses. Conclusion: Cell populations in this stage of ATM development have no characteristics of pluripotent cells but cells in differentiation.

Avaliar a expressão imunoistoquímica das proteínas: Oct-4, Nanog, Sox-2, Sox-5 e Stat-3 que em conjunto caracterizam células pluripotentes embrionárias. Métodos: Foram utilizadas 20 ATMs de fetos humanos entre 12 e 20 semanas de vida intrauterina. As ATMs foram dissecadas, fixadas, descalcificadas, incluídas em parafina, cortadas e coradas com Hematoxilina/Eosina para posterior reação de imunoistoquímica. A análise imunoistoquímica foi realizada por meio de morfometria com percentual de células marcadas nas diferentes populações celulares. Resultados: Nanog, Stat-3 e Sox-5 apresentaram marcação nuclear e citoplasmática em quase todas as camadas celulares da fossa mandibular (camada conjuntiva densa, fibrocartilagem, proliferativa e formação óssea), disco articular e no processo condilar da mandíbula (camada fibrosa, proliferativa, condrócitos, condrócitos hipertróficos e formação óssea), Oct-4 e Sox-2 não apresentaram marcação. Conclusão: Na ATM de fetos, as populações celulares presentes não apresentam características de células pluripotentes e sim em diferenciação.
Assunto temporomandibular joint
transcription factors
stem cells
articulação temporomadibular
fatores de transcrição
células-tronco
Idioma Português
Data 2016-05-31
Publicado em PAGNI, Tacia Catharine. Expressão de marcadores relacionados ao potencial de diferenciação celular da articulação temporomandibular (atm) em fetos humanos. 2016. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Linha de pesquisa Biologia geral
Área de concentração Ciências biológicas
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4203894
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47937

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)