Efeito da adição do lh durante o estímulo ovariano e maturação oocitária no perfil lipídico de oócitos murinos

Efeito da adição do lh durante o estímulo ovariano e maturação oocitária no perfil lipídico de oócitos murinos

Author Oleinki, Talitha Dinardo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Fraietta, Renato Fraietta Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Urologia)
Abstract Introduction: The addition of LH in assisted reproduction aiming to obtain a higher number of viable follicles for the treatment is still controversial. A good embryonic development depends on the follicular growth and proper oocyte maturation. Because of that, the association between alkaline comet assay and the study of oocyte lipidomics may help to understand the biological processes involved in oocyte maturation and the influence of hormonal protocol. This study may contribute in the future with effective hormonal protocols, improving the quality of oocytes and pregnancy rates. Objective: Evaluate the effect of adding LH on DNA integrity of cumulus cells and on lipid profile of murine oocytes. Methods: Female mice C57BL / 6J 23 to 28 days old received three different stimulation protocols intraperitoneally (i.p.): (i) only PMSG; (ii) PMSG plus hCG (iii) PMSG plus LHr. After 48 hours of administration, immature oocytes were collected and cultured for 24 hours in three different culture medium for maturation: (i) only FSH; (ii) FSH plus hCG (iii) FSH plus LHr. After this period, the oocytes which had the first polar body were frozen at -80oC until the analysis by electrospray ionization (ESI) and cumulus cells were subjected to alkaline comet technique to measure the integrity of DNA. The principal component analysis and discriminant analysis by least squares were performed and 35 ions with greater representation were identified by the variable importance in the projection. Results: There was no statistical difference in the maturation rate and DNA fragmentation of cumulus cells in different groups analyzed. The fingerprinting analysis of the lipid profile of oocytes matured in vitro identified twenty lipids. The hyper-represented lipids in the group stimulated with the addition of hCG and matured in culture medium only with FSH (HF group) are: phosphatidylethanolamine, polyketide (flavonoid), sterol, phosphatidylserine, polyketide (ansamycin), sphingomyelin and phosphatidylcholine; in the group stimulated and matured in the presence of hCG (HH group) phosphatidylglycerol, phosphatidylserine, sphingolipids and triacylglycerol are hyper-represented; and in group stimulated with addition of LHr and matured in culture medium only with FSH (LF group) the polyketide (flavonoid) and sphingolipids are hyper-represented. Conclusion: The protocol used for hormonal stimulation and MIV modify the lipid profile of the oocyte, but does not alter the oocyte maturation rate and the DNA integrity of cumulus cells.

Introdução: A adição do LH em técnicas de reprodução assistida, a fim de se obter um número maior de folículos viáveis para o tratamento ainda é controversa. Como um bom desenvolvimento embrionário depende de um crescimento folicular e uma maturação oocitária adequados, a associação entre a fragmentação do DNA das células do cumulus e o estudo da lipidômica oocitária podem auxiliar no entendimento dos processos biológicos envolvidos na maturação oocitária e a influência do protocolo hormonal empregado, podendo no futuro contribuir com protocolos mais eficazes visando à melhoria da qualidade dos oócitos obtidos e das taxas de gestação. Objetivo: Avaliar o efeito da adição do LH na qualidade do DNA das células do cumulus e no perfil lipídico de oócitos murinos. Métodos: Camundongos fêmeas C57BL/6J de 23 a 28 dias receberam três diferentes protocolos de estimulação ovariana via intraperitoneal (i.p.):(i) PMSG; (ii) PMSG acrescido de hCG e (iii) PMSG acrescido de LHr. Após 48 horas da administração dos hormônios os oócitos imaturos foram coletados e cultivados por 24 horas em meio de cultivo de maturação contendo: (i) FSH; (ii) FSH acrescido hCG e (iii) FSH acrescido de LHr. Após esse período, os oócitos que continham o primeiro corpúsculo polar foram congelados a -80oC para posterior análise por ionização por electrospray (ESI) e as células do cumulus foram submetidas à técnica do cometa alcalino para avaliar a integridade do DNA. Realizou-se a análise de componentes principais, análise discriminante pelo método dos quadrados mínimos e os 35 íons com maior representatividade foram identificados pela importância da variável na projeção do modelo estatístico. Resultados: Não foi observada diferença quanto à taxa de maturação e fragmentação de DNA das células do cumulus nos diferentes grupos. A análise de fingerprinting do perfil lipídico dos oócitos maturados in vitro identificou vinte lipídeos hiper-representados. Os lipídeos hiper-representados no grupo estimulado com adição do hCGr e maturado em meio de cultivo apenas com FSH (grupo HF) são: fosfatidiletanolamina, policétideo (flavonoide), esterol, fosfatidilserina, policetídeo (ansamicina), esfingomielina e fosfatidilcolina; no grupo estimulado e maturado na presença do hCGr (grupo HH) foram identificados as seguintes subclasses: fosfatidilglicerol, fosfatidilserina, esfingolipídeo e triacilglicerol hiper-representadas; e no grupo estimulado com adição do LHr e maturado em meio de cultivo apenas com FSH (grupo LF) estão hiper-representados o policétideo (flavonoide) e o esfingolipídeo. Conclusão: O protocolo hormonal utilizado para o estímulo e MIV modifica o perfil lipídico do oócito, entretanto não altera a taxa de maturação oocitária e a integridade do DNA das células do cumulus.
Keywords oocyte
luteinizing hormone
cummulus cells
lipidomics
electrospray
mouse
oócito
hormônio luteinizante
células do cumulus
lipidoma
eletrospray
camundongo
Language Portuguese
Date 2016-02-02
Published in OLEINKI, Talitha Dinardo. Efeito da adição do lh durante o estímulo ovariano e maturação oocitária no perfil lipídico de oócitos murinos. 2016. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3613264
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47463

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account