Alteração do estado nutricional na população geral e em pacientes com dpoc em três cidades da américa latina - estudo platino seguimento

Show simple item record

dc.contributor.advisor Jardim, Jose Roberto de Brito Jardim [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Luize, Ana Paula Bauermann Tfardowski [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-30T11:44:29Z
dc.date.available 2018-07-30T11:44:29Z
dc.date.issued 2016-05-31
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4746187 pt
dc.identifier.citation LUIZE, Ana Paula Bauermann Tfardowski. Alteração do estado nutricional na população geral e em pacientes com dpoc em três cidades da américa latina - estudo platino seguimento. 2016. 124 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47426
dc.description.abstract Introduction: PLATINO is a populational-based longitudinal study that may help to understand the natural history of nutritional status in real life. Objective: Evaluate the nutritional status according to body mass índex (BMI) and addomen circumference (AC) of a same population of three large cities in Latin America including COPD patients after 6 to 9 years of follow up in Montevideo, Santiago and São Paulo. Methods: Population was submitted to pre and post-BD spirometry, answered a clinical questionnaire and had the BMI and AC measured. Results: 2107 individuals out of 3116 of Basal PLATINO were re-evaluated. There was a reduction in the proportion of individuals with low BMI in São Paulo (20.2% to 15.9%) and Montevideo (from 15.4% to 11.7%) and increase in the proportion of subjects with obesity in São Paulo (26.4% to 32.6%) and Montevideo (35.1% to 39.0%). COPD patients increased weight in São Paulo (70.0 ± 2.8kg to 71.0 ± 2.8kg), while decreased in Montevideo (74.3 ± 2.2kg to 73.3 ± 2.2kg) and Santiago (73.6 ± 1.3kg to 72.7 ± 1.3kg). AC increased in all three cities. Factors at the PLATINO Basal associated to weight gain and abdominal circumference increase were female gender, lower age, higher FEV1 and living in São Paulo. Conclusion: Overall there was an increase in overweight and obese individuals; factors at Basal PLATINO associated to weight gain were be a woman, to have better lung function and younger age. COPD patients lost weight in Montevideo and Santiago but increased abdominal circumference in all three cities; this finding make us to believe that these patients lost muscle mass. en
dc.description.abstract Introdução:O Estudo PLATINO é um estudo longitudinal de base populacional que nos oferece uma boa oportunidade para entender a história natural do estado nutricional de pacientes acompanhados na vida real. Objetivo: Avaliar o estado nutricional segundo o índice de massa corporal (IMC) e da circunferência abdominal (CA) da mesma população de três grandes cidades da América Latina, incluindo pacientes com DPOC, após 6 a 9 anos de seguimento em Montevidéu, Santiago e São Paulo. Métodos: A população foi submetida à espirometria pré e pós-BD, responderam a um questionário clínico e foram medidos o IMC e a circunferência abdominal. Resultados: 2107 indivíduos de 3116 indivíduos avaliados no PLATINO Basal foram reavaliados. Houve redução na proporção de indivíduos com IMC baixo nas cidades de São Paulo (de 20,2% para 15,9%) e Montevidéu (de 15,4% para 11,7%) e aumento na proporção de indivíduos com obesidade em São Paulo (de 26,4% para 32,6%) e em Montevidéu (de 35,1% para 39,0%). Pacientes com DPOC tiveram aumento de peso em São Paulo (70,0 ± 2,8 kg para 71,0 ± 2,8 kg) e redução de peso em Montevidéu (74,3 ± 2,2 kg para 73,3 ± 2,2 kg) e Santiago (73,6 ± 1,3 kg para 72,7 ± 1,3 kg). A CA aumentou nas três cidades. Os fatores associados ao ganho de peso e aumento da circunferência abdominal foram: sexo feminino, idade inferior, superior VEF1 e morar em São Paulo na avaliação do PLATINO Basal. Conclusão: No geral, houve um aumento na proporção de indivíduos com sobrepeso e obesidade; os fatores associados ao ganho de peso foram ser do sexo feminino, te maior função pulmonar e ser mais jovem. Pacientes com DPOC perderam peso em Montevidéu e Santiago, mas houve aumento da circunferência abdominal nas três cidades; este achado nos fazer acreditar que estes pacientes perderam massa muscular. pt
dc.format.extent 124 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject nutrition en
dc.subject copd en
dc.subject nutritional status en
dc.subject epidemiological study en
dc.subject nutrição pt
dc.subject dpoc pt
dc.subject estado nutricional pt
dc.subject estudo epidemiológico pt
dc.title Alteração do estado nutricional na população geral e em pacientes com dpoc em três cidades da américa latina - estudo platino seguimento pt
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2016-0681.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Medicina (Pneumologia) pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account