Efeitos dos banhos de imersão em águas sulfurosas em pacientes com osteoartrite de joelho: ensaio clínico controlado e randomizado

Efeitos dos banhos de imersão em águas sulfurosas em pacientes com osteoartrite de joelho: ensaio clínico controlado e randomizado

Author Branco, Marcelo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Trevisani, Virginia Fernandes Moca Trevisani Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Baseada em Evidências
Abstract The aim of this study was to evaluate the effectiveness of immersion baths in sulphurous water in the treatment of knee osteoarthritis. A controlled experiment with blind assessment has been conducted. 140 knee osteoarthritis patients of both genders, average age 64.8 ± 8.9 years have been selected. These were randomized into three groups: Group sulphurous thermal water (n=47 patients), undergoing immersion baths in thermal water sulphurous; Group non-sulphurous thermal water (n=50 patients), undergoing immersion baths in non-sulphurous thermal water; Group C the control group (n=43 patients), that hasn’t been submited to any treatment. Patients of Group sulphurous thermal water and Group non-sulphurous thermal water have been submited to 30 individual treatment sessions, three times a week, lasting twenty minutes each session, for ten weeks. The evaluation took place at three points of time: before the therapy, refer in the data base to Baseline results; immediately after the complete therapy, refer in the data base to Endpoint results; two months after the Endpoint evaluation, refer in the data base to Follow-up results. The considered measures (parameters) analysed via different questionnaires were as follows: pain (visual analog scale); physical function (WOMAC, Lequesne and HAQ); quality of life (SF - 36) and use of pain medication. The comparisons have been made within and between groups and p values < 0.05 were considered statistically significant. Results: pain and physical function: the results showed a significant reduction in the levels of pain of the treated groups in comparison to the control group. The sulphurous water group indicated even a greater reduction in pain intensity in comparison to non-sulphurous water group. This significant improvement regarding the analysis of the 3 mentioned groups can be observed in the data base results of the questionnaires WOMAC A, WOMAC B, WOMAC C, HAQ and Lequesne. Parameter quality of life: in both treated groups a significant improvement in all 8 subitems of the SF-36 questionnaires have been observed. When comparing the 3 groups, the treated groups were significantly better than the control group C in all 8 SF-36 subitems. Paramenter use of pain medication: it has been observed that the treated groups made less use of pain medication in comparison to the control group, with statistically significant difference. Conclusion: It could be concluded that both methods “baths with sulphurous water” and “baths with non-sulphurous water” have been effective and have presented better results in comparison to the control group (non-treated group) regarding pain reduction, improved physical function, quality of life and reduction on the use of pain medication. Nevertheless it’s important to highlight the oberservation in this study that the sulphurous thermal water results were superior than the no-sulphurous water ones in the treatment of knee osteoarthritis.

Objetivo: o objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade dos banhos de imersão em água sulfurosa no tratamento da osteoartrite de joelho. Métodos: Um ensaio clínico randomizado controlado com avaliador cego foi conduzido. Foram selecionados 140 pacientes, de ambos os gêneros, com média de idade 64,8±8,9 anos, com osteoartrite de joelho. Estes foram randomizados em três grupos: Grupo água termal sulfurosa (n=47), submetidos a banhos de imersão em água termal sulfurosa; Grupo água termal não sulfurosa (n=50), submetidos a banhos de imersão em água termal não sulfurosa e Grupo Controle (n=43). Os pacientes dos grupos água termal sulfurosa e não sulfurosa receberam 30 sessões individuais de tratamento, três vezes por semana, com duração de vinte minutos cada sessão, por dez semanas. Os desfechos mensurados foram dor (escala analógica visual), função (WOMAC, Lequesne e HAQ), qualidade de vida (Questionário SF-36) e ingestão de medicação para dor (todos os pacientes foram instruídos a anotar em uma planilha todas as vezes em que usassem algum medicamento para dor nos joelhos). Além da avaliação antes e após o término da intervenção, foi realizado um seguimento de dois meses. Foi realizada a comparação intra e intergrupos e os valores de p menores que 0,05 foram considerados estatisticamente significantes. Resultados: Os resultados demonstraram redução significante dos níveis de dor nos grupos tratados, que foram melhores que o controle, sendo que o grupo água termal sulfurosa foi melhor que grupo água termal não sulfurosa, apresentando a maior redução da intensidade da dor. Nos questionários WOMAC, HAQ e Lequesne houve melhora significante nos dois grupos tratados, mas na comparação entre eles, o grupo água termal sulfurosa foi significantemente melhor que o não sulfurosa e o controle. Na qualidade de vida, nos dois grupos tratados, houve melhora significante em todos os domínios do SF-36 e, na comparação intergrupos, os grupos tratados foram significativamente superiores ao controle em todos os domínios. Quanto ao uso de medicação para dor, foi observado que nos grupos tratados o consumo foi menor que no grupo controle, com diferença estatisticamente significante. Conclusão: Conclui-se que os dois métodos foram efetivos e superiores ao controle na redução da dor, na melhora da função e da qualidade de vida e na diminuição da ingestão de medicação para dor, porém, as águas termais sulfurosas se mostraram superiores às águas termais não sulfurosas no tratamento da osteoartrite de joelho.
Keywords osteoarthritis
sulphurous thermal water
physiotherap
osteoartrite
balnoeterapia
água sulfurosa
termalismo
ensaio clínico
fisioterapia
Language Portuguese
Date 2013-12-20
Published in BRANCO, Marcelo. Efeitos dos banhos de imersão em águas sulfurosas em pacientes com osteoartrite de joelho: ensaio clínico controlado e randomizado. 2013. 127 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 127 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=863588
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47480

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account