Fatores associados à sintomatologia depressiva numa coorte urbana de idosos

Fatores associados à sintomatologia depressiva numa coorte urbana de idosos

Título alternativo Depressive symptomatology and its associated factors in an urban cohort of elderly
Autor Lima, Márcio Tomita Da Rocha Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Rebeca de Souza e Autor UNIFESP Google Scholar
Ramos, Luiz Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: The process of population aging in Brazil has been fast and intense, increasing the prevalence of chronic diseases and psychological and mental problems, mainly depression, which is associated with functional losses of the aged one. OBJECTIVE: To analyse the association between depressive symptomatology and other indicators of functional capacity, and with mortality after 15 years of follow-up, in an urban cohort of elderly. METHODS: 1667 aged (> 65 years-old) residents in Clementino Village in São Paulo city were studied through a multidimensional evaluation of the functional capacity, as well as the death certificate of the deaths occurred between 1991 (beginning of the study) and April of 2006. In univaried analysis we calculated odds ratio and its significance statistics was evaluated by the reliable interval (95%). The logistic regression was used in the multiple analysis. RESULTS: 21,1% of the elderly were depressed in 1991. In univaried analysis the highest ratios of depressed people were found in the feminine sex, aged older than 80 years-old, illiterates, widowers or bachelors, high level of physical dependence, cognitive deficit, users of more medicines and among those who died in the period of 15 years. In multivaried analysis, controlling by sex and age, physical dependence and the users of more medicines are associated to depression. CONCLUSIONS: The worse levels of disability answer, by an expressive way, to the occurrence of depressive symptomatology between the aged ones.

OBJETIVO: Analisar a associação, em uma coorte urbana de idosos, entre sintomatologia depressiva e outros indicadores de capacidade funcional com a mortalidade após 15 anos de seguimento. MÉTODOS: Foram estudados os casos de 1.667 idosos (> 65 anos) residentes em Vila Clementino, na cidade de São Paulo, por meio de uma avaliação multidimensional da capacidade funcional e dos atestados de óbito referentes a mortes ocorridas entre 1991 (início do estudo) e abril de 2006. Na análise univariada foram calculadas as razões de chances e sua significância estatística foi avaliada pelo intervalo de confiança (95%). Na análise múltipla foi empregada a regressão logística. RESULTADOS: Entre os idosos estudados, 21,1% eram deprimidos em 1991. Na análise univariada, as maiores proporções de deprimidos foram observadas entre indivíduos do sexo feminino, com mais de 80 anos, analfabetos, viúvos ou solteiros, com alto nível de dependência física e de déficit cognitivo, usuários de mais medicamentos e entre os que morreram no período de seguimento de 15 anos. Na análise múltipla, controlando-se por sexo e idade, a presença de dependência física e o fato de ser usuário de mais medicamentos foram os principais preditores da ocorrência de depressão. CONCLUSÕES: A ocorrência de sintomatologia depressiva parece estar diretamente relacionada aos níveis de incapacidade física observados entre os idosos.
Palavra-chave Depression
functional capacity
elderly
mortality
Depressão
capacidade funcional
idoso
mortalidade
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2009-01-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 58, n. 1, p. 1-7, 2009.
ISSN 0047-2085 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Extensão 1-7
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0047-20852009000100001
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0047-20852009000100001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4792

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0047-20852009000100001.pdf
Tamanho: 178.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta