Tradução, adaptação cultural e validaçãodo questionário roe (rhinoplasty outcomes evaluation) em português brasileiro e determinação de seus valores de normalidade

Tradução, adaptação cultural e validaçãodo questionário roe (rhinoplasty outcomes evaluation) em português brasileiro e determinação de seus valores de normalidade

Autor Izu, Suemy Cioffi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gregorio, Luis Carlos Gregorio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Otorrinolaringologia)
Resumo Introduction: Quality of life measures are very relevant forms of outcomes evaluation in aesthetic surgery. Rhinoplasty Outcomes Evaluation (ROE) is a validated and easy?to?use questionnaire that allows comprehensive assessment of rhinoplasty?related patient satisfaction. It has been used in Brazilian papers even without a proper translation and cultural adaption to the Brazilian Portuguese. Objective: To translate and cross cultural adapt the Rhinoplasty Outcomes Evaluation questionnaire to Brazilian Portuguese, validate the adapted version and establish its normality parameters. Methods: In the first research the questionnaire?s systematic translation e cross cultural adaptation was performed. Then, a transversal study was made by instrument application to 62 pre?operative rhinoplasty patients and 100 volunteers without the need or desire to be operated on. Statistic comparison of pre?operative case and control scores was made to establish normal values. Analysis of sensitivity and specificity was described in normality cutoffs. In the second research, a prospective study was conducted with ROE administration to 56 patients submitted to rhinoplasty (preoperatively, 15?days and 90?days postoperatively) and 100 volunteers without the need or desire to go under cosmetic or functional nasal surgery. Reliability (internal consistency and test?retest reproducibility), validity, responsiveness and clinical interpretability were assessed. Results: Rhinoplasty patients' mean preoperative score was 7.14, 15 days post-op, 17.73 and 90 days post-op, 20.50, while controls presented 17.94 points (p < 0.0001), showing the questionnaire's validity and responsiveness. Internal consistency was 0.86. Inter and intra-examiner test-retest reproducibility was 0.90 and 0.94, respectively. The effect size caused by the surgery was considered large (15 days post-op compared to the preoperative score: effect size = 3.22; 90 days post-op compared to preoperative score: effect size = 4.06). The minimally important difference was 8.67 points, so changes smaller than 9 points in ROE might not be perceived by the patient as an improvement or worsening. The best cutoff was 12 points or 50%, with 95.16% sensitivity and 95% specificity. Conclusion: The Brazilian Portuguese version of ROE is a valid instrument to assess results in rhinoplasty patients. At the zero-to-24 score of the Brazilian Portuguese ROE,we found 12 as the best cutoff, with 95.16% of sensitivity and 95% of specificity.

Objetivo: Estes dois trabalhos tiveram como objetivo principal possibilitar o uso, em Português Brasileiro, do questionário Rhinoplasty Outcomes Evaluation (ROE). Métodos: Tradução e adaptação cultural sistematizadas do questionário para o Português Brasileiro. Realizado primeiro estudo transversal com a aplicação do ROE em 62 pacientes em pré?operatório de rinoplastia ou rinosseptoplastia (casos) e 100 voluntários sem desejo de cirurgia nasal (controles). Análise da sensibilidade e especificidade das possíveis notas de corte. Realizado, em seguida, segundo estudo prospectivo com acompanhamento de 56 dos 62 pacientes no pós?operatório de rinoplastia, com novas aplicações do questionário 15 e 90 dias após a cirurgia. Determinação da confiabilidade (consistência interna e reprodutibilidade teste?reteste), validade de medidas, responsividade e interpretabilidade clínica do questionário. Resultados: No primeiro estudo, a média dos escores dos casos foi de 6,6 ou 27,5% (DP: 3,18; mín.: 0; máx.: 15) e dos controles, 17,94 ou 74,75% (DP: 3,91; mín.: 7; máx.: 24). O melhor valor mínimo para normalidade foi de 12 ou 50%, com sensibilidade de 95,16% e especificidade de 95%. No segundo estudo, a média dos escores dos pacientes em pré-operatório foi de 7,14, no pós?operatório de 15 dias, 17,73 e no pós?operatório de 90 dias, 20,50, com diferença estatisticamente significante entre essas medidas, mostrando boa responsividade. Os controles também apresentaram diferença estatisticamente significante em relação aos casos, comprovando a validade de medidas do questionário. O coeficiente alfa de Cronbach foi 0,86, mostrando consistência interna adequada. A reprodutibilidade teste?reteste, inter e intra?examinadores, foi boa, com coeficientes de 0,90 e 0,94, respectivamente. O tamanho de efeito causado pela cirurgia foi considerado grande (Pré para Pós15d: 3,22; Pré para Pós90d: 4,06). A diferença minimamente importante foi de 8,67 pontos. Ou seja, ganhos menores do que 9 pontos no ROE podem não ser percebidos pelo paciente como melhora ou piora. Conclusões: A versão brasileira do questionário ROE é um instrumento válido para a avaliação de resultados em pacientes submetidos à rinoplastia. O valor mínimo de normalidade para esse questionário foi de 12, com índices de sensibilidade e especificidade de 95,16% e 95%, respectivamente.
Assunto quality of life
rhinoplasty
questionnaires
reference values
qualidade de vida
rinoplastia
questionários
valores de referência
Idioma Português
Data 2014-07-30
Publicado em IZU, Suemy Cioffi. Tradução, adaptação cultural e validaçãodo questionário roe (rhinoplasty outcomes evaluation) em português brasileiro e determinação de seus valores de normalidade. 2014. 38 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Linha de pesquisa Medicina
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 38 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1701421
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47667

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)