Carcinoma medular da tireoide e feocromocitoma esporádico e hereditário: investigação de eventos genéticos somáticos no gene ret

Carcinoma medular da tireoide e feocromocitoma esporádico e hereditário: investigação de eventos genéticos somáticos no gene ret

Autor Bim, Larissa Valdemarin Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Cerutti, Janete Maria Cerutti Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Biologia Estrutural e Funcional
Resumo Introduction: Mutations in the RET gene are associated with MEN 2 syndrome (multiple endocrine neoplasia type 2), which includes three types: familial medullary carcinoma (FMTC), characterized by medullary thyroid carcinoma (MTC) alone; MEN 2A, characterized by CMT associated with pheochromocytoma (OEMs) and hyperparathyroidism, and NOT 2B. Our group described a novel mutation (G533C) in exon 8 of RET gene in a family with MEN 2A. Although RET is responsible for hereditary predisposition to the development of endocrine tumors associated with this syndrome has been suggested that additional somatic mutations are required for tumor development and progression. In an individual of this family diagnosed with OEMs, we investigated the presence of somatic mutations in the RET gene and two new variants (G548V and S556T) were found. Objective: To investigate the prevalence of these new variants and seek new somatic genetic events associated with the OEM and CMT. Materials and Methods: Genomic DNA was extracted for PCR amplification and Sanger sequencing performed FeO (n = 23) MTC (n = 40), other tumors (n = 15) and paired peripheral blood (n = 27). Results: identified a new genetic event in the RET gene associated with the genesis of the CMT and OEMs who was absent in peripheral blood and other tumor types. Studies in silico (1000 genome analysis) found no previous reports of this event in the genome of normal individuals. The G548V mutation is associated with the event (47.9% and 27.5% Feo CMT) in homo- and heterozygous but not parental gene. Conclusion: We describe for the first time a possible event in the RET gene, somatic origin in tumors associated with MEN 2. Other groups reported other somatic changes in tumors related to MEN 2, strengthening the hypothesis of additional mutations and our data. However, other studies are necessary to confirm the presence of this event in somatic and its location in the genome.

Introdução: Mutações no gene RET estão associadas com a síndrome NEM 2 (neoplasia endócrina múltipla tipo 2), que inclui três subtipos: carcinoma medular familial (CMTF), caracterizado pelo carcinoma medular da tiroide (CMT) isoladamente; NEM 2A, caracterizada por CMT associado a feocromocitoma (FEO) e hiperparatireoidismo, e NEM 2B. Nosso grupo descreveu uma nova mutação (G533C) no exon 8 do gene RET em uma família com MEN 2A. Embora RET seja responsável pela predisposição hereditária ao desenvolvimento dos tumores endócrinos associados à síndrome, tem sido sugerido que mutaçoes somáticas adicionais sejam necessárias para desenvolvimento e progressão tumoral. Em um indivíduo desta família diagnosticado com FEO, investigamos a presença de mutações somáticas no gene RET e duas novas variantes (G548V e S556T) foram encontradas. Objetivo: Investigar a prevalência destas novas variantes e buscar novos eventos genéticos somáticos associados à FEO e CMT. Materiais e Métodos: Extração de DNA genômico para amplificação por PCR e sequenciamento de Sanger realizada em FEO (n=23) MTC (n = 40), outros tumores (n=15) e Sangue periférico pareado (n=27). Resultados: identificamos um novo evento genético no gene RET associado à gênese do CMT e FEO que estava ausente no sangue periférico e outros tipos tumorais. Estudos in silico (1000 genome analysis) não encontraram nenhum relato prévio deste evento no genoma de indivíduos normais. A mutação G548V está associada ao evento (47,9% Feo e 27,5% CMT) em homo e heterozigose, mas não ao gene parental. Conclusão: Descrevemos pela primeira vez um possível evento no gene RET, de origem somática, em tumores relacionados à MEN 2. Outros grupos reportaram outras alterações somáticas em tumores relacionados à MEN 2, fortalecendo a hipótese das mutações adicionais e os nossos dados. Entretanto, outros estudos são necessários para demonstrar a presença deste evento nas células somáticas e sua localização no genoma.
Assunto ret
pheochromocytoma
mutation
retrocopy
ret
feocromocitoma
mutação
retrocópia
Idioma Português
Data 2014-12-18
Publicado em BIM, Larissa Valdemarin. Carcinoma medular da tireoide e feocromocitoma esporádico e hereditário: investigação de eventos genéticos somáticos no gene ret. 2014. 65 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Linha de pesquisa Biologia geral
Área de concentração Ciências biológicas
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 65 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2208472
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47719

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)