Ambiente virtual de aprendizagem na educacao permanente da enfermagem em oncologia: estudo experimental

Ambiente virtual de aprendizagem na educacao permanente da enfermagem em oncologia: estudo experimental

Author Matsubara, Maria Das Gracas Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Domenico, Edvane Birelo Lopes de Domenico Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract The Permanent Education (PE) plays an important role in the qualification of nurses for work, what promotes the search for educational strategies to meet this need. Objectives: To describe the process of construction and implementation of an educational program using the Moodle platform ; to describe the sociodemographic characteristics and digital fluency of the participants; to compare the learning outcomes of professionals in the control group (CG) and experimental (EG); to compare the learning outcomes with the independent variables; age , length of training , previous experience in oncology and work experience in the institution; to assess the adequacy of educational practices at AVA ; Moodle through COLLES - Constructivist On- Line Learning Environment Survey ; to identify the access of the participants in the activities available at AVA ? Moodle. Methods: A controlled experimental, randomized trial of mixed nature quantitative and qualitative; held at AC Camargo Cancer Center , located in the city of São Paulo , São Paulo , Brazil , in September 2013. There were 97 nurses who met the inclusion criteria. The participants in the CG (n = 44) and EG (n =53) underwent to distinct educational interventions with identical programmatic content. The dependent variable was the outcome of learning, measured by a questionnaire of assessment pre and post intervention for both groups, previously validated by the Delphi Technique. The independent variables were: age, previous experience in oncology, length of training and performance in the institution. In the EG was applied additionally the instrument COLLES. Data were analyzed using descriptive and analytical statistics and for qualitative data Content Analysis was applied. Results: The sociodemographic and digital fluency data were consistent among the participants. Most nurses had basic knowledge in computer and half in distance learning education course. The performance of both groups was statistically significant (p 0.05) and CG had higher benefit (40,4%). The association of age, time of training and in the institution, and the experience in Oncology, showed interference on the performance in both groups. Regarding related to AVA perception generated by COLLES instrument, it could be concluded by the reports of the participants that the content covered were relevant and reflective, with enhancement of knowledge in oncology. As problems became evident at low interactivity, regular support from tutors and colleagues down.The qualitative analysis of the comments (EG) showed difficulties such as insufficient time, complexity of the content, difficulties of interaction and for activities performance. Among the attributes of AVA stood out the appropriate content and the contribution to professional training. Conclusion: AVA-Moodle is a possibility for the nurses training, prioritizing the target audience, the degree of difficulty of the content, the ability to generate interactivity and critical reflection, and the time required for the teaching-learning process could be satisfactory.

A Educação Permanente (EP) exerce um importante papel na qualificação dos enfermeiros para o trabalho, o que impulsiona a busca por estratégias educacionais que atendam essa necessidade. Objetivos: Descrever o processo de construção e implantação de um programa educativo com uso da plataforma Moodle; Descrever as características sociodemográficas e fluência digital dos participantes; Comparar os resultados da aprendizagem dos profissionais do grupo controle (GC) e experimento (GE); Comparar os resultados da aprendizagem com as variáveis independentes: idade, tempo de formação, experiência prévia em oncologia e tempo de atuação na instituição; Avaliar a adequação das práticas educacionais adotadas no AV-Moodle por meio do COLLES- Constructivist On-Line Learning Environment Survey; Identificar o acesso dos participantes nas atividades disponíveis no AVA-Moodle. Método: Estudo experimental, controlado, randomizado, de natureza mista, quantitativa e qualitativa; realizado no A C Camargo Cancer Center, localizado na cidade de São Paulo, São Paulo, Brasil, no mês de setembro de 2013. Foram sujeitos do estudo 97 enfermeiros que preencheram os critérios de inclusão. Os participantes do GC (n:44) e GE (n:53) foram submetidos a intervenções educativas distintas, com conteúdos programáticos idênticos. A variável dependente foi o resultado da aprendizagem, medido pela aplicação de um questionário de avaliação pré e pós-intervenção para ambos os grupos, validado anteriormente pela Técnica Delphi. As variáveis independentes foram: idade, experiência prévia em oncologia, tempo de formação e de atuação na instituição. No GE, foi aplicado, adicionalmente, o instrumento COLLES. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e analítica e, para os dados qualitativos, aplicou-se Análise de Conteúdo. Resultados: Os dados sociodemográficos e de fluência digital foram uniformes entre os participantes. A maioria dos enfermeiros possuía conhecimento básico em informática e metade em curso EaD. O desempenho de ambos os grupos foi estatisticamente significante (p 0,005), tendo o GC maior aproveitamento (40,4%). A associação da idade, o tempo de formação e na instituição, e a experiência em Oncologia, revelaram interferência no desempenho em ambos os grupos. Quanto à percepção relacionada ao AVA gerados pelo instrumento COLLES, pôde-se concluir pelos relatos dos participantes que os conteúdos abordados eram relevantes e reflexivos, com aprimoramento do conhecimento em Oncologia. Como problemas, evidenciaram-se a baixa interatividade, o apoio regular dos tutores e baixo dos colegas. A analise qualitativa dos comentários (GE) evidenciou dificuldades, como tempo insuficiente, a complexidade dos conteúdos, dificuldades para interação e para a execução das atividades. Dentre os atributos do AVA destacou-se os conteúdos apropriados e a contribuição para a formação profissional. Conclusão: O AVA-Moodle é uma possibilidade para a capacitação dos enfermeiros, devendo-se priorizar o público alvo, os graus de dificuldade dos conteúdos, a capacidade de gerar interatividade e reflexão crítica, e o tempo necessário para que o processo de ensino-aprendizagem seja satisfatório.
Keywords permanent education
nursing education
distance learning
virtual learning environment
oncology
educação permanente
educação em enfermagem
educação a distância
ambiente virtual de aprendizagem
oncologia
Language Portuguese
Date 2014-03-20
Published in MATSUBARA, Maria Das Gracas Silva. Ambiente virtual de aprendizagem na educacao permanente da enfermagem em oncologia: estudo experimental. 2014. 189 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 189 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1611509
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47542

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account