Suicide attempts and substance use in an emergency room sample

Suicide attempts and substance use in an emergency room sample

Título alternativo Tentativas de suicídio e o uso de substâncias em uma amostra de pronto-socorro
Autor Diehl, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Laranjeira, Ronaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Describe suicide attempts assisted in an emergency room (ER) and acute substance consumption or dependence on these individuals. METHODS: Descriptive epidemiologic study was carried out during one year, evaluating suicide attempts assisted at Embu das Artes ER, São Paulo, Brazil. Patients were scheduled to a non structured psychiatric interview. Main outcomes measures were: socio demographic data, suicide attempt method, drugs or alcohol acute use in the six hours prior to attempt, patients with ICD-10 substance dependence diagnosis. The descriptive analyses and chi-square test (p < 0.05) were used to verify associations between the variables studied. RESULTS: sample was formed of 80 patients, mean age of 26.9 years (SD = 8.91), predominantly female (72.5%) and 21.2% adolescents. Most suicide attempts were made through medicine ingestion (62.5%). Approximately 21.2% and 7.5% related to have used alcohol and an illicit drug respectively within 6 hours prior to attempt and 10% were found to be substance dependent. All substance dependents had attempted suicide previously (p-value = 0.4). There was a significant association between suicide attempt through medicine ingestion and psychiatric treatment history (p = 0.02). CONCLUSION: More national studies are necessary to consider the role of alcohol and drug in suicide attempts assisted in ER, especially in chemical dependents whose suicidal behavior is relevant.

OBJETIVO: Descrever as tentativas de suicídio atendidas em um pronto-socorro (PS) e o consumo agudo ou dependência de substâncias nestes indivíduos. MÉTODOS: O estudo epidemiológico descritivo foi conduzido durante um ano para avaliação de tentativas de suicídio assistidas em um PS de Embu das Artes, SP. Os pacientes foram agendados para uma entrevista psiquiátrica não estruturada. As principais variáveis de desfecho foram: dados sociodemográficos, métodos da tentativa de suicídio, uso de álcool ou drogas seis horas antes da tentativa, pacientes com diagnóstico de dependência de substância pela CID-10. Utilizaram-se a análise descritiva e o teste qui-quadrado (p < 0,05) para verificar associações entre as diversas variáveis estudadas. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 80 casos, cujos participantes tinham idade média de 26,9 anos (DP = 8,91), predominantemente de mulheres (72,5%), 21,2% de adolescentes. A maioria das tentativas de suicídio foi por ingesta de medicação (62,5%). Aproximadamente 21,2% e 7,5% relataram ter feito uso de álcool e de drogas ilícitas, respectivamente, nas seis horas que antecederam a tentativa e 10% da amostra têm dependência de substâncias. Todos os dependentes de substâncias já tentaram suicídio anteriormente (p-valor = 0,4). Houve associação significativa entre a forma da tentativa de suicídio por ingesta de medicação e histórico de tratamento psiquiátrico (p = 0,02). CONCLUSÃO: Mais estudos nacionais são necessários para considerar o papel do uso de álcool e drogas em tentativas de suicídio assistidas em PS, especialmente em dependentes químicos cujo comportamento suicida é relevante.
Palavra-chave Suicide attempt
substance related disorders
alcohol drinking
emergency service
Tentativas de suicídio
desordens relacionadas ao uso de substâncias
ingestão de álcool
pronto-socorro
Idioma Inglês
Data de publicação 2009-01-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 58, n. 2, p. 86-91, 2009.
ISSN 0047-2085 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Extensão 86-91
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0047-20852009000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0047-20852009000200003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4770

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0047-20852009000200003.pdf
Tamanho: 155.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta