Papel do exercício físico na inflamação do tecido adiposo e rins de camundongos obesos

Papel do exercício físico na inflamação do tecido adiposo e rins de camundongos obesos

Author Macedo, Michel Monteiro Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Araujo, Ronaldo de Carvalho Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Nefrologia)
Abstract Obesity is a disease associated with the accumulation of body fat, chronic low-grade inflammation, insulin resistance and glucose intolerance. Evidence suggests that physical exercise may be able to prevent and even reverse all these deleterious effects caused by body weight gain. From this context, we seek to verify the role of swimming training in adipose tissue inflammation and metabolic variables in spontaneously obese mice. The used animals were deficient in leptin (ob / ob). We accompany the body development, and caloric consumption. We see changes in glucose homeostasis through the tests of glucose tolerance (GTT) and insulin resistance (IRT). Blood levels of TNF-?, CK, MCP-1, IL-1?, IL-17A, IL-4, urea and creatinine were measured by colorimetric kits; IL-10 and adiponectin were measured by ELISA kits. We also found the expression of CXCL9 and CXCL10 genes, referring to M1 macrophages, by PCR-real time, and quantify cells CD4 immune system, CD8, CD86 (macrophage M1), CD206 (macrophage M2), neutrophils and NK cells using flow cytometry. The animals underwent a 6-week swimming training protocol with gradually increasing load fixed to the tail up to the value of 5% of body weight, the first group swam three times a week, with an interval of one day rest between training sessions, and the other swam five times a week for 60 minutes per session. We found that swimming was not able to cause changes in animals body weight, food intake, body fat, in both groups, and glucose tolerance and insulin resistance in the group swam with rest intervals. This latter group also showed no difference with regard to plasma concentrations of cytokine but had reduced the number of neutrophils in adipose tissue. Animals that swam five times a week maintained their levels of urea and creatinine plasma unchanged, in contrast to CXCL10 expression decreased in adipose tissue, and adiponectin and IL-10 serum increased. Conclude that exercise with intervals between sessions appeared to be effective to reduce the migration of neutrophils to the adipose tissue, but despite that, the glycemic parameters were not changed. When swimming daily, the effects of training appear in increasing anti-inflammatory cytokines IL-10 and adiponectin and reduction of the expression of CXCL10 gene refers to proinflammatory macrophages. These results lead us to believe that exercise can modulate inflammation in obesity, independent of changes in glucose homeostasis and body fat.

A obesidade é uma doença associada ao acúmulo de adiposidade corporal, inflamação crônica de baixo grau, resistência à insulina e intolerância à glicose. Evidências sugerem que o exercício físico pode ser capaz de prevenir e até mesmo reverter todos esses efeitos deletérios provocados pelo ganho de peso corporal. Partindo desse contexto, buscamos verificar o papel do treinamento de natação na inflamação do tecido adiposo e variáveis metabólicas de camundongos espontaneamente obesos. Foram utilizados animais deficientes de leptina (ob/ob). Acompanhamos o desenvolvimento corporal, e o consumo calórico. Verificamos alterações na homeostase glicêmica através do teste de tolerância à glicose (TTG) e resistência à insulina (TRI). Os níveis sanguíneos de TNF-?, CK, MCP-1, IL-1?, IL-17A, IL-4, uréia e creatinina foram mensurados por kits colorimétricos; IL-10 e adiponectina foram mensuradas por meio de kits de ELISA. Também verificamos a expressão dos genes CXCL9 e CXCL10, referentes a macrófagos M1, por PCR-real time, e quantificamos as células do sistema imunológico CD4, CD8, CD86 (macrófago M1), CD206 (macrófago M2), neutrófilos e células NK utilizando citometria de fluxo. Os animais foram submetidos a um protocolo de treinamento de natação de 6 semanas, com aumento gradual de carga fixada à causa até atingir o valor de 5% do peso corporal, sendo que um grupo nadou 3 vezes na semana, com intervalo de um dia de descanso entre as sessões de treino, e o outro nadou 5 vezes na semana, durante 60 minutos por sessão. Verificamos que a natação não foi capaz de provocar alterações na massa corporal dos animais, consumo, adiposidade, em ambos os grupos, e na tolerância à glicose e resistência à insulina, no grupo que nadou com intervalos de descanso. Esse último grupo também não mostrou diferença no que diz respeito à concentração plasmática de citocinas, porem teve a quantidade de neutrófilos diminuída no tecido adiposo. Os animais que nadaram 5 vezes por semana mantiveram seus níveis de uréia e creatinina plasmáticas inalterados, em contrapartida a expressão de CXCL10, diminuiu no tecido adiposo, e adiponectina e IL-10 séricas aumentaram. Concluímos que o exercício com intervalos pareceu ser efetivo para redução na migração de neutrófilos para o tecido adiposo, mas apesar disso, os parâmetros glicêmicos não sofreram qualquer alteração. Quando nadam diariamente, os efeitos do treino aparecem no aumento das citocinas anti-inflamatórias adiponectina e IL-10, e redução da expressão do gene CXCL10, referente a macrófagos pró-inflamatórios. Esses resultados nos levam a crer que o exercício pode modular a inflamação na obesidade, independente de alterações na homeostase glicêmica e adiposidade corporal.
Keywords physical exercise
adipose tissue
obese
obesidade
inflamação
exercício físico
tecido adiposo
Language Portuguese
Date 2016-05-04
Published in MACEDO, Michel Monteiro. Papel do exercício físico na inflamação do tecido adiposo e rins de camundongos obesos. 2016. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3607452
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47560

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account